Porto Velho (RO) domingo, 8 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Abnael Machado

A Academia Guajaramirense de Letras festejou em noite de Gala, os seus quatro anos de fundação


 
Em sessão Solene presidida pelo acadêmico Paulo Cordeiro Saldanha realizado no dia 14 de setembro do ano em curso, na Câmara Municipal, a Academia Guajaramirense comemorou os quatro da sua fundação.

Prestigiaram o ato cívico cultural com suas presenças, autoridades Civis, Militares e Eclesiásticas, os literarios de Guayaramirim, Riberalta e da Academia de Letras de Rondônia, professores,  estudantes, empresários e os membros dos demais seguimentos sociais.

A Academia outorgou a sua maior comenda, a Medalha do Mérito Acadêmico Magistrado José de Melo e Silva, a quatro personalidades em reconhecimento ás suas relevantes contribuições cívicas e dedicado trabalho em prol da construção social, cultural, política e econômica do Estado de Rondônia. Sendo estes os distinguidos:

 

Professor Doutora: ALITE ALBERTO MATTA MORHY
Doutor: LAURO MORHY
Professora: FORIZA NICOLAU BOUEZ (em memória);
Empresário: JORGE VASSILAK (em memória);

 

Nós do Jornal Alto do Madeira, participes do júbilo da Academia por seus profícuos quatro anos de funcionamento, transcrevemos para o registro presente e a memória da posteridade, o pronunciamento do seu presidente Paulo Cordeiro Saldanha.


DISCURSO

Acadêmicos da Academia Guajaramirense de Letras
Literatos visitantes/Dignidades literárias que nos honram com suas presenças
Digníssima Senhora Linda Zeed, vice-prefeito do Município
Autoridades presentes
Meus senhores, minhas senhoras

 

No dia 12 de setembro de 2009, neste mesmo local, a sociedade guajaramirense assistiu a instalação de nossa Academia um sonho sonhado com outras pessoas, que se transformaram em fundadores desta sociedade literária.

Quatro anos se passaram e a AGL já se expressa como integrante dessa briosa sociedade que a viu engatinhar, dar seus primeiros passos e caminhar rumo ao futuro, ajudando na sua construção.

Neste evento quatro personalidades serão homenageadas. É o reconhecimento por suas ações cívicas, tão intensas quanto socialmente tão marcantes.

Mas também desejamos nos fixar na data de 13 de setembro como símbolo de um início venturoso que culminou com a criação do Território Federal do Guaporé, uma iniciativa genuinamente guajaramirense como idéia que gerou duas vidas: a do próprio Território em cujo ventre outra vida o secundou pela criação e instalação do Estado de Rondônia.

Para manter o nosso reconhecimento ao legado deixado pelos homens da terra que, em 1937, lutaram como se estivessem numa trincheira e obtiveram a vitória em 1943 mediante a edição do Decreto-Lei 5812. Para enaltecer e demonstrar a nossa gratidão peço permissão ao decano da Academia de Letras de Rondônia, emérito escritor e historiador Abnael Machado de Lima para ler em seguida o seu tão bem delineado artigo “13 DE SETEMBRO DE 1943 SIGNIFICATIVA DATA HISTÓRICA A SER PRESERVADA”, publicado no Jornal “ALTO MADEIRA” e no site Gente de Opinião, ambos sediados na capital do Estado.

Finalmente, desejo, em nome da nossa Academia, agradecer a presença de todos, no instante em que os saúdo com o abraço mais apertado, sincero e emocionado, gesto esse que se confunde com o afeto verdadeiro que se refere comovido ao próprio irmão.

MUITO OBRIGADO!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Abnael Machado

A PRAÇA DAS TRÊS CAIXAS  DÁGUAS - Por Abnael Machado

A PRAÇA DAS TRÊS CAIXAS DÁGUAS - Por Abnael Machado

  No projeto urbanístico da cidade de Porto Velho, planejado pelo prefeito FRANCISCO LOPES PAIVA, gestor no período de 1979/1980, nomeado pelo Governa

YARAS DO RIO MADEIRA - Por Abnael Machado

YARAS DO RIO MADEIRA - Por Abnael Machado

 A Yara e a Sereia possuidoras de idênticas magias, encantos, poderes e seduções, fisicamente são totalmente diferentes. A sereia é mulher da cintura

EXCURSÃO NO RIO CANDEÍAS - Por Abnael Machado

EXCURSÃO NO RIO CANDEÍAS - Por Abnael Machado

Eu e meus companheiros docentes do Colégio Mal. Castelo Branco, projetamos realizamos uma excursão no Rio Candeias, no trecho compreendido entre a BR

INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CARMELA DUTRA - Por Abnael Machado

INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CARMELA DUTRA - Por Abnael Machado

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});   Em sessão solene realizada no dia 14 de dezembro, do corrente ano em curso, seus gestores Vera Lú