Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Frei Betto

2014 – ANO DE MUDANÇAS


 
Frei Betto

Eis um ano novo de muitas expectativas. A primeira, evitar a volta da inflação. Felizmente não há nenhum indício de que veremos o mesmo filme dos últimos meses do governo Sarney, quando a inflação chegou à casa dos 80% ao mês. O grave é que a especulação acelera, a produção e as exportações caem, o crescimento do PIB diminui, as privatizações se multiplicam, as desigualdades sociais se acentuam.

É o ano de comemoração (= fazer memória) dos 50 anos do golpe que derrubou um governo constitucionalmente eleito e instalou a ditadura militar, sem que o paradeiro dos desaparecidos políticos tenha sido esclarecido, nem punidos aqueles que torturaram, assassinaram, sequestraram em nome e sob a cobertura do Estado, em especial das Forças Armadas.

Na falta de mais pão, teremos circo: a Copa do Mundo. O Brasil entra manco, sem garra, com um time estressado pela obrigação de fazer dinheiro. Acabou o futebol arte, os efeitos de Didi, os dribles de Tostão, os avanços de Vavá, os gols de Pelé e o balé de Garrincha.

Tudo indica que a nossa seleção vai bater o ponto como boa anfitriã e sair de crista baixa, salvo um milagre, uma zebra que comprove que, em matéria de futebol, Deus também é brasileiro.

Enfim, este é o ano de passarmos o Brasil a limpo. No dia 5 de outubro, cada eleitor irá às urnas escolher 7 novos servidores públicos: 1 deputado estadual, 1 federal, 1 senador, governador e vice, Presidente e vice. Eis a chance de extirpar das Assembleias Legislativas os deputados de bicheiros e de carteis, mais interessados em multiplicar o próprio salário que servir à população carente.

Em Brasília, poderemos passar uma vassoura geral, mandando para o lixo da história deputados e senadores de muitos anos de mandato e pouco serviço, corrompidos por empreiteiras e oligopólios, sem nenhuma visão do que seja cidadania e democracia.

Dos governos estaduais os eleitores deverão aposentar as velhas raposas que sofrem de pleonexia - o apetite insaciável de poder, segundo Platão, que entendia de política e de políticos.

O quadro da sucessão presidencial ainda não está definido, mas eis a hora de evitarmos que o Brasil volte a ser colônia dos EUA, que o salário mínimo seja deteriorado e os programas sociais, que têm tirado milhões da miséria, sejam engavetados em nome da redução de gastos públicos… É melhor um governo que seja mãe dos pobres e pai dos ricos do que outro que trate os pobres como madrasta malvada e os ricos como bebês de colo, que precisam de toda atenção e cuidados.

As eleições de outubro deverão confirmar o aperfeiçoamento da democracia, a valorização da cidadania e, sobretudo, a política como resposta às urgentes demandas sociais, como melhoria da educação, da saúde e do transporte público. Um governo que ouse fazer reforma agrária, promover a desconcentração da renda e redimensionar a dívida pública. Um governo que convoque uma Constituinte Exclusiva para a reforma política e faça cessar o desmatamento da Amazônia. Um governo que abra os arquivos da ditadura em mãos das Forças Armadas e reduza a desigualdade social. Sem isso o Brasil terá como futuro imediato o aumento da violência e da miséria.

Temos tudo para fazer de 2014 um novo ano feliz para a maioria do povo brasileiro. Vai depender de nossa capacidade de mudar o que de ruim insiste em perdurar, renovar o que de antipopular teima em se repetir e apoiar o que de bom significa transformar.

_________________

Frei Betto é escritor, autor de “Calendário do Poder” (Rocco), entre outros livros.

http://www.freibetto.org/> twitter:@freibetto.

Copyright 2014 – FREI BETTO – Não é permitida a reprodução deste artigo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do autor. Se desejar divulgá-los, propomos assinar todos os artigos do escritor. Contato – MHGPAL – Agência Literária ([email protected])

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Frei Betto

Esquerda, o resgate do sonho

Esquerda, o resgate do sonho

         Pertenço à geração que teve o privilégio de fazer 20 anos nos anos 60: Revolução Cubana, Che, Beatles, Rei da Vela, manifestações estudanti

Democracia e valores evangélicos

Democracia e valores evangélicos

       No tempo de Jesus, a questão da democracia já estava posta, porém apenas em uma região distante da Palestina: a Grécia. Dominada pelo Impér

Pergunte à história

Pergunte à história

Eleitores nem sempre votam com a razão. Muitos votam com a emoção.

O cardeal eletricista

O cardeal eletricista

O cardeal polonês, de 55 anos, é o principal assessor do papa