Porto Velho (RO) sábado, 8 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Montezuma Cruz

A cara da tragédia – Pai e filho apostam no tumulto e na provocação aos quartéis


A cara da tragédia – Pai e filho apostam no tumulto e na provocação aos quartéis - Gente de Opinião

Jair Bolsonaro reagiu como pai e não como presidente da república à afirmativa do caçula de 35 anos, o deputado federal Eduardo, que ameaçou a radicalização da esquerda, na avaliação dele, com um novo AI-5. 

Disse que o filho está sonhando. Não sonha, não: está delirando num pesadelo.

Argumentou que o AI-5 surgiu (no final de 1968) sob uma constituição completamente diferente do atual. É verdade. Mesmo a constituição talhada pelos militares em 1967, depois do golpe, era muito melhor do que a carta desnaturada pela emenda de 1969, que refletiu o criador, o monstrengo Ato Institucional de sexta-feira, dia 13 (de dezembro), data aziaga.

Se o presidente foi sincero na sua avaliação, ou precisa impor o solilóquio aos três filhos políticos ou se trata de um coro de três vozes, afinadas pelo regente, que lhes submete variações em torno do mesmo tema. Cada um canta de um jeito, mas começam com a mesma partitura e terminam de volta a ela. É a aposta no tumulto, na provocação aos quarteis, numa solução de força.

Nada sugere que haverá o gran finale que planejam.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Montezuma Cruz

Uma praça muda a vida de União Bandeirantes

Uma praça muda a vida de União Bandeirantes

Em tempos de casebres cobertos de lona e piso de chão batido, iluminação a lamparina e lampião a querosene, antigamente a população do Distrito de Uni

Ezequiele, um morto que fala

Ezequiele, um morto que fala

Entregamos um jovem e recebemos um morto, mas é um morto que fala e continua pregando através da repercussão desse fato, e temos certeza que ele está

Este Brasil

Este Brasil

A epidemia de meningite começou no Brasil, na metade dos anos 1970, por uma violenta irrupção em São Paulo. Dezenas de mortes diárias criaram um clima

O pior do pior

O pior do pior

O presidente Jair Bolsonaro tem a capacidade de surpreender negativamente mesmo aqueles que têm a pior expectativa sobre ele. O pior da véspera é supe