Porto Velho (RO) quinta-feira, 27 de junho de 2019
×
Gente de Opinião

Paulo Saldanha

Despertar: um centro de excelência!


 

Fui em busca de emoção e acabei me comovendo! Mas eu já sabia que num lugar como aquele, em que se cultiva a ação combinada com planejamento e muito trabalho, jamais eu sairia com sentimentos vazios. 

Entrei! Ali é, como na linguagem do poeta, um “ninho antigo” em que se prepara gente para a vida, para a profissão e para a afirmação cidadã. Caminhei! Fui recebido pelo Pedro Ademar Lima do Nascimento, o coordenador do Centro Despertar, que representa o líder Dom Geraldo Verdier, o Bispo da Diocese de Guajará-Mirim, que apoiou a idéia do Padre João, que, atendia a sua sensibilidade de agrupar jovens, detentores de potencial, mas que, desgarrados, precisavam de um local que os ocupasse e os profissionalizasse, retirando-os das ruas e das brigas. 

O Pedro Ademar é dono de um entusiasmo digno de quem se acha feliz com a missão recebida. Suas palavras denunciam o grau de elevada motivação que vai acalentando por conta da delegação que recolheu para exercer as suas funções. 

Assim (ele me disse), em 1° de fevereiro de 1991, numa casa ali atrás do Hospital Bom Pastor, erguia-se um templo figurado, cuja destinação sem precedentes se materializou como o de um acerto tamanho, a partir da formação multisetorial, que passou a concorrer para melhorar as condições de vida de tantas e tantas famílias. 

Na realidade, o Despertar é um centro de excelência! Há Biblioteca e sala para a Internet; aulas teóricas e práticas, enfim, há um manancial de atitudes e ações dirigidas ao fomento do crescimento social das pessoas que desejam realmente se transformar em melhores cidadãos, ao tempo em que se autopremiam com uma profissão, visando a manutenção própria e familiar. 

Há cursos de desenho técnico, mecânica de motores à diesel, eletricidade predial, marcenaria, serralharia, artesanato, informática, serigrafia, mecânica de motos, preparação de hortaliças, corte e costura, entre outros. Ali as pessoas conversam com Deus! 

No entanto, dada à procura, o artesanato ali é ensinado por conta dos trabalhos manuais com crochê, madeira, biojóias, inclusive com capim dourado, bambu, reciclagem de papel, etc. 

Como o fundamento do Despertar se dirige a formação humana, acrescentando valores que possam aperfeiçoar os jovens, homens e mulheres que ali buscam uma guarida, na outra ponta há apoio psicológico competente, a auxiliar aqueles que eventualmente necessitam encontar-se, através de terapias específicas. 

O que vi me surpreendeu. No período diurno, são 240 crianças que se nutrem, não apenas, no sentido físico, através das refeições distribuídas, (com direito a cardápio variado, inclusive lanches), mas de esperança, em face da possibilidade de um futuro esplendoroso, ante as perspectivas que se lhes abrem, a partir dos treinamentos gerados, de forma bem orientada e profissional. 

No total, entre crianças e adultos são 360 alunos, nos dois turnos. À noite, os adultos, num número em torno de 120, recolhem o aprendizado de que se valerão para evoluir, vez que desejam ganhar melhor qualidade de vida, via treinamento específico. 

Há casos de ex-alunos que se transformaram em professores daquele Centro de Civismo, que agora distribuem o sucesso que alcançaram compartilhando o conhecimento adquirido. 

As dificuldades vão sendo vencidas. A prática esportiva em quadra coberta é também estimulada, dentro do “Centro Desportivo Dom Rey”, porém, um outro sonho começa a ser acalentado, com a busca do campo de futebol que, a duras penas, vai ganhando a sua conformação, com o necessário aterro, já que a área escolhida é em declive. Não tenho dúvidas de que o futebol ganhará mais uma praça para a sua prática, haja vista a vontade guerreira que está por trás daquele sonho. 

A FIERO e o SEBRAE são grandes parceiros, uma vez que no plano nacional integram o sistema “S” e fazem acontecer os cursos e os treinamentos que levam a efeito através do Sesi (Telecursos), Senai (área profissional) e IEL (estágios), com quem o Despertar vai dividindo o sucesso alcançado. Aliás, é comum os professores ligados ao SEBRAE ministrarem suas aulas nas salas do Despertar, por conta dessa parceria que concretizaram. 

Se os dias vindouros a Deus pertencem, por decisão dEle, o curso de Panificação e o Programa Atleta do Futuro já estão idealizados e programados para acontecer logo. 

Aliás, a meta é profissionalizar em um ano cerca de 1000 pessoas. Até junho/julho 240 já foram formados; 158 foram contratadas pela Camargo Correia e 120 estão sendo preparadas. Até o nosso Exército se socorre do Despertar, visando melhor preparar seus recrutas, transformando-os em técnicos especializados. No programa Soldado Cidadão são abordados temas que formulam teses que orientam os alunos na prática do civismo e do sentimento de brasilidade. Esse projeto – Soldado Cidadão– objetiva dar uma qualificação profissional aos militares das Forças Armadas, permitindo aos que serão licenciados, quando da conclusão do Serviço Militar, disputarem o mercado de trabalho em melhores condições. E o Centro Despertar valoriza essa integração com o nosso Exército. 

Há um Conselho Administrativo integrado pelos Padres e pelas Freiras, vinculados a Diocese de Guajará, que formula as diretrizes, as políticas, os objetivos e as metas dessa sociedade, porém o comando é cumprido, através do competente e abnegado Dom Geraldo Verdier. O Conselho Fiscal é exercitado também por sacerdotes e irmãs que enriquecem com o seu trabalho voluntário o Centro Despertar.
 
Quando o Ginásio de esportes foi inaugurado o então Governador José Bianco se surpreendeu com o investimento realizado; apenas R$-170.000,00. É que uma obra daquela envergadura, toda coberta, piso São Caetano, arquibancadas, no Governo, custaria 3,5 vezes mais... 

Wheller Wilcox nos legou que “Tu és o arquiteto do teu próprio destino. Trabalha, espera e ousa”. No Despertar, aquela estrutura ensina as pessoas que trabalhar enobrece, porém na cadência das aulas, que geram o aprendizado; o resto, uma dose equilibrada de audácia é o ingrediente de que o alunado precisa para vencer, desde que recolha os ensinamentos com humildade, até porque “se uma longa caminhada começa com os primeiros passos”, ali dentro, só pela iniciativa de procurarem o conhecimento, eles os jovens, homens e mulheres, já percorreram grande parte da trajetória que os levará ao sucesso. 

Fonte: Paulo Cordeiro Saldanha

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Paulo Saldanha

Crônicas Guajaramirenses: Alguém na minha lista do whatsapp

Crônicas Guajaramirenses: Alguém na minha lista do whatsapp

Embora comovido, não deletei alguns nomes queridos na lista do meu celular, lamentando a perda do meu dileto companheiro em face da viagem para o an

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES:  Se não podemos rememorar o 31 de março, que tal celebrarmos o fracasso do comunismo?

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES: Se não podemos rememorar o 31 de março, que tal celebrarmos o fracasso do comunismo?

O governo fora proibido de rememorar a data da contra revolução que libertou o Brasil do nefasto jugo do comunismo odiento e fracassado! Decisão esq

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES:  Um Religioso Trapalhão

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES: Um Religioso Trapalhão

Corria a década de 50 o catolicismo já estruturado pelas benfazejas mãos e lucidez de Dom Rey

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES - Hoje, 11 de fevereiro, me lembrei: eu tive três mães

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES - Hoje, 11 de fevereiro, me lembrei: eu tive três mães

Sou filho da Mita Saldanha, tão extremada nas preocupações e nos carinhos. E é tão eterna, que representa hoje, 57 anos depois, tantas e imensas sau