Porto Velho (RO) terça-feira, 23 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

CONTA-GOTAS 02/09


CABO-ELEITORAL
Depois de criticar todos seus adversários, o candidato a governador Adilson
Siqueira, do PSOL, quase ao fim de sua fala na noite de quinta-feira na Unir,
pediu voto para um deles. "Dia 1º votem no 15" - número do candidato Amir
Lando, da coligação Rondônia mais humana. Percebendo o erro, Adilson
corrigiu, alegando que o 15 era a hora da carreata que o PSOL vai organizar
no próximo dia 8, com a presença da presidenciável Heloísa Helena. Ah,
sim....

ANJOS
Toda 6ª feira a partir das 23 horas, para quem gosta de bom ambiente e
música de primeira, a pedida é ir ao Ferroviário ao baile que tem como
carro-chefe o grupo Anjos da Madrugada. Sábado passado, mais de 600 pessoas
lotaram o Ferroviário.

DATA
Pouca gente lembrou, mas o 1º de setembro é a data em que em 1939 Adolf
Hitler mandou suas tropas invadirem a Polônia, iniciando a II Guerra Mundial.
Está certo: a grande maioria da população nem era nascida, mas História deve
ser preservada.

ANALFABETOS FUNCIONAIS
Está chegando às minhas mãos uma série de frases colocadas por estudantes na
redação das provas do Enem. Lamento que, pelo visto, temos ali muitos
analfabetos funcionais, incapazes, apesar de estarem no Ensino Médio, de
entenderem o enunciado de uma redação e de a redigirem.

RESSOCIALIZAÇÃO
O candidato a governador Amir Lando lembrou aos universitários no debate na
Unir 5ª feira que o Estado precisa ressocializar não só os presos, "mas,
principalmente, aqueles que hoje estão socialmente marginalizados pela falta
de oportunidade de estudo, de trabalho e até de poder ter uma família, e que
se encontram nas periferias das nossas cidades".

RESULTADO
Segundo Amir Lando aos universitários, se não houver uma ação rápida neste
sentido, certamente se estará apenas alimentando o ciclo vicioso que leva,
principalmente jovens, para a marginalidade.

RECORDE
Com 340 alunos inscritos para nove cursos, a Escola do Legislativo bate seus
recordes de candidatos. Os cursos se iniciam a partir do dia 4
(segunda-feira) somando um total de 650 horas-aula. A Escola, criada pela
Assembléia Legislativa, completa três anos de vida no dia 23 deste mês.

CRESCENDO
Na região de Nova Mamoré e Guajará-Mirim um nome que vem crescendo e pode
surpreender na disputa pela Assembléia Legislativa é da auxiliar de
enfermagem e vereadora Ana da 8, de Nova Mamoré. E com forte repercussão
também em Porto Velho

CUSTO
Segundo Adilson Siqueira, do PSOL, o custo do preso em Rondônia fica em 1.200
reais. Interessante: ele não sabe quanto custa a violência que multiplica por
muito mais o que se gasta com os que estão presos.

SUMIDA
Cadê a Polícia? Será que houve alguma ordem superior para fazer com que o
policiamento desaparecesse das ruas de Porto Velho? Outro dia, em plena luz
do dia, uma mulher foi ferida por um desses pivetes que circulam pela cidade.
Em frente à Delegacia da Mulher, mas pelo visto os policiais não estavam. E
quando ligaram para a PM, mais de 30 minutos depois a resposta era a mesma.
"Já estão a caminho". Se fosse em São Paulo ou outra cidade grande, vá lá,
mas uma viatura levar mais de meia hora para atender uma ocorrência, aí é
demais.

Inté outro dia, se Deus quiser!

Lúcio Albuquerque
lucioreporter@yahoo.com.br


* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

1968: 25 de março começou o “ano que nunca acabou”

1968: 25 de março começou o “ano que nunca acabou”

O ano novo de 1968, data comum à maioria da Humanidade, começou, como todos os outros denominados historicamente de D.C, a 1º de janeiro. O “ano do ho

O QUE SE FALA EM SEGREDO DEVE SER COMENTADO?

O QUE SE FALA EM SEGREDO DEVE SER COMENTADO?

(Ou como distorcer, para criticar, uma resposta)

RELEITURA DA HISTÓRIA PODE DAR RAZÃO A BOLSONARO

RELEITURA DA HISTÓRIA PODE DAR RAZÃO A BOLSONARO

Que o presidente Jair Bolsonaro precisa levar uma espécie de “puxão de orelha” em relação a falas fora de tempo, ou permitir que seus filhos interfira

LAMENTO. MAS, MESMO NÃO SENDO ELEITOR DO LULA, EU CONDENO!

LAMENTO. MAS, MESMO NÃO SENDO ELEITOR DO LULA, EU CONDENO!

Não tenho, nunca tive e nem pretendo ter filiação partidária. Quem me conhece sabe que eu nunca me posicionei a favor de Lula (até quando encaro um pr