Porto Velho (RO) terça-feira, 31 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Lúcio Flávio Pinto

Quem paga a conta é você - Por Lúcio Flávio Pinto


Quem paga a conta é você - Por Lúcio Flávio Pinto - Gente de Opinião

LÚCIO FLÁVIO PINTO
Jornal Pessoal, Belém (PA)

Michel Temer teve que abandonar a reunião dos países dos Brics, na África do Sul, ontem.

Se seu avião não penetrasse no espaço aéreo brasileiro antes do avião que trouxe o presidente do Senado de volta ao Brasil, Eunício Oliveira, seu correligionário do MDB, não poderia mais concorrer à reeleição.
Para evitar a inelegibilidade, Eunício tem que deixar o país sempre que o presidente da república viaja para o exterior. Se assumir o cargo, mesmo temporariamente, estará inelegível.

A situação é a mesma do presidente da Câmara Federal, atualmente o segundo na linha sucessória porque o Brasil está sem vice-presidente (Temer pulou para o topo com o impeachment de Dilma Rousseff). Rodrigo Maia também vai disputar um novo mandato de deputado federal.

Segundo O Estado de S. Paulo, o tesouro nacional já gastou 250 mil reais com essas viagens contingenciais dos dois políticos, obrigados a curtas férias no exterior.

Não seria muito mais racional – além de barato – modificar a legislação, permitindo que os sucessores do presidente não perdessem a elegibilidade se assumissem interinamente a função por até cinco dias ou uma semana, sujeitando-se a punição no caso de praticarem atos de efeito diretamente eleitoral?

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lúcio Flávio Pinto

A queimada da Volks

A queimada da Volks

Belém (PA)Hoje, 35 anos depois do incêndio recorde da Volks (que nunca mais voltou a pensar em montar bois), a alteração se aproxima de 20% da superfí

O réquiem do STF

O réquiem do STF

A sessão de ontem foi uma das mais lamentáveis e tristes da história do Supremo Tribunal Federal.

Sinais de intranquilidade

Sinais de intranquilidade

Grande parte da instabilidade que o país vive atualmente decorre de iniciativas do próprio Bolsonaro e dos seus filhos

Chico Mendes: 30 anos do assassinato do líder seringueiro

Chico Mendes: 30 anos do assassinato do líder seringueiro

Chico Mendes está sendo lembrado no mundo inteiro pelos 30 anos do seu assassinato.