Porto Velho (RO) terça-feira, 14 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

CONTA GOTAS 21/05/08



 
Leia depois das notinhas o comentário "Lembranças da Varig"
 

PAINEL
O Tribunal de Contas comemora em grande estilo os seus 25 anos de funcionamento, com a realização de um autêntico encontro científico sobre a Amazônia, uma discussão sobre o meio ambiente, com exposições de todos os TCs da região, mais da Europa e da Argentina. Neste sábado começam a chegar os participantes do Painel Amazônico, que vai de 26 a 28, no auditório do TCE.
 
YEDA
Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Rondônia, a escritora Yeda Borzacov apresentou ao público seu novo livro. Cumprimento a autora e peço desculpas por não ter podido comprar, haja vista estar fora do Estado.
 
EMMANUEL
Professor Emmanuel Gomes lança livro ainda neste mês de maio, voltado para concursos e vestibulares. BOm produto na praça.
 
CPMF
É até piada ouvir ou ler matéria de que o presidente Lula não quer tratar de CPMF. Claro que um grupo de políticos, para agrada-lo, já estão plantando a nova tomação de dinheiro do cidadão. Quem vai acreditar que o Lula não sabe e não quer?
 
ABANDONO
Segunda-feira o avião da Gol não pousou, de madrugada, no "Jorge Teixeira", porque faltou teto. Os passageiros, que começaram a ser atendidos 23 horas, tiveram de esperar até terça, 10h15. Sem direito a água, cafezinho, nem nada. Até o bebedouro da área dos passageiros tiraram. Danemo-nos nós. No avião da Gol, o tradicional tablete. Sem direito nem a cafezinho no vôo.
 
LEMBRANÇAS DA VARIG

 
De Brasília ao Rio de Janeiro, via Varig. Ao meu lado, uma senhora já idosa fez uma observação que mexeu com a minha cabeça: "Olha - ela disse - aqui as aeromoças sorriem". E não é que era verdade?
 
Aí comecei a viajar no tempo. Apesar dos meus 62 anos, e de ter começado a viajar de avião antes dos 16, ainda ao tempo da Cruzeiro, da Panair (que chamam "paner", mas que em Manaus é "panair" mesmo), da Real Aerovias, etc, a empresa aérea que mais lembro é justamente da Varig.
 
Na "viagem", enquanto, sempre com sorrisos nos rostos as aeromoças do vôo ao Rio de Janeiro ofereciam sucos, um lanche mesmo e cafezinho, lembrei quantas vezes a Varig entrou na minha vida.
 
Eu não sou de sentir saudade, mas, talvez por constatar o diferencial mostrado pela mulher ao meu lado, e do qual eu não havia atentado, me retornaram coisas que eu pensava nem estivessem mais na minha memória.
 
Do meu irmão mais velho, que dizia que a sigla Varig representava "Vários alemães reunidos iludindo gaúchos", uma paródia em cima da sigla da Viação Aérea Riograndense.
 
Tinha aquela mídia televisiva que vinha uma estrela circulando pelos céus, dizendo que estava "iluminando, de Norte  a Sul".
 
Em Manaus tinha o programa "Varig, a Dona da Noite", feito, se não estou enganado, pelo radialista, hoje empresário, dono da Oana Publicidade, programa que era apresentado na Rádio Difusora do Amazonas, a partir da meia-noite.
 
Ainda em Manaus o primeiro clube de handebol que dirigi, depois de parar de jogar, foi um formado por funcionários da Varig, no Sesc. E foi meu primeiro título como técnico de handebol.
 
Foi na Varig que, uma vez, tendo viajado para apitar um campoenato brasileiro de voleibol, levei um susto, quando minha mala desapareceu. Mas eles mandaram que eu fosse a uma loja e lá comprasse o material todo. (Ao contrário da TAM, que quando sumiu com a mala numa viagem ao Rio de Janeiro, levou três dias para aceitar indenizar, e queria me dar apenas 100 reais).
 
Pois é, lembrei da Varig. Dos bons tempos da Varig, e não tanto por saudosismo, mas apra fazer um comparativo do que acontece atualmente, quando o passageiro é tratado como se eles (das empresas) estivessem fazendo favor em nos conduzir.  Num tempo que não tinha ANAC, uma entidade que parece orelha de freira, dos meus tempos de garoto, que sabíamos (as orelhas) existir, mas ninguém as via.
 
Torço muito para a Varig voltat a atender Rondônia, mas com o sorriso e a cortezia que fomos tratados de Brasília ao Rio.
 
Inté outro dia, se Deus quiser!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

O DIA NA HISTÓRIA - 13 de julho – BOM DIA!  RONDÔNIA

O DIA NA HISTÓRIA - 13 de julho – BOM DIA! RONDÔNIA

1976 – Iniciada a construção da escola Vital Brasil, a primeira de Rolim de Moura, ainda na condição de subdistrito de Cacoal. Sua primeira professora

O DIA NA HISTÓRIA -12 de julho – BOM DIA! RONDÔNIA

O DIA NA HISTÓRIA -12 de julho – BOM DIA! RONDÔNIA

1928 – O governador Mário Correia da Costa, de Mato Grosso, promulga a Lei 991 criando o município de Guajará-Mirim, instalado só em 1929. Em 1972 – O

O DIA NA HISTÓRIA - 11 de julho – BOM DIA RONDÔNIA

O DIA NA HISTÓRIA - 11 de julho – BOM DIA RONDÔNIA

 Em 1931 – Pelo decreto 20.200 o governo brasileiro restabelece os serviços da EFMM e nomeia o capitão Aluízio Ferreira para ser seu administrador – o

O DIA NA HISTÓRIA - 10 de julho – BOM DIA! COMEMORA-SE

O DIA NA HISTÓRIA - 10 de julho – BOM DIA! COMEMORA-SE

Dia da Pizza no Brasil. Dia Mundial da Saúde Ocular. Dia Mundial da Lei. Dia do Católicos lembram Santo Antônio Percierskij, 110 Mártires da China, Sa