Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Montezuma Cruz

Um livro para quem não gosta de ler. E para quem gosta, também - Por Montezuma Cruz


Um livro para quem não gosta de ler. E para quem gosta, também - Por Montezuma Cruz - Gente de Opinião

MONTEZUMA CRUZ

Descontos – Nano e microcontos é o nome do livro do médico, artista virtual, jornalista e cartunista Viriato Moura. Diferente na formatação e no conteúdo saiu em 2017 pela Fontenele Publicações, de São Paulo.

“Um livro para quem não gosta de ler” – está escrito na quarta capa. É o mote para instigar o leitor.

Na orelha: “Se você é daqueles que ainda não têm a leitura como hábito, ou apenas como os que não gostam de ler textos longos, este livro pode ser do seu gosto. Mais que isso, pode representar o início de sua fascinante jornada como leitor”.

É também um livro para quem gosta de ler e se prende ao imaginário, desenvolvendo-o a cada página. Mesmo livros sem ilustrações exibem conteúdos que cativam o leitor.
Na verve de Viriato Moura, a síntese do cotidiano das pessoas traz pedaços poéticos e de crônicas. Em alguns aspectos, traduzem BOs [boletins de ocorrência] policiais, situações psicológicas, aflitivas, funéreas, alegres, todas reflexivas.

“São fragmentos literários”, ele explica. “Além da concisão, é preciso que as palavras e a pontuação sejam minuciosamente escolhidas. A essas narrativas, muito mais importante do que exprimir é sugerir”.

No que diz respeito ao jornalismo, Descontos é apreciável, porque tem a essência do moderno lead jornalístico.
Um pouco do livro:
EXECUÇÃO
De uniforme laranja, ajoelhado, rezava. Enquanto tinha cabeça.

FLAGRA
“O que está acontecendo aqui?”, perguntou-lhes o marido. Não houve sequer tempo de se cobrirem.


ÊXTASE
A língua dela era uma arma feroz. Mas em compensação...


DENÚNCIA
O armário espirrou. O marido não perdoou.


MANIFESTAÇÃO
“Que país é este?” – pergunta um manifestante. “Nenhum”, responde o outro.


LAMA
Soube que, para saber as verdades da vida, precisaria mergulhar fundo nas aparências. Só não lhe disseram que esse mergulho teria de ser num pântano de iniquidades.


NONSENSE
A testemunha ocular adentrou a sala com óculos escuros, conduzida por um guia. O juiz levantou-se e encerrou a audiência.


PÂNDEGA
O boneco de neve brincou tanto com as crianças, que se derreteu de felicidade.


CIRCO
Chorou antes e depois do espetáculo. Durante, fez rir.


FETICHE
Ao lado do jacaré havia sobras dos pés de uma mulher. Não restaram dúvidas: eram os que ele tanto amava.


FALSAS
Marcas nos pulsos como as das armas de pistoleiros. Estas, mais sinceras que as dela.


FRUSTRAÇÃO
Quando viu a mascarada, seu Carnaval pegou fogo. Quando ela tirou a máscara, ele virou cinzas. E ainda não era quarta-feira.


INSISTENTE
Viveu seu outono como se fosse primavera. As folhas que caíam de si, juntava, pintava de verde e as recolocava no lugar.


INTERESSEIRO
O gato só pulou do colo da velha quando sua cadeira de balanço parou. E as mãos que o acariciavam, também.


SELETIVO
Era atirador de elite. Mas só matava pobre.


SUSPEITO
Quando o marido lhe disse, com as mãos para trás, que tinha uma surpresa para ela, não titubeou em esfaqueá-lo. Quando ele tombou agonizante, caiu-lhe das mãos seu presente mais desejado.


BARREIRA
Antes de tudo, tinha de convencer o porteiro. O resto ele sabia fazer com maestria.


CONSUMO
Naquela casa, os cupins gostavam mais de livros que os donos.


QUESTÕES
Preferia dialogar com o silêncio, que, quase sempre, dava-lhe as melhores respostas.


MORTAS
As flores que não recebera em vida nasceram sobre sua sepultura. Mas não vingaram.


TROCO
Uma mosca no rosto do morto. Num ato reflexo, a viúva deu-lhe um tapa na cara.


BARULHO
Um tiro na boca não fora suficiente para silenciá-lo para sempre. O que dele restou encheu a cidade de notícias.

Viriato Moura, a essência do cotidiano em maravilhosos microcontos [Foto Jeferson Mota] - Gente de Opinião
Viriato Moura, a essência do cotidiano em maravilhosos microcontos [Foto Jeferson Mota]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Montezuma Cruz

Só de ouvir seu nome, os bichos já se assustam, seu Colatto

Só de ouvir seu nome, os bichos já se assustam, seu Colatto

Quem viver, verá. Já dá pra arrepiar. Ou arrepia sem dar mesmo.

Governo suspende orientação que paralisaria reforma agrária

Governo suspende orientação que paralisaria reforma agrária

BRASIL DE FATOEm mais um impasse no governo Bolsonaro (PSL), um dia após ser veiculada a notícia de que o Instituto Nacional de Colonização e Refor

Deumilivi, viterinaro: Vai, logo, minino, levá esse cachorro ao viterinaro!

Deumilivi, viterinaro: Vai, logo, minino, levá esse cachorro ao viterinaro!

Vai, logo, minino, levá esse cachorro ao viterinaro!

Tênqui, tavera indo, usotro

Tênqui, tavera indo, usotro

 Tavera indo, nera? Eu ia, ou estava indo. Não era?Tênqui virar a etiqueta para ver a validade. É preciso.Eu têo 47 castanheiras plantadas.