Porto Velho (RO) sexta-feira, 1 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Sergio Pires

Primeira Mão - 29/10/10


Primeira Mão - 29/10/10 - Gente de Opinião

MAIS UM QUARTO DE SÉCULO PERDIDO,

EM QUE A EDUCAÇÃO FICOU PARA TRÁS


Há mais de 25 anos atrás, um projeto inédito para a educação foi lançado no Rio de Janeiro, pelo então governador Leonel Brizola. Baseado na teoria de que criança na escola, quanto mais tempo melhor, ele implantou o programa criado por seu então secretário de educação, o também inesquecível Darcy Ribeiro. Foram construídos e implantados vários educandários, chamados de CIEPS, onde as crianças ficavam dois turnos na escola, tinham merenda escolar, almoço e, depois das aulas normais, uma série de atividades que só terminavam ao anoitecer. Claro que o programa foi bombardeado pelos opositores a Brizola e, com o aval da população – que fique bem claro, a decisão foi do povo que votou – Darcy Ribeiro foi derrotado ao tentar suceder Brizola. E o projeto dos CIEPS foi por água abaixo. Mais de um quarto de século depois, nesse mesmo Brasil que parece não ter jeito, surgem agora, em várias cabeças pensantes e através de líderes políticos, a brilhante idéia de que o melhor para não permitir que as crianças fiquem nas ruas; que não se envolvam com a criminalidade; que tenham chances melhores em suas vidas, é que elas estudem de manhã e à tarde, permanecendo o maior tempo possível dentro da escola.

Perdemos 25 anos. Uma experiência que poderia ter mudado a estrutura do ensino e da educação no Brasil e que teria certamente tirado das ruas milhões de meninas e meninas que passam parte do dia sem ter o que fazer (e aí, cooptados por maiores, inclusive gente de suas famílias, aprendem a fazer o pior) teriam tido uma oportunidade muito melhor em todos os sentidos. Darcy Ribeiro e o próprio Brizola morreram inconformados com o que fizeram contra os CIEPS e sua idéia inovadora. Mas a população escolheu os que destruíram a idéia de renovação e de esperança. E hoje vê-se, no Rio principalmente, o mal que isso causou. Precisa dizer mais? 

 

A HORA H

A grande pergunta no ar é: Confúcio Moura continua muito à frente ou João Cahulla recuperou o espaço e está conseguindo dar a volta por cima? Nesse momento da campanha, essa é a questão que todos querem ver respondida. A verdade só deve surgir no domingo à noite. Só depois de checado o último voto, se saberá exatamente o que o eleitor rondoniense decidiu...

 

DECISÃO NA CAPITAL?

O que há, de concreto, é que a diferença entre os dois finalistas ao Governo do Estado está cada vez menor. A cada dia, informações vindas de todos os recantos de Rondônia dão conta de que a disputa pode ser voto a voto. Confúcio vai bem nas cidades maiores e Cahulla nas menores. Porto Velho pode decidir tudo.

 

DE OLHO

A campanha eleitoral no rádio e TV acaba nesta sexta. As coligações ainda podem levar os nomes de seus candidatos às ruas até neste sábado à noite. A partir das 22 horas, fim de tudo. No domingo é a eleição e deve-se lembrar: nada de boca de urna, nada de sujar as cidades com santinhos; nada de tentar cooptar o eleitor com vantagens. A Justiça Eleitoral estará de olho.

 

NA PARECIS

Domingo, dia de eleição, mais uma vez a equipe de jornalistas da Rádio Parecis FM de Porto Velho e de mais cinco cidades do interior estará acompanhando todo o desenrolar da votação no país e em Rondônia e dará os resultados em primeira mão. Uma grande equipe, comandada pelo experiente Beni Andrade, entra no ar domingo de manhã cedo e vai até perto da meia-noite, sem interrupção.

 

LÁ VEM ELES!

Tão logo se fechem as urnas e se anuncie o vencedor à Presidência, a população da Amazônia poderá ser surpreendida com decreto presidencial que limitará, em muito, o agronegócio na região, incluindo Rondônia, é claro. Os dois candidatos negociaram apoio do Partido Verde, de Marina Silva, prometendo mexer na estrutura ambiental da região. Oremos, pois.

 

NO LEITO DO RIO

Se não houver mais nenhuma medida extrema do Tribunal de Conas da União, que paralisa obras por qualquer “indício de irregularidade”, a primeira ponte sobre o rio Madeira poderá estar pronta até o final de 2011. As obras delas, na área do bairro da Balsa, já saíram das margens e entraram no leito do rio.

 

200 MILHÕES

Agora, temos que torcer para que nada atrapalhe mais a ponte que já deveria ter sido construída há pelo menos duas décadas. Motivo de piada, de brincadeiras e de descrédito, parece que desta vez a ponte de 200 milhões de reais sai do papel. Tomara

 

LER E ESCREVER

O deputado-palhaço-humorista Titirica, campeão de votos no Brasil, terá que passar pelo vexame de provar que não é analfabeto e que sabe ler e escrever. Antes de ser candidato, ninguém o incomodou. Depois da maciça votação – anunciada muitas vezes – promotores públicos decidiram interferir no caso. Porque não o fizeram antes, se havia suspeitas de que ele analfabeto?

 

Ô BRASIL BÃO!

Começou ontem mais um super feriadão no país da moleza. Para quem é funcionário público, então, a festança vai até quarta, quando a vida normaliza. Serão dias de ócio, numa terra em que se deveria trabalhar o dobro mas se trabalha, na verdade, menos da metade.

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Sergio Pires  - [email protected]
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube / Turismo   /  Imagens da Históra

 


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sergio Pires

Rondônia teve 26 mil novas empresas + O vírus ataca com força + Partidos e candidatos fazem pesquisas

Rondônia teve 26 mil novas empresas + O vírus ataca com força + Partidos e candidatos fazem pesquisas

MAIS DE 3 MILHÕES E 500 MIL NOVOS EMPREGOS NO PAÍS EM POUCO MAIS DE TRÊS ANOS. EM RONDÔNIA, TIVEMOS 26 MIL NOVAS EMPRESAS, SÓ EM 2021           Depen

Gravidez na infância e aborto + Um programa de sucesso + Será pior ou melhor?

Gravidez na infância e aborto + Um programa de sucesso + Será pior ou melhor?

GRAVIDEZ NA INFÂNCIA E ABORTO: IDEOLOGIA E HIPOCRISIA, ENQUANTO NOSSAS CRIANÇAS ESTÃO TENDO SUAS VIDAS DESTRUÍDAS          O estupro e a gravidez de

Descontos federais e do ICMS estadual + Corrida ao governo esquenta + O dia de cooperar

Descontos federais e do ICMS estadual + Corrida ao governo esquenta + O dia de cooperar

SE TODOS OS DESCONTOS FEDERAIS E DO ICMS ESTADUAL FOSSEM DADOS À GASOLINA, O PREÇO FINAL PODERIA CAIR PARA 6,10 REAISCaso já tivesse sido repassado t

193 milhões para a Rodovia do boi + Rondonienses correm o risco de perderem tudo + Lucas Follador elogia Mariana Carvalho

193 milhões para a Rodovia do boi + Rondonienses correm o risco de perderem tudo + Lucas Follador elogia Mariana Carvalho

INVESTIMENTO DE QUASE 2 MILHÕES E 300 MIL REAIS POR QUILÔMETRO: SÃO 193 MILHÕES PARA PAVIMENTAR PARTE DA RODOVIA DO BOI          Com pouca divulgaç