Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

CONTA-GOTAS 12/01


CIDADANIA
Um representante de etnia indígena em entrevista a uma emissora de TV
porto-velhense cobra que o Governo "tem de tratar o índio como cidadão". Eu
também concordo e, dentro do princípio constitucional do "todos são iguais
perante a Lei", que tal o Governo realmente cumprir seus compromissos com os
índios - mas também exigir deles que paguem impostos, como faz om cidadãos
como eu e outros muitos?

ESTATUTO
Se não me engano neste ano de 2007 fará 40 anos que foi assinado o Estatuto
da Terra, em vigor até agora. E era o período da "ditadutra militar".

CURSOS
A Escola do Legislativo inicia dia 15 sua programação de cursos relativos a
2007 em Porto Velho. Informações pelo telefone 3216-2849.

ESTUPIDEZ
Defendo - e já escrevi isso muitas vezes - ser necessário que haja mudança
no ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente por entender que não se
justifica o que anda acontecendo por aí. Mas prender uma criança de 4 anos
como fez um policial-militar em Minas Gerais, ah, isso já é demais.

MOVIMENTADA
A série de eventos na Casa de Cultura Ivan Marrocos é uma prova de que
quando há um espaço e gente disposta a realizar eventos a coisa pega. Falta
agora haver um trabalho de mídia do próprio Governo para divulgar o que a
administração da Ivan Marrocos está fazendo e, assim, incentivar os
promotores e fazer com que muita gente vá até lá.

ALGEMAS
Viram aquela juíza denunciada como quadrilheira e que o noticiário da TV
mostrou na noite desta quinta-feira? Pois é, presa sem algemas. Viram
aqueles vereadores presos em flagrante extorquindo um prefeito? Foram para
os carros, presos, sem qualquer constrangimento. Bem diferente daqui. Será
que aquele partido "diferente" vai usar as imagens em próxima campanha na
TV?

ESPAÇO
Naquela montanha de dinheiro que gastaram na recuperação da praça das Caixas
d´Água não lembraram que poderiam ter colocado uma área específica para as
crianças. Resultado? Além de não terem um espaço próprio elas ainda correm o
risco de serem atropeladas por grandalhões que fazem dali campo de prova de
corrida de bicicleta - e até passagem de motoqueiros.

SEGURANÇA
E as nossas fronteiras? Vão continuar abertas? Aí não adianta fazer carnaval
em cima dos problemas de segurança no Sudeste. Se não tomarem medidas reais
vai continuar tudo como antes. E nós, que não temos segurança vamos
continuar pagando a conta e lamentando os mortos.

Inté outro dia, se Deus quiser!

Lúcio Albuquerque
jotalucio@bol.com.br
nmarielle@terra.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

COISAS DE (quando eu era) CRIANÇA (I) - Lúcio Albuquerque, repórter

COISAS DE (quando eu era) CRIANÇA (I) - Lúcio Albuquerque, repórter

Naquele tempo pouca gente tinha rádio em Porto Velho - conforme contaram, e contam, moradores antigos, como dona Labibe Bartholo e seu filho Walter, o

COLCHA DE RETALHOS  QUE TAL?  - CHEQUE EM BRANCO

COLCHA DE RETALHOS QUE TAL? - CHEQUE EM BRANCO

Ação política não é só votar.

O país foi herdado de modo tão esculhambado

O país foi herdado de modo tão esculhambado

Uma evangélica assume um Ministério – pronto, o mundo desaba, ninguém considera seu currículo

FOGO AMIGO PODE PREJUDICAR, E MUITO, BOLSONARO

FOGO AMIGO PODE PREJUDICAR, E MUITO, BOLSONARO

Há algumas colunas anteriores escrevi que o então candidato Jair Bolsonaro tinha problemas muitos, e que não eram apenas os adversários. Citei que um