Porto Velho (RO) sábado, 24 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

José Carlos Sá

Pesar - Por José Carlos Sá


Chagas Neto, mais um a nos deixar (Foto Humberto Oliveira/Fiero) - Gente de Opinião
Chagas Neto, mais um a nos deixar (Foto Humberto Oliveira/Fiero)

 Lamentando mais uma morte aqui no brog, lembro a frase dita pelo advogado Amadeu Machado ao amigo Léo Ladeia, por ocasião do velório do ex-senador Moreira Mendes: “estão atirando muito perto de nós…”

Desta vez o  pesar pelo falecimento do empresário Chagas Neto, que deu uma grande contribuição a Porto Velho, não só construído conjuntos habitacionais, como empresário; como abrindo os bairro Tancredo Neves, Juscelino Kubitschek, Ulysses Guimarães e Marcos Freire. Na época Chagas era secretário do Obras do governador Jerônimo Santana.

Como candidato e líder partidário, cheguei a redigir alguns releases  para a campanha dele, mas foi coisa esporádica.

Me lembro de duas história que me impressionaram. Acho que o ano era 1987, com a equipe da TV Cultura Madeira-Mamoré (Beto Bertagna, Chapinha e Alcivan), fizemos uma transmissão do desfile de escolas de samba de Porto Velho. Um carro alegórico da Pobres do Caiaria quebrou a peça que dava dirigibilidade e quem estava lá empurrando o carro? Chagas Neto, então presidente da agremiação, usando paletó e gravata e todo molhado de suor…

Outro causo foi nas eleições de 1990. Chagas Neto saiu candidato a senador e as pesquisas o davam como eleito. Com esta confiança, Chaguinhas pegou um voo para Fortaleza já esperando a diplomação. No dia da abertura das urnas, a sessão de apuração era no Ginásio Cláudio Coutinho, a então esposa de Chagas Neto, dona Bené Chagas, corria de mesa em mesa perguntando: “Cadê os votos do Chagas? Cadê os votos do Chagas?”. Os votos não apareceram e Odacir Soares foi reeleito senador.

Desfile das Escolas de Samba em Porto Velho – Equipe da TV MM na parte de baixo da foto (Foto Coluna Ciro Pinheiro – Alto Madeira – 8 e 9/03/1987) - Gente de Opinião
Desfile das Escolas de Samba em Porto Velho – Equipe da TV MM na parte de baixo da foto (Foto Coluna Ciro Pinheiro – Alto Madeira – 8 e 9/03/1987)

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre José Carlos Sá

Turismo ampliado

Turismo ampliado

Previsto para entrar em funcionamento no próximo dia 9, domingo, o passeio na antiga litorina da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, vai ampliar as opçõe

Um partido envelhecido precocemente

Um partido envelhecido precocemente

Uma matéria do jornalista Eduardo Militão, da sucursal de Brasília da UOL descreve o desgaste interno e externo do partido MDB

Bebendo veneno

Bebendo veneno

Ministério da Agricultura liberou mais 31 novos agrotóxicos

A tristeza da miséria humana

A tristeza da miséria humana

Efeitos deletérios da tragédia de Brumadinho