Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Abnael Machado

Primeiro Superintendente do Município de Porto Velho


Criado o município ( em 02 de outubro de 1914) foi nomeado pelo governador, do estado do Amazonas Dr. Jonathas de Freitas Pedrosa, para administrá-lo o major reformado do exército, Fernando de Souza Guapindaí Brejense, na condição de Superintendente ( período 24 de janeiro de 1915 a 31 de dezembro de 1916). Seu período de governo foi tumultuado pelas desavenças com superintendente da Madeira-Mamoré, o qual até então se julgava dententor absoluto do poder sendo suas ordem lei, extrapolando de suas atribuições criando e cobrando impostos, loteando e distribuindo terras e cometendo outros abusos, os quais Guapindaía coibiu fazendo prevalecer o direito das leis e as prerrogativas do município. Medidas que lhe custaram a suspensão de passe grátis nos trens e o despejo da sede da superintendência e de sua residência pessoal, das casas da empresa, que ocupavam. Guapindais não cedeu as pressões, continuou a por em prática as medidas saneadoras necessárias à prevalência da lei. Expediu decretos regulamentando o código de postura: proibiu a empresa Madeira-Mamoré cobrar impostos inclusive o de embarque: a lotear e distribuir terrenos; de extrair madeira para dormente e para lenha combustível das locomotivas  e outros equipamentos na floresta dentro dos limites do município. Mesmo enfrentando permanente confronto com os poderosos chefões da Madeira-Mamoré, para fazer valer sua autoridade, conseguiu dá início a estrutura urbana abrindo ruas, ordenando o alinhamento das casas, construção do mercado municipal, construção do cemitério dos Inocentes (9.900 m²), construção da cadeia pública, construções de pontes, sobre igarapés ligando ruas e a instalações e funcionamento da primeira escola pública a “Escola Mista Municipal”, tendo como professora a sua filha Tenelinda Guapindáia.

Presidiu a primeira eleição municipal em Porto Velho (1919), sendo eleito o médico Joaquim Augusto Tanajura com mandato de 3 anos (1917 a 1919), dando-lhe posse um 01 de janeiro de 1917.

ABNAEL MACHADO LIMA
Prof.° de História da Amazônia da Universidade Federal do Pará.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Abnael Machado

A PRAÇA DAS TRÊS CAIXAS  DÁGUAS - Por Abnael Machado

A PRAÇA DAS TRÊS CAIXAS DÁGUAS - Por Abnael Machado

  No projeto urbanístico da cidade de Porto Velho, planejado pelo prefeito FRANCISCO LOPES PAIVA, gestor no período de 1979/1980, nomeado pelo Governa

YARAS DO RIO MADEIRA - Por Abnael Machado

YARAS DO RIO MADEIRA - Por Abnael Machado

 A Yara e a Sereia possuidoras de idênticas magias, encantos, poderes e seduções, fisicamente são totalmente diferentes. A sereia é mulher da cintura

EXCURSÃO NO RIO CANDEÍAS - Por Abnael Machado

EXCURSÃO NO RIO CANDEÍAS - Por Abnael Machado

Eu e meus companheiros docentes do Colégio Mal. Castelo Branco, projetamos realizamos uma excursão no Rio Candeias, no trecho compreendido entre a BR

INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CARMELA DUTRA - Por Abnael Machado

INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CARMELA DUTRA - Por Abnael Machado

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});   Em sessão solene realizada no dia 14 de dezembro, do corrente ano em curso, seus gestores Vera Lú