Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

150 Pontos de Cultura em comunidades indígenas



A Fundação Nacional do Índio em acordo com o Ministério da Cultura, por meio do Programa Mais Cultura, implantará em todo o país, até 2010, 150 Pontos de Cultura Indígenas. Na primeira etapa serão beneficiadas 30 comunidades indígenas da região amazônica e prevê o investimento de R$ 6,4 milhões em cinco estados: Acre, Amazonas, Mato Grosso Rondônia e Roraima.

O anúncio será realizado pelo presidente da Funai Márcio Meira e Ministro da Cultura Juca Ferreira, às 16h desta quinta-feira (16), no auditório do Palácio da Justiça.

Os outros 60 Pontos de Cultura serão implantados até o fim de 2009, e os 60 restantes até 2010. O objetivo dos 150 novos Pontos de Cultura é possibilitar que comunidades de difícil acesso recebam recursos do Governo Federal para potencializar suas atividades, valorizando a diversidade cultural brasileira.

Diferente do processo que vem sendo adotado pelo MinC, de seleção dos Pontos de Cultura por meio de edital público – hoje já são mais de 2 mil apoiados no país, sendo 33 em comunidades indígenas – as comunidades discutirão de que forma serão implantados os Pontos de Cultura Indígenas. Para a primeira etapa, a FUNAI firmou um termo de parceria com a Associação Cultura e Meio Ambiente (ACMA) – Rede Povos da Floresta, para reunir e capacitar as comunidades indígenas dos cinco estados beneficiados. Os 30 Pontos de Cultura serão divididos em três pólos: Alto Rio Juruá (Marechal Thaumaturgo – AC), Alto e Médio Rio Negro (São Gabriel da Cachoeira - AM) e Escola dos Professores Indígenas (Rio Branco - AC). As primeiras atividades serão as Rodas de Conversa, principal estratégia da Rede Povos da Floresta para mobilizar, apresentar e validar as iniciativas pensadas junto às lideranças indígenas envolvidas. 

Após as Rodas de Conversa, os Pontos de Cultura serão implantados nas comunidades, com a adequação dos espaços físicos e instalação dos equipamentos e do sistema de conexão via satélite, apoiados pelo Ministério das Comunicações, através do programa Gesac, onde cada comunidade receberá um kit multimídia.

Em seguida, haverá a fase de capacitação para inclusão digital e audiovisual, a ser realizada com a parceria do Ponto de Cultura Vídeo nas Aldeias, de Olinda. A última etapa consiste na socialização dos produtos culturais entre os envolvidos e realização de encontros entre os Pontos de Cultura, o que permitirá a articulação de uma rede social indígena.

De acordo com o secretário da Identidade e Diversidade Cultural, Américo Córdula, "os equipamentos que compõem o kit multimídia reforçam a tradição oral, a produção de conteúdo e a participação das comunidades na Rede Povos da Floresta, na rede de Pontos de Cultura e na rede de apoio ao Prêmio Culturas Indígenas".

Além do ministro Juca Ferreira e o presidente da Funai, Márcio Meira, o evento contará com a participação do secretário de Programas e Projetos Culturais, Célio Turino, o secretário da Identidade e da Diversidade Cultural, Américo Córdula, gerente de Articulação e Integração da secretaria de Articulação Institucional, Maria Claudia Cabral, representante da Rede Povos da Floresta, Ailton Krenak, indígenas e Organizações indigenistas.

Composição do Kit Multimídia

Computador desktop com acesso à internet banda larga, leitor e gravador de DVD, monitor 17 polegadas, teclado, mouse, par de caixas de som e placa de vídeo para edição; servidor, placa de rede, cabos, conectores, no break, web cam, fone de ouvido com microfone, placa de captura de vídeo, material para montagem de rede e estabilizador; filmadora digital, câmera fotográfica digital, microfone supercardioide, bateria para filmadora, fone de ouvido e fita minidv; kits de painel fotovoltaico, bateria, controlador de carga, módulo solar e inversor de voltagem de 12vcc para 110 V. 


 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio