Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Esron Penha de Menezes

PRINCÍPIOS ÉTICOS


Nunca chequei a imaginar que a falta de princípios éticos estivesse tão baixo no povo brasileiro e a falta de respeito desse a níveis tão mesquinhos.

Pois bem, chegamos a esse ponto e vamos descer ainda mais e exercer atitudes incompatíveis ao grau de civilização que eu pensei termos atingido.
 
Razão sobejas razões teve o Gen. De Gaulle em dizer que:  “o Brasil não é um país sério”. Aí está a prova.

O povo brasileiro deve sofrer mesmo, pois não se aproveitou em nada com a decisão no Colégio Eleitoral quando a frustração predominou nos políticos e todos eles se bandearam para a oposição, resultando isso que aí está: um buraco negro.
 
Descemos o último degrau da degradação, uma classe política desnorteada, uma administração corrompida ao sabor do lance mais alto, o operariado transformado em massa de manobra, uma juventude avançada sem nenhum respeito pela sociedade, uma corporação de desordeiros que esta impedindo a execução de boas ações.
 
É o caos.
 
Ainda tem gente que espera melhoras dessa falsa democracia que o PMDB implantou no país onde transformaram a figura austera do Presidente da República no Bobo da Corte para satisfação daqueles que repudiavam e repudiam o chamado arbítrio militar.
 
Havia respeito naquele tempo. Se valorizava a classe política que era patrulhada nos seus excessos. Tudo isto acabou. Uma nota de cem dólares americanos muda radicalmente um projeto. Uma pitada de cocaína transforma um comportamento.
 
Não estamos preparados para a Democracia que é um regime para pessoas de sentimentos nobres, evoluídos intelectualmente, instruídos para compreender as “benesses” que o regime lhe oferece.
 
Mas estamos longe, muito longe ainda dessa condição.
 
Precisa voltar o regime da palmatória na escola para que o povo brasileiro aprenda alguma cousa.


Fonte: Esron Penha de Menezes

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Esron Penha de Menezes

HISTORIADORES REAGEM CONTRA ABANDONO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO

HISTORIADORES REAGEM CONTRA ABANDONO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Os principais historiadores rondonienses, do porte de Francisco Mathias, Esron Menezes, Lúcio Albuquerque, Yeda Borzakov, entre tantos outros, se most

Nota de Agradecimento

  Neste momento de consternação total pela brutalidade que foi ceifada a vida de meu saudoso tio Esron de Menezes Neto, em nome da família Menezes que

NOTA: ESRON DE MENEZES NETO

ESRON DE MENEZES NETO             A morte em si de qualquer pessoa nos oprime porque somos do gênero da espécie humana, mas a morte com a brutalidade

PROJETO DA FUNDAÇÃO

PROJETO DA FUNDAÇÃO

Quando falam em acontecimento de épocas passadas, lembram-se de mim, como se eu fosse "o último varão sobre a terra". Mas não sou só eu daquela época: