Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Lúcio Flávio Pinto

A tragédia na educação


 A tragédia na educação - Gente de Opinião

Centro de Florestania do Seringal São Francisco, no Rio Espalha: professor abre o ano escolar
com atraso, por causa da cheia. Drama das famílias se repete /MONTEZUMA CRUZ, 2010


LÚCIO FLÁVIO PINTO
Editor do Jornal Pessoal
Belém (PA)

 

Neste ano, pela primeira vez, o Brasil ficou fora da relação das 200 maiores universidades do mundo com a exclusão da Universidade de São Paulo, que era a única representante nacional nesse clube seleto. Os Estados Unidos continuam disparados na frente, ocupando 77 posições, mais de um terço do total (proporção de equivalência com os prêmios Nobel conquistados pelos americanos, não por acaso).
 

Mas há perspectivas de mudança. A Coréia do Sul já é considerado país de primeiro mundo em função da crescente qualidade das suas universidades, que se reflete na pujança da sua indústria de tecnologia de ponta. A China também se prepara para ocupar um lugar equivalente à sua grandeza física e humana: 350 mil jovens chineses estão matriculados em algumas das principais universidades do mundo. São pagos pelo governo do seu país, com o compromisso, que será cobrado, de retornarem ao lar e colocarem em prática o que aprenderam.
 

O Brasil caminha no sentido inverso: optou por um populismo acadêmico que pune os melhores a pretexto de corrigir graves e pungentes desigualdades, as do ensino refletindo as perversões sociais e econômicas que fazem do nosso país um dos mais injustos do planeta. O desafio existe e precisa ser enfrentado e resolvido. O que incomoda é a solução proposta.
 

Texto completo


A tragédia na educação - Gente de Opinião

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lúcio Flávio Pinto

Mineradora canadense perde outra vez

Mineradora canadense perde outra vez

A mineradora canadense Belo Sun continuará impedida legalmente de implantar uma grande mina de ouro a céu aberto na Volta Grande do Xingu, em Altamira

MEMÓRIA AMAZÔNICA - O repórter Lúcio Flávio na Terra Gavião

MEMÓRIA AMAZÔNICA - O repórter Lúcio Flávio na Terra Gavião

A foto é de 1976. Estou na aldeia dos índios gavião, na atual BR-222 (era PA-70), a 30 quilômetros de Marabá. Tinha então 26 anos e era correspondente

O general e a tortura

O general e a tortura

No dia 19 de outubro de 2011, ao tomar posse no cargo de ministro do Superior Tribunal Militar, o general de exército Luis Carlos Gomes Mattos declaro

Levar energia elétrica a Roraima ainda é um desafio

Levar energia elétrica a Roraima ainda é um desafio

A Eletronorte vai incorporar à sua concessão federal – para o fornecimento de energia em Roraima – os bens e as instalações da Interligação Elétrica B