Porto Velho (RO) sexta-feira, 5 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Robson Oliveira

Resenha política 23/08/10


Resenha política 23/08/10 - Gente de Opinião

Na casa mais legítima do petismo sindical da capital, a “Aliança por uma Rondônia melhor para todos” - que tem como candidato a governador Confúcio Moura e do senador Valdir Raupp -, ganhou pontos preciosos. A diretoria do Sindicato dos Urbanitários (Sidur) anunciou formalmente compromisso com a reeleição do senador Raupp. Confúcio arrematou e firmou compromisso com a gestão compartilhada. Fato que foi bem assimilado pelos sindicalistas.


Gente de OpiniãoReconhecimento
O apoio ao senador Raupp foi justificado pelos membros do Sindur porque ele (o senador), nesses oitos anos, foi um dos principais interlocutores do sindicato junto ao sistema elétrico brasileiro, defendendo ali os pleitos da categoria. O senador peemedebista tem avançado em redutos até então considerados reservas petistas. Outros sindicalistas vão anunciar apoio à reeleição de Valdir Raupp, especialmente na capital. Inclusive do Sintero (principal braço sindical do PT).


Gente de OpiniãoVolume
O atual governador e candidato a reeleição João Cahulla é o único dos postulantes que conseguiu massificar com competência a campanha. Não há uma cidade ou linha no Estado que não tenha uma placa com sua propaganda. Isso se deve mais ao fato de que dispõe da máquina governamental. Bem verdade que os adversários não desfrutam de um aparato semelhante. Mas o fato é que, a despeito da vantagem da candidatura oficial, não conseguem dar visibilidade às suas propostas de forma competente. Exceto nos centros urbanos.


Gente de OpiniãoHabilitado
Pelo volume e pela agressividade de campanha dificilmente João Cahulla fica fora da disputa do segundo turno. Na hipótese de passar, vai ser um candidato duro a ser batido. As coordenações dos demais candidatos subestimaram o potencial do ex-desconhecido Cahulla. Além de uma campanha visíve,l ainda conta com o reforço nas ruas de centenas de correligionários pagos pelo erário (comissionados).


Gente de OpiniãoDiferenças
Aliás, não é raro encontrar nos famosos “Pit Stop”, feitos nas principais avenidas da capital, os servidores públicos comissionados bem perfumados e bem vestidos entregando ‘santinhos’ do governador e adesivando carros, o que contrasta com os cabos eleitorais suados contratados na periferia pelos candidatos da oposição. Também não é para se espantar se for encontrado o próprio secretário acompanhando os seus subordinados sob um sol escaldante nesses mesmos ‘pit stops’. A lei não veda a ninguém pedir votos, inclusive servidor público, desde que não esteja em horário de trabalho nem sob ameaça de demissão. O problema é que nem todos têm coragem de denunciar quando são compelidos a ir paras ruas pedir votos para o mandatário de plantão. Isso se aplica também aos municipais e federais.


Gente de OpiniãoEncolheu
Em visita ao interior, este escriba percebeu que a única campanha que não aparece nas ruas é a do petista Eduardo Valverde. A de Expedito Junior é forte na região da Zona da Mata e a do Confúcio Moura no Vale do Jamari - ambas as localidades são de influência dos dois candidatos.


 

Gente de OpiniãoDividido
O que intriga é que, em Porto Velho, colégio eleitoral que tem se inclinado para os candidatos petistas, Valverde não repete o bom desempenho do partido. Esta coluna intui que uma das vagas para o segundo turno vai ser decidida exatamente pelo eleitorado da capital. Por enquanto, o petista encolheu. Mas nenhum postulante a governador ainda empolgou o eleitorado da capital e as opiniões estão bem divididas.


 


Resenha política 23/08/10 - Gente de OpiniãoJulgamento
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga nesta terça-feira (24) o caso de um candidato a deputado pelo Ceará similar ao caso concreto que impugnou a candidatura de Expedito Junior (PSDB). O competente advogado do tucano, Dr. Diego Vasconcelos, acompanha em Brasília o julgamento porque o do seu cliente entra na pauta na próxima semana. As opiniões no mundo jurídico se os efeitos da nova regra alcançam casos pretéritos (o de JR) são divididas, o que torna a sessão desta terça fatal - ou sensacional - para todos aqueles que estão subjudice.

 

Gente de OpiniãoDesequilíbrio
Os adversários criticam as obras estruturantes feitas a toque de caixa na época das eleições, como é o caso dos asfaltos urbanos e intermunicipais que o Governo de Rondônia está executando. Mas a população calejada e sofrida festeja, porque passa a respirar um ar mais limpo por algum tempo. O que ninguém pode negar é o uso eleitoreiro de tais obras, que desequilibram a disputa. Além da qualidade, que é visivelmente duvidosa. Como não é vedado, quem está no governo não perde a oportunidade de executá-las. Portanto, não adianta reclamar.


Gente de OpiniãoEngabelação
O atual governador e candidato a reeleição prometeu no programa eleitoral “passar com um trator” por cima do Hospital João Paulo II (espero que ele evacue os leitos antes da demolição) para construir um novo com condições mais dignas de atender a população. Por que ainda não demoliu se ele é o atual chefe do executivo estadual? A promessa beira ao monte de entulho dito em época de eleição com falsas promessas com o único objetivo de engabelar o eleitor. Menos Cahulla, menos...


Gente de OpiniãoHumanização
Já o candidato do PMDB, Confúcio Moura, prometeu humanizar a rede hospitalar estadual e convocar entidades sem fins lucrativos para gerir o Hospital Regional de Cacoal. Ótimas propostas. O que destoa é a proposta do candidato para a educação, pois ele repete a cantilena saudosista de que deveríamos educar nossas crianças como no passado. Ora, já pensou na quantidade de diretor e orientador escolar que seria levado sob vara às delegacias de polícia para responder por maus tratos caso reinstituíste a palmatória, como se fazia no passado?


Gente de OpiniãoCarrasco
Já o candidato a deputado federal Celso Cruz continua sua cruzada defendendo a pena de morte para aqueles que cometem crimes hediondos. No cruzamento da Avenida Jorge Teixeira com a Abunã, três jovens levantavam uma faixa sob uma temperatura de quase 40 graus com a defesa da pena de morte. Este escriba sempre se posicionou contra a pena capital, mas num único caso poderia se sensibilizar e mudar de posição: quando um candidato a cargo eletivo utilizar jovens em suas propagandas em locais e temperaturas inóspitas.

Fonte:  Robson Oliveira - [email protected]
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  Siga o Gentedeopinião noTwitter  /   YouTube 
 Turismo   /  Imagens da História


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Robson Oliveira

Promessas + Mentira + Recursos + Atenções estarão voltadas ao TSE

Promessas + Mentira + Recursos + Atenções estarão voltadas ao TSE

PROMESSASO número enorme de pessoas infectadas e mortas pelo COVID 19 em Guajará-Mirim é uma prova indelével da incompetência das autoridades estadu

Marcos Rocha e as sinecuras + Ilhado + Ostracismo + Absurdo + Recomendação

Marcos Rocha e as sinecuras + Ilhado + Ostracismo + Absurdo + Recomendação

SINECURADepois de vinte anos o Governo de Rondônia decidiu recriar a Secretaria de Estado de Obras, que havia sido fundida há duas décadas ao Depart

Ideologização + Contaminação + Infecção + Tragédia + Gambiarra

Ideologização + Contaminação + Infecção + Tragédia + Gambiarra

IDEOLOGIZAÇÃODesde que a pandemia do Covid 19 se instalou no país, ceifando vidas em todos os estados e no mundo, os grupos que se rivalizam nas red

Energisa e o perdão de dois bilhões de reais + Pecaminoso + Pavão misterioso

Energisa e o perdão de dois bilhões de reais + Pecaminoso + Pavão misterioso

ENERGISAO deputado federal Mauro Nazif (PSB) foi no ponto certo: “governador tome vergonha na cara”. O desabafo do parlamentar foi ao abordar o proj