Porto Velho (RO) quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Agricultura

Agricultores de Alta Floresta participam de capacitação oferecida pela Semagri de Rolim sobre Cacau


Agricultores de Alta Floresta participam de capacitação oferecida pela Semagri de Rolim sobre Cacau  - Gente de Opinião

Agricultores de Alta Floresta do Oeste (RO) visitaram a Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri) de Rolim de Moura (RO) para participarem de uma palestra com o engenheiro agrônomo Josia Ludtke que ministrou uma palestra técnica sobre cacau, na manhã desta quarta-feira, (13/11). Estiveram presentes os secretários de agricultura de Rolim de Moura e Alta Floresta, Dionísio Pereira Braga e Giovan Damo, respectivamente. Além do vereador Uender Nogueira e o vice-prefeito de Rolim de Moura, Fabrício Melo que deu as boas-vindas aos produtores de Alta Floresta e destacou a importância da diversificação na agricultura e a importância do cultivo do cacau.  O Agente de atividade agropecuária, Hercílio de Araújo Ferreira Filho, destacou que o cacau é uma planta originária da Amazônia, portanto não precisa de adaptação. Explicou que o primeiro passo para o cultivo do cacau, é convidar um técnico do setor para a escolha da área a ser plantado o cacau e animou os agricultores ao informar que o mundo precisa de cacau como matéria prima e hoje está em falta.

O titular da Agricultura de Alta Floresta, Giovan Damo, afirmou que considera importante o intercambio entre os dois municípios. “Quero agradecer ao município de Rolim de Moura, que nos abriu as portas para conhecimento nessa área, viemos aqui para aprender e vamos onde é referência. Em 2012 fomos no Espirito Santo buscar informações sobre café, e hoje aqui na cidade vizinha sobre cacau hibrido e cacau clonal” destacou o secretário.

Durante a palestra Ludtke, apresentou dados do cenário rondoniense e informações importantes sobre gestão Produção (produção x tecnologia) financeira (receita x despesas x custo), Mecanização; irrigação, Planejamento. Explicou sobre as principais causas da baixa produtividade, como: baixa densidade dos plantios, excesso de sombra, plantas malformadas e velhas, falta de adubação, incidência de pragas (insetos e fungos) insuficiência nos serviços de assistência. Informou sobre as Tecnologias para o sistema de produção do cultivo do cacaueiro, as principais variedades, preparo das mudas, clones, enxertia e mudas seminais. Frisou as formas preparo inicial calagem e adubação de base. Dentre outros temas destacou importância socioambiental da lavoura, contribuição ao processo de permanência do homem à terra com qualidade de vida, atributos de sustentabilidade da floresta heterogênea quanto à proteção dos solos tropicais, reciclagem de nutrientes, elevada riqueza arbórea e potencial estoque de madeira, possibilidade de aproveitamento de áreas antropizadas, mercado potencial de carbono e de serviços ambientais.

 

Após a palestra os produtores se deslocaram até a propriedade do senhor Celso klippel na 184 Sul km 15, que está em fase formação da lavoura da cultura cacaueira. 

Mais Sobre Agricultura

Vilhena e Porto Velho recebem Dia de Campo de Soja da Embrapa em fevereiro e março

Vilhena e Porto Velho recebem Dia de Campo de Soja da Embrapa em fevereiro e março

Os Dias de Campo de Soja 2020 da Embrapa e parceiros em Rondônia serão realizados sempre com início às 8h30. No dia 20/2 será em Vilhena, no Campo Exp

Rondônia: Robustas Amazônicos são matéria-prima para produtos de beleza

Rondônia: Robustas Amazônicos são matéria-prima para produtos de beleza

Na tarde desta terça-feira, 11, foi realizado o Encontro Sabor e Beleza, com a apresentação de cosméticos naturais que têm como base cafés Robustas Am

Com foco na tela Campestre, Belgo Arames participa do Dia de Campo Senar Mais Carne (GO)

Com foco na tela Campestre, Belgo Arames participa do Dia de Campo Senar Mais Carne (GO)

A Belgo Arames participa no dia 1º de fevereiro, a partir das 8h, do Dia de Campo Senar Mais Carne, no Sítio Terra Nova, em Trindade (GO). A empresa d

Exposição de produtos da agricultura familiar ganha calendário fixo no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho

Exposição de produtos da agricultura familiar ganha calendário fixo no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho

Para dar maior visibilidade e movimentar a economia da agricultura familiar, o governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultur