Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Luciana Oliveira

Ministério dos Direitos Humanos instala iluminação especial na semana de luta contra LGBTfobia


Ministério dos Direitos Humanos instala iluminação especial na semana de luta contra LGBTfobia - Gente de Opinião

Do MDH – O bloco A da Esplanada dos Ministério, onde fica o Ministério dos Direitos Humanos, é iluminado de um modo inédito na semana de luta contra a LGBTfobia. Desde a noite dessa segunda-feira (14), quem passa pelo local vê as cores do arco-íris dando destaque ao edifício.

O ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, frisa a importância desta semana para as pessoas LGBT. “Certos passos já foram dados, mas ainda é preciso que avancemos na luta pela garantia dos direitos humanos para todos”, afirma.

Para a diretora de Promoção dos Direitos LGBT, Marina Reidel, o ato representa um símbolo. “A visibilidade da população de LGBT é imprescindível para o avanço de políticas públicas que garantam todos os nossos direitos fundamentais”, destaca.

Nesta semana, o Ministério dos Direitos Humanos promove diversos seminários, assembleias, plenárias e painéis e atividades culturais. Para a próxima quarta-feira (16), está previsto o lançamento do Pacto Nacional de Enfrentamento à LGBTfobia. Nele, estados, Distrito Federal e o governo federal assumem o compromisso conjunto de enfrentar a violência LGBTfóbica.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Veja Mais

Mais Sobre Luciana Oliveira

Há 500 anos que “o índio é aquele que deve morrer

Há 500 anos que “o índio é aquele que deve morrer

500 anos proibidos para esses povos classificados com um genérico apelido, negadas as identidades, criminalizada a vida diferente e alternativa.500 an

Nota de Repúdio à desvalorização profissional dos interpretes de LIBRAS

Nota de Repúdio à desvalorização profissional dos interpretes de LIBRAS

A Associação de Professores, Parentes, Amigos e Interpretes dos Surdos de Rondônia – APPIS em parceria com a Associação dos Surdos de Porto Velho – AS

Há algo errado em um país que proíbe os alimentos orgânicos e libera o veneno

Há algo errado em um país que proíbe os alimentos orgânicos e libera o veneno

O que precisamos é exatamente o oposto: ter cada vez mais alimentos saudáveis, sustentáveis ambientalmente e criar uma rede de políticas públicas par

Advogada denuncia caráter policialesco de reunião do Incra com camponeses

Advogada denuncia caráter policialesco de reunião do Incra com camponeses

Teria ocorrido na mais absoluta tranquilidade a reunião entre representantes da Ouvidoria Agrária Nacional, Incra e programa Terra Legal com as lidera