Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Sergio Pires

Primeira Mão - 28/12/10


 Primeira Mão - 28/12/10 - Gente de Opinião

NOSSA LEI ELEITORAL NÃO É UM BRINQUEDO,

MAS O TSE PARECE QUE PENSA BEM DIFERENTE

Até o TRE de Rondônia ficou preocupado com a confusa situação de decisões contraditórias do TSE sobre quem deve ser empossado e quem não deve. As constantes mudanças de decisões, que parecem brincadeira mas infelizmente não o são, deixa a todos perplexos. Ora a bancada federal tem uma composição. Logo depois, tem outra. Na Assembleia Legislativa  acontece o mesmo. Uma confusão sem fim, caracterizada claramente pela divisão de posições dos ministros do TSE sobre vários pontos da legislação eleitoral, mas principalmente em relação à Ficha Limpa. Enquanto alguns decidem que a lei vale já neste ano, outros decidem o contrário. Vão concedendo liminares, mudando o resultado das urnas, transformando a lei num brinquedinho pessoal, a serviço de ideologia própria, não importando o que isso represente em termos de custos, de prejuízos, de confusões causadas, que deixam o país – e Rondônia – sem saber exatamente o que vale e o que não vale.

O TRE se viu obrigado a diplomar Maurão de Carvalho na Assembleia, tirando a vaga de Edivaldo Soares, de Ji-Paraná. Na Câmara Federal, cassou a vaga do jovem Marcos Rogério e colocou em seu lugar Natan Donadon. Alguém imagina que tudo está definitivamente resolvido? Claro que não está. Nossos ministros ainda têm muito com o que brincar, até que se saiba exatamente qual dos grupos envolvidos nessas pendengas todas, vencerá a batalha de egos. O TSE transforma a eleição (que deveria estar sob sua guarda), num jogo de complicado e sem fim. Parece que tentando dizer ao eleitor que são eles, os ministros, quem escolhem aqueles que devem ser nossos representantes e não nós, os eleitores. Até quando vão brincar com a lei nossos maiores representantes no principal tribunal eleitoral do país?

 

EQUIPE PRONTA

Confúcio Moura teve que aceitar imposições, engolir sapos, conversar muito e até tomar algumas decisões que não gostaria de ter tomado, para conseguir compor seu secretariado. Teve que abrir espaço para vários partidos políticos que o apoiaram no segundo turno. Certamente nem todos os nomes convidados o seriam, não fosse a necessidade de governar com a coligação.

PRIMEIROS PASSOS

O governador que toma posse no próximo sábado começa a governar com esse time, mas poderá muda-lo mais adiante, moldando-o à sua forma pessoal de trabalhar, caso algum dos selecionados não traga os resultados que ele espera. Claro que publicamente jamais admitiria tal coisa, mas a verdade é que quem não der respostas, pode durar muito pouco na nova equipe.

EXPECTATIVA

A verdade é que Rondônia acorda, no próximo domingo, com uma nova administração. Que chega cheia de planos, que quer fazer Rondônia progredir e tornar a vida da sua população também muito melhor. Por isso, vale toda a torcida para o governador Confúcio Moura e seu time. Se ele trabalhar bem, todos os rondonienses vão usufruir das melhorias. É o que se espera.

ABATIDO

Não poderia ser diferente. Pela primeira vez eleito deputado estadual, Edivaldo Soares estava muito abatido no final de semana, com a decisão – via liminar – do TSE, tirando-lhe o mandato e o entregando a Maurão de Carvalho. O parlamentar der Ji-Paraná., contudo, não perdeu tempo só sofrendo. Já começou a agir, através dos seus advogados, para tentar retomar a vaga. A briga na Justiça vai longe.

QUE NATAL!

Assassinatos, várias mortes no trânsito, dezenas de feridos em brigas por causa de bebedeiras, prisão de traficantes e foragidos da Justiça: o Natal em Rondônia nada teve de paz e harmonia. Poucas vezes no ano os policiais de todas as áreas trabalharam tanto. O que será que aconteceu com o tal espírito natalino? Desistiu de morar por aqui?

PRIMEIRONA

Neste sábado, também assume a primeira mulher a governar o Brasil.; Dilma Rousseff vem com uma equipe parte indicada por ela, parte por Lula. Todo o país espera, ansioso, que ela faça uma boa administração, continue o que está dando certo e mude o que está errado. Tem que ser não só a primeira mulher no comando do país, mas a que mais realizou. Torçamos todos, pois!

AMPULHETA

O tempo não para. A ampulheta continua marcando os momentos que faltam tanto para a posse de Confúcio Moura (pouco mais de quatro dias) como para a eleição do novo presidente e formação da Mesa Diretora da Assembleia. A corrida pelo comando do legislativo estadual passa a ser o grande assunto a partir da próxima semana. Quem ganha? Confúcio ou a oposição?

ANO PERDIDO

O ano termina sem que se saiba exatamente o que vai acontecer em relação a transposição dos servidores do  ex-Território  Federal para a folha de pagamento da União. Houve muita comemoração neste 2010, mas na verdade nada de concreto. Muito vai depender, a partir de janeiro, de um trabalho duro e em conjunto da nova  bancada federal.

ANO GANHO

Pelo menos em relação à construção da ponte sobre o rio Madeira, a partir do bairro da Balsa, o ano de 2010 foi positivo, A primeira torre já está concluída e parece que agora nada vai interromper o trabalho. Pelo menos uma grande obra federal está andando a pleno vapor, por aqui.


Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Sergio Pires  - ibanezpvh@yahoo.com.br
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sergio Pires

Energisa nega cortes ilegais + CPI: os eleitores vão apoiar ou não? + Dona Raquel ataca Rondônia

Energisa nega cortes ilegais + CPI: os eleitores vão apoiar ou não? + Dona Raquel ataca Rondônia

ENERGISA NEGA CORTES ILEGAIS. FIM DO  ABASTECIMENTO É SÓ PARA QUEM FAZ “GATO”A Energisa dá sua versão. Muito criticada, a empresa que comprou a Ceron

Mentir para atingir a família do presidente: é correto ou um ato sem ética de parte do jornalismo decadente?

Mentir para atingir a família do presidente: é correto ou um ato sem ética de parte do jornalismo decadente?

MENTIR PARA ATINGIR A FAMÍLIA DO PRESIDENTE: É CORRETO OU UM ATO SEM ÉTICA DE PARTE DO JORNALISMO DECADENTE?Vamos criar uma situação hipotética. Um j