Porto Velho (RO) sábado, 22 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

17ª Brigada e 5º BEC garantem remoção de peças das locomotivas da EFMM

17ª BRIGADA E 5º BEC GARANTEM REMOÇÃO DE PEÇAS DAS LOCOMOTIVAS, TRENS E TRILHOS E PÕEM FIM A ROUBOS NA EFMM


Porto Velho, RONDÔNIA – Militares do 5ë Batalhão de Engenharia e Construção (5º BEC), atendendo pedido da Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (ASFEMM) iniciaram, na terça-feira, 21, os trabalhos de remoção das peças e engrenagens históricas da ferrovia para dentro dos armazéns e oficinas daquele complexo.

A ação da entidade é parte do calendário de trabalho da entidade antes que o ciclo da implementação das usinas seja concluído. Os trabalhos da ASFEMM, em parceria com os ministérios Públicos Estadual, Federal, IPHAN e o município, respectivamente, como os demais órgãos de controle voltados à conservação, preservação e revitalização do Complexo Ferroviário, “visa resgatar, limpar, higienizar e catalogar todo o patrimônio da EFMM”, afirmou José Bispo, 84, presidente da entida de.

De acordo com relatos do Vice-Presidente, George Teles, Carioca, “as peças permaneciam ao realento por mais de década continuas, sem os devidos cuidados das gestões passadas de governo e do município”. Para isso acontecer, ele disse, precisamos ir à 17ª Brigada e do seu Quartel General e deste ao Comandante do 5º BEC, Tenente Coronel, Emerson Moraes.

De imediato - e sem burocracia -, como de hábito faz ao ser chamado o Comando do Exército estadual, “um caminhão Munck se encontra no local com um grupamento sob o comando do Sargento Gama, realizando operações de resgate e transporte das peças, de um lugar para o interior das oficinas”, assinala Carioca.

São peças e engrenagens que formavam o conjunto estrutural das locomotivas, trens e trilhos, além de acessórios das composições desativados e que foram largadas no passado fora das oficinas, armazéns e galpões, hoje, cobiçados por funilarias, ferro-velho, tornearias e fundições espalhadas por todo o Estado e do país.

Com a missão de resgate de todo o acervo histórico da legendária Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM), o Comando em chefe do 5º BEC, através da 17ª Brigada Militar, em Rondônia, mais uma, “configura-se como um dos mais fortes parceiros dos ferroviários em ajudar a mante em pé - e vivo - o principal cartão-postal dos porto-velhenses”, sublinha o Vice-Presidente da ASFEMM, George Teles.

A medida, segundo reiterou, “é parte do cumprimento da Portaria 231/2007, que dá competência ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Decreto-Lei 25/37, este assinado pelo Presidente Getúlio Vargas”,institutos que asseguram a proteção e preservação do conjunto histórico de todo o acervo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré”, respectivamente.

As peças, engrenagens e equipamentos oriundos das locomotivas, trens e trilhos, que estão sendo removidos do lado de fora para dentro das oficinas, segundo o presidente da ASFEMM, José Bispo,”uma vez dentro dos ambientes, cada unidade passará por um processo de limpeza e catalogação”.

- São conjuntos de rodados que pesam entre e 250 quilos a 2,5 toneladas, arrematou Carioca, ao agradecer ao Comando da 17ª Brigada Militar e por extensão ao Comandante do 5º BEC, Tenente Coronel, Emerson Moraes, por sua habitual atenção para com a preservação e conservação do principal cartão-postal dos porto-velhenses.

Mais Sobre Cultura

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

ExpoPorto 2020 inicia preparativos com a proposta de trazer novidades

Com previsão de acontecer em agosto deste ano, a Exposição Agropecuária Festa Tecnológica de Porto Velho (ExpoPorto) promete trazer grandes novida

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

Mercado Cultural terá cinco eventos em três dias de folia

A prefeitura de Porto Velho, através da Fundação Cultural (FUNCULTURAL) preparou uma super programação de Carnaval que inclui atividades para crianças

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de Porto Velho Mavignier Ferro falou na manhã desta quarta-feira sobre a intenção de alguns ativistas cu

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

O poeta e ator Carlos Macedo, o Mado, apresentará, numa livre interpretação, poesias do livro ‘Sobra das Noites’ do poeta Adaides Batista, o Dadá. O e