Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Sérgio Ramos

“Como desenvolver Alzheimer: Um guia prático”


“Como desenvolver Alzheimer: Um guia prático” - Gente de Opinião

Neste exato momento você pode tomar a decisão certa a respeito do que quer ter, do que quer ser e do que deve fazer.

JOHN M. TEMPLETON

Por que você quereria desenvolver o mal de Alzheimer?! Poderia ser uma pergunta estúpida se não fosse a relação que essa doença tem diretamente com o seu estilo de vida. Em particular, com o estilo de vida alimentar. Infelizmente, nem sempre temos a noção da externalidade (adaptado o conceito à saúde) dos nossos atos alimentares no nosso próprio corpo e nas pessoas que nos cercam.

É claro que ninguém em suas condições mentais normais desejaria adquirir quaisquer doenças. Por outro lado, ao observar a multiplicidade de fatores que podem contribuir para o desenvolvimento e o progresso do Alzheimer, você, segundo o Dr. Dale E. Bredesen, em seu revelador livro “O fim do Alzheimer – o primeiro programa para prevenir e reverter o declínio cognitivo”, tem a oportunidade  de aprender como prevenir o processo, antes de mais nada, retardá-lo ou revertê-lo assim que os sintomas aparecerem.

Neste texto, você não encontrará informações de como reverter a doença, para isso terá que ler o livro. Isso porque, essa parte é muito mais complexa. A ideia aqui é mostrar, e assim alertá-lo, como você pode contribuir para desenvolver essa terrível doença.

“De grão em grão a galinha enche o papo”. Esse velho e sábio ditado atravessa os séculos, e ouso afirmar que perdurará ainda por muitos outros, dada a sua verdade.  É o poder da acumulação, dito de uma forma popular.

A saúde da galinha vai depender da qualidade dos grãos que consome. Se os grãos forem saudáveis, a galinha será saudável, caso contrário, será uma galinha doente, e nessa condição, contaminará quem se alimentar de sua carne.

Você tem um corpo que é a sua casa original. A galinha tem o corpo dela, que é sua casa original. O valor de uma casa é conhecido, pois ela tem a função de nos dar conforto e proteção. Por isso, deve ser construída com os melhores materiais. Não se pode economizar nessa tarefa. Isso vale para o nosso corpo. Esse foi criado por Deus, mas a obrigação de cuidar é sua. O seu corpo deve proporcionar-lhe conforto e proteção, como já disse, e isso está diretamente relacionado com o que você come. A alimentação é o principal material para a construção de nossos corpos. O resultado, portanto, está condicionado a qualidade desse material. E onde entra a galinha nessa história? Além de constar no ditado popular, ela é também um material com o qual construímos o nosso corpo, já que nos alimentamos com a sua carne. Portanto, os alimentos que alimentam a galinha devem ser os mais saudáveis possíveis. Isso ser para dos demais.

Os sábios dizem: Você é o que come.

Esta é a primeira Revelação importante do livro em comento: O Alzheimer também se desenvolve por meio do que você se alimenta. Por isso, segundo Bredesen, essa terrível doença pode ser evitada, retardada ou revertida, conforme cada caso, incluindo os casos hereditários. Isso quer dizer que o fato de você – se for o caso – ser descendente de alguém portador desse terrível mal, não significa que terá apenas que esperar, passivamente, ou “com a boca escancarada, cheia de dentes, esperando a morte chegar…”, como cantou um dia o saudoso Raul Seixas, o desenvolvimento da doença. Você pode evitá-la apenas mudando o seu estilo de vida, é o que diz o Dr. Dale.

Isso você pode fazer. E se você quiser, você consegue.

A partir desse ponto resumirei o estilo de vida pelo qual você desenvolverá o Alzheimer e outras doenças, conforme o Dr. Dale, se persistir em mantê-lo.  Ou seja, o que você não deve fazer para atrair doenças, em especial, o Alzheimer.

INSULINA ALTA

Bom, se você trabalha até tarde e faz uma boquinha, a base de doces, tarde da noite, apenas elevará o seu nível de insulina às alturas pouco antes de ir para cama, mantendo-o elevado enquanto dorme.

MÁ QUALIDADE DO SONO – ESTRESSE LOGO AO ACORDAR

Se você tiver o hábito de ir para cama bem tarde – depois da meia-noite -, e dormir mal, por causa da apnéia – frequentemente o resultado de ganho de peso -, certamente acorda mal. Seus pés ainda nem tocaram o chão e você já começa sentir estresse só de pensar no dia que terá pela frente.

CAFÉ DA MANHÃ INADEQUADO

Já estressado e atrasado, toma café da manhã, composto por pão doce ou francês, um copo de suco de laranja bem docinho, uma xícara de leite desnatado com café, e muitas outras “delícias”, está ingerindo, de acordo com Dr. Dale, “uma dose elevada de laticínio, um desencadeador de inflamação, dá mais um passo rumo à resistência à insulina com açúcar e abre buracos em sua parede gastrointestinal com glúten”.

ATROFIA CEREBRAL

“Você manda para dentro seu inibidor da bomba de prótons para prevenir o refluxo gástrico, ainda que reduzindo sua acidez estomacal você prejudique sua capacidade de absorver nutrientes cruciais como zinco, magnésio e vitamina B12; depois, toma sua estatina, uma ótima maneira de baixar o colesterol para menos de 150 e, desse modo, eleva o risco de atrofia cerebral.”

AUSÊNCIA DE AUTOFAGIA

“Fazemos isso tudo em menos de 12 horas após aquele lanchinho adocicado no fim da noite, o que significa que seu corpo em nenhum momento induz a autofagia (ato de o homem ou animal nutrir-se da própria carne), removendo o acúmulo de amiloide (substância importante no desenvolvimento do Alzheimer) e os fragmentos de proteína danificados.”

CONTINUAÇÃO DO ESTRESSE

Depois do café da manhã apressado e sair de casa também apressado, conseguirá apenas manter o seu nível de estresse nas alturas, “produzindo cortisol que danifica os neurônios do hipocampo”. Isso agravado pela falta de exercícios físicos, baixa exposição à luz do Sol (comprometendo os níveis adequados de vitamina D).

CONTINUAÇÃO DO ESTRESSE – MAU HUMOR

Estressado e irritado com a falta de sono, você sente grande pressão e desconforto ao se relacionar com pessoas, comprometendo a qualidade da interação social positiva, evitando qualquer manifestação de alegria.

FALTA DE AÇÚCAR NO CORPO NO MEIO DA MANHÃ

No meio da manhã, o nível de açúcar no sangue baixa consideravelmente, e você se alimenta com bolachas doces e chocolates. Afinal você não é de ferro.

FAST FOOD

E na hora do almoço? Não há tempo para muita coisa, além de um sanduíche composto de pão branco, peru esponjoso ejetado com sal, cheio de hormônios, antibióticos e fatores estressantes – afinal, comer peru processado acreditamos ser saudável. Tudo isso regado um delicioso refrigerante diet para danificar seu microbioma. E para sobremesa, um delicioso brownie, apenas para conseguir gorduras trans e diminuir nossas gorduras omega-3 salutares.

RUMO AO ALZHEIMER

Até aqui, segundo o Dr. Dale, você fez um ótimo trabalho em ajustar o seu curso fisiológico na direção do Alzheimer.

ACELERANDO RUMO AO ALZHEIMER

Se você quiser chegar mais rápido, é só complementar tudo isso com um fumegante cigarro,“prejudicando a distribuição de oxigênio para os tecidos – incluindo o tecido cerebral – e enviando centenas de substâncias químicas tóxicas para sua corrente sanguínea.”

NÃO PRECISA ESCOVAR OS DENTES

Não há tempo para essas coisas. Depois de toda essa rotina não há porque se preocupar com “inflamação sistêmica e com a destruição das barreiras que mantêm bactérias como a P. gingivalis longe do cérebro”. É o que causa a falta de higiene bucal, além de outras coisas, como mau hálito.  

RECOMPENSA APÓS UM DIA PERFEITO PARA O ALZHEIMER

Depois desta rotina perfeita para o Alzheimer, uma verdadeira “malhação” de açúcar e gordura, já que não há tempo para levantar da cadeira, enquanto está no trabalho. E finalmente chega o grande momento: Voltar para casa. Não seria coerente mudar o ritmo nesse momento. Então é importante manter o estresse xingando todo mundo no trânsito ou reclamar do transporte público, o que, em geral, faz também em casa, o que mantém a pressão sanguínea nas alturas, “tornando a barreira hematoencefálica tão cheia de furos quanto um escorredor de macarrão”.

MAIS CONTRIBUIÇÕES PARA CONQUISTAR O ALZHEIMER – ANTES DE CHEGAR EM CASA

Antes de chegar em casa uma passadinha na lanchonete é sagrada. Que mal tem uma porção de batatas fritas, já que trata-se apenas de “uma fonte perfeita de produtos finais da glicação avançada (AGE) indutora de Alzheimer – gorduras trans, insulina amidoada, óleos reaquecidos oxidados com pouca vitamina E e  acrilamida neurotóxica.”? Você pode imaginar as batatinhas com minúsculas luvas de boxe, rosnando: – Vou acabar o seu hipocampo.  Adicione o hambúrguer – feito de gado alimentado com milho, e não pasto, rico em gorduras ômega-6 inflamatórias e pobre em ômega 3, anti-inflamatório, lambuzado com ketchup, efeito de xarope de milho com alto teor de frutose, em um pão tão carregado de glúten, que é a maneira perfeita de abrir ainda mais buracos em sua parede intestinal e em sua barreira hematoencefálica.”

MAIS CONTRIBUIÇÕES PARA CONQUISTAR O ALZHEIMER – AGORA, EM CASA

Chegando em casa não há nada mais merecido do que desabar em uma poltrona, em frente à TV, assistir seus programas favoritos, geralmente acompanhado de petiscos favoritos. E de preferência com uma cervejinha para relaxar. Nem precisa falar que não há necessidade de se submeter a estressantes períodos de estímulos físicos ou mesmo mentais. Depois é só se levantar do sofá e ir dormir. Nem precisa escovar os dentes. E começar tudo de novo. Afinal, amanhã é outro dia. Por que mudar, se está bom assim?

Este é o estilo de vida perfeito com enormes possibilidades para você conquistar o Alzheimer, segundo o Dr. Dale E. Bredesen.

Mas não se preocupe, ou melhor, não entre em pânico, pois o Alzheimer não acontece de um dia para o outro. Li que se a cada vez que ingeríssemos algum alimento que não faz bem para a saúde, sentíssemos imediatamente os efeitos que teríamos somente em alguns anos, pararíamos de consumi-lo imediatamente.

Por exemplo: se logo em seguida adquiríssemos câncer após fumar um cigarro, abandonaríamos o hábito de fumar imediatamente. Mas as coisas não acontecem assim tão rápido, felizmente.

A ÓTIMA NOTÍCIA – VOCÊ PODE FAZER UMA ESCOLHA.

Por outro lado, a nossa expectativa de vida no Brasil está perto dos 80 anos. E os efeitos da nossa vida pregressa começam a aparecer depois dos quarenta. Em tese, um brasileiro médio teria ainda 40 anos de vida pela frente.

Agora, como serão esses 40 anos?  Para ficar no tema: com ou sem Alzheimer? Acredito que a resposta seja óbvia. Então está na hora ou passando da hora de rever seus conceitos de estilo de vida, em especial, o estilo de vida alimentar. Se mudar para um estilo de alimentação saudável, além de decidir não envelhecer acometido da doença do esquecimento, poderá também não envelhecer com diabetes ou mesmo câncer, ou sem muitas outras doenças.

A ESCOLHA É SUA.

Agora você já sabe como se proteger do Alzheimer, segundo o Dr. Bredesen. Mude o seu estilo de vida, principalmente adotando uma nutrição saudável e um programa regular de exercícios físicos regulares, para toda a vida. 

Evidentemente, as coisas não são tão simples assim. O fato de você mudar seu estilo de vida não garante que você não desenvolva a doença, até porque não se sabe ao certo os estragos realizados pelo o seu estilo de vida atual e do anterior, mas continuar com o estilo de vida inadequado, certamente está abrindo as portas do seu corpo para o Alzheimer e muitas outras doenças.

A ESCOLHA MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA

Se você não sabia dessas informações tudo bem, a ignorância é um tipo de desculpas aceitável na nossa sociedade, mas agora você sabe. Significa que agora você tem realmente uma escolha. Então, chegou a hora da decisão mais importante da sua vida: como quer envelhecer: SAUDÁVEL ou DOENTE? Lembre-se que essa decisão não tem repercussão apenas no âmbito particular, mais alcançará seus familiares e amigos. Afinal, você não está isolado no mundo.

SOBRE O ALZHEIMER

Segundo o Dr. Dale, Alzheimer é o resultado de uma ação protetora do cérebro. Ou seja, de tanto proteger-se, acaba destruindo-se. Ou ainda, “A doença Alzheimer não surge de uma falha do funcionamento do cérebro tal como ele evoluiu para fazê-lo. Não é como câncer, em que uma mutação genética – herdada ou adquirida em vida – transforma uma célula e toda sua progênie em proliferadores descontrolados que vão conquistando os órgãos.”

Resumindo: O Alzheimer surge quando o cérebro reage como deveria a certas ameaças, conforme.

Ainda segundo o médico, “O que é Alzheimer é o que acontece quando o cérebro tenta se proteger de três ameaças metabólicas: 1. Inflamação (por infecção, DIETA ou outras causas; 2. Declínio ou escassez de nutrientes, hormônios e outras moléculas de sustentação cerebral; e, 3. Substâncias tóxicas como metais ou biotoxinas (venenos produzidos por micróbios como fungos).

SINTOMAS

CEGUEIRA FACIAL – dificuldade em reconhecer e lembrar rostos.


CLAREZA MENTAL DECLINANTE (especialmente do fim do dia) – cansaço mental excessivo impede de realizar tarefas como ajudar filhos a estudar, impossibilita a leitura, não lembrar de palavras, o que faz falar muito devagar. Enfim, exaustão mental sem causa.


DECLÍNIO POR INTERESSE POR LEITURA, incapacidade de acompanhar ou  desenvolver conversas complicadas e incapacidade de acompanhar filmes com tramas complicadas.


DECLÍNIO DE VOCABULÁRIO – grande dificuldade para lembrar de palavras, prejudicando sensivelmente a comunicação.


MISTURAR PALAVRAS – falar palavra totalmente fora de contexto, tipo dizer ” teleconferência!” ao invés de “carona”.


DECLÍNIO DA VELOCIDADE DE PROCESSAMENTO – perda de agilidade de pensamento resultando em fazer coisas mais devagar como digitar, ou sentir-se “zonza” em reuniões.


ANSIEDADE CRESCENTE EM DIRIGIR E ENCONTRAR O CAMINHO – se sentir incapacitado para dirigir.


DIFICULDADE EM SE LEMBRAR DE COISAS – não se lembrar das coisas com frequência e sente-se “assoberbado” com o que precisa ser feito. Incapacidade de acompanhar os acontecimentos da própria vida.


SONO INTERROMPIDO – acordar várias vezes à noite e dificuldade para pegar no sono novamente.


NÃO SENTIR OS EFEITOS ESTIMULANTES DA CAFEÍNA – o café não surte mais efeito, como reduzir sono, por exemplo.

Acredite, segundo o Dr. Dale, tudo isso pode ser desencadeado pelo seu estilo de vida, principalmente, pelo fator ALIMENTAÇÃO.

No livro, há relatos de pessoas que conseguiram reverter o Alzheimer. Por isso, recomendo, veementemente, a sua leitura (O FIM DO ALZHEIMER).

Decidir por envelhecer mantendo um estilo de vida saudável é Mudar Para Viver Melhor.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sérgio Ramos

Como se conhecer por dentro, sem Raio X

Como se conhecer por dentro, sem Raio X

Não há mágica para uma saúde perfeita, você terá que construi-la

Como votar sem correr risco de errar - Por Sérgio Ramos

Como votar sem correr risco de errar - Por Sérgio Ramos

As eleições estão prestes a ocorrer. E o que não faltam são candidatos. Isso só demonstra que a nossa Democracia continua firme, e que apesar do senso

Reforma Trabalhista – Art. 59-B - Por Sérgio Ramos

Reforma Trabalhista – Art. 59-B - Por Sérgio Ramos

O que ocorrerá se as exigências para compensação de jornada de trabalho não forem observadas?

A MP que reformou a Reforma Trabalhista perdeu a validade. E agora? - Por Sérgio Ramos

No texto “A Reforma Trabalhista, a política e a insegurança jurídica” – aqui, abordei os aspectos políticos e jurídicos que a envolvem, cuja consequên