Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Acadêmicos da Fimca fazem visita técnica ao TCE


Acadêmicos da Fimca fazem visita técnica ao TCE - Gente de Opinião
 

Alunos do terceiro ao sétimo períodos do curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas Aparício Carvalho (Fimca) participaram, nessa quarta-feira (27), de aulas com técnicos do Tribunal de Contas sobre temas ligados à contabilidade pública, planejamento e procedimentos internos do TCE.

A “manhã de aprendizado”, solicitada pela coordenadoria do curso de Contábeis da instituição de ensino, contou, na abertura, com a presença do chefe de Gabinete da Presidência, Paulo de Lima Tavares, dos secretários-gerais de Controle Externo, Luiz Gomes da Silva Filho, e Planejamento, Luiz Guilherme Erse da Silva, do diretor da 1ª Relatoria Técnica, Omar Pires Dias, e do técnico da Secretaria Geral de Informática, Marcelo Rech.

Abrindo oficialmente os trabalhos, o secretário-geral de Controle Externo, Luiz Gomes, ressaltou que a importância das aulas técnicas, por possibilitar aos acadêmicos um conhecimento mais aprofundado dos temas. “Apenas uma visitação às dependências do Tribunal talvez não surtisse o efeito desejado. Já esse aprendizado, certamente, será muito mais proveitoso”, disse.

Em seguida, representando a Presidência, o chefe de Gabinete Paulo Tavares deu as boas-vindas aos acadêmicos e aos professores da Fimca: “É uma honra para a Corte recebê-los e poder repassar um pouco não só do funcionamento interno do Tribunal como também de procedimentos relativos à administração pública.”

Antes de iniciar as explanações, o secretário-geral de Planejamento, Luiz Guilherme, lembrou que a participação do Tribunal de Contas em eventos voltados ao mundo acadêmico atende a um dos objetivos do Planejamento Estratégico da instituição para 2011/15. “Com essas orientações, o Tribunal busca assegurar a efetividade do controle social, que é muito importante.”

Logo depois, Luiz Guilherme, acompanhado do coordenador de Planejamento, Juscelino Vieira, repassou aos alunos da Fimca as linhas gerais do Plano Plurianual (PPA) do Tribunal. Na sequência, o técnico da SGI, Marcelo Rech, falou sobre alguns dos sistemas de informática utilizados pelo TCE.

Os acadêmicos ainda assistiram à palestra “PPA, LDO e LOA: elaboração pelos entes jurisdicionados, fiscalização e controle da execução pelo Tribunal de Contas”, ministrada pelo diretor da 1ª Relatoria Técnica, Omar Dias. A cada apresentação, foi aberto espaço para questionamentos e debates.
 

PRESIDÊNCIA

Ao final da aula técnica, os acadêmicos e professores da Fimca foram recebidos, no Gabinete da Presidência, pelo presidente do TCE, conselheiro José Gomes de Melo. Ele saudou os estudantes, lembrando que as orientações recebidas têm como objetivo despertá-los para a importância de auxiliar o órgão na fiscalização dos recursos públicos.

O presidente abordou rapidamente a constituição do corpo deliberativo da Corte, ressaltando a forma de acesso ao cargo de conselheiro. Falou também sobre o processo de interiorização pelo qual o TCE passa, com a inauguração, na próxima segunda-feira (2), de uma unidade em Cacoal, outra já em funcionamento em Vilhena, além de outras previstas para os polos de Ji-Paraná, Ariquemes e São Miguel do Guaporé.

“Essa aproximação é importante para o Tribunal e para os jurisdicionados, mas também para a sociedade, que pode entender melhor como funciona o Tribunal e seu papel na fiscalização do erário. Além disso, abre-se um novo mercado de trabalho, que pode e deve ser aproveitado pelos que estão se formando no ensino superior”, disse.

Após o pronunciamento presidencial, o professor do curso de Ciências Contábeis da Fimca, Carlos Alberto Guido do Nascimento, que acompanhou os alunos na aula técnica, aproveitou para agradecer a oportunidade aberta pelo TCE. “Os alunos puderam conhecer um pouco mais do órgão não só em seu aspecto fiscalizador, mas também orientador”, disse.

O docente destacou também as novas possibilidades que foram apresentadas aos acadêmicos durante a explanação dos técnicos e também do conselheiro presidente. “Geralmente, os alunos têm foco apenas para a contabilidade comercial, esquecendo que a contabilidade pública abre um leque importante de oportunidades, que devem ser aproveitadas”, concluiu.

Fonte: Sergio Mello
 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio