Porto Velho (RO) sábado, 28 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Sergio Pires

Está nas mãos de três mulheres de quem disputará a Prefeitura de Porto Velho com chances reais + Cartel de comida, gasolina e gás lá em cima


Está nas mãos de três mulheres de quem disputará a Prefeitura de Porto Velho com chances reais + Cartel de comida, gasolina e gás lá em cima - Gente de Opinião

ESTÁ NAS MÃOS DE TRÊS MULHERES SE LÉO MORAES E HILDON CHAVES DISPUTAM A PREFEITURA EM NOVEMBRO

A reta final para a decisão sobre quem disputará a Prefeitura de Porto Velho, com chances reais, está parecendo novela mexicana. Cada dia, um capítulo diferente. Cada dia, a possibilidade de uma surpresa! Depois que se retomaram as conversações em que Hildon Chaves, que agora pode voltar atrás e anunciar sua busca por um segundo mandato, começa a surgir a hipótese de que o deputado federal Léo Moraes reveja sua decisão também já tomada de não concorrer a Prefeito e anuncie que irá sim, para a batalha. Ou seja, tudo o que estava desenhado pode acabar não se confirmando e, no final, os dois nomes mais fortes acabem mudando tudo. Dessa vez, as mulheres vão decidir. No caso de Hildon, ele só topa rever sua decisão se tiver o aval da sua esposa, a primeira dama Ieda Chaves. Pessoas próximas ao casal acham que será muito difícil convencer dona Ieda, de que o marido deva se manter na política municipal, embora ela não discorde de que ele volta às urnas daqui a dois anos, segundo se ouve nos bastidores. Já no caso de Léo Moraes, serão dois votos decisivos. Um deles, da ex vereadora, presidente da Câmara e viúva do saudoso deputado estadual Paulo Moraes, mãe de Léo, Sandra Moraes. O outro voto familiar, virá de dona Érika Patrícia, esposa do parlamentar. Nesta semana decisiva, Léo terá uma conversa com ambas e, só depois de ouvir os conselhos experientes da mãe e amorosos da esposa, é que dirá se abre mão de um mandato consolidado na Câmara Federal, para voltar a se envolver na política local. Ele tem importantes aliadas, nessa questão: praticamente todas as pesquisas, tanto as internas como as registrados no TRE, o colocam num segundo turno.  Claro que é outra eleição, outro momento, outra história. Mas se as coisas caminhassem dentro da normalidade, haveria chances reais, nessa elucubração, de que se repetisse a disputa entre ele e Hildon Chaves, no segundo turno.

Não se pode ignorar, contudo, o quadro já posto. Se Hildon voltar atrás e for candidato, dois dos seus principais aliados (Lindomar Garçon e Thiago Tezzari) manteriam suas candidaturas, já lançadas e públicas? Se Hildon e Léo entrassem na disputa, todos os demais quase 20 candidatos continuariam na luta, mesmo sabendo que suas chances diminuiriam sensivelmente? A questão é simples e se sabe dela há meses: a eleição é uma com Hildon e Léo e é outra sem os dois. Além de Garçon, há nomes bastante fortes na disputa, como Williames Pimentel, do poderoso MDB; Vinicius Miguel, que fez mais de 100 mil votos na Capital, quando disputou o Governo e a vereadora Cristiane Lopes, um nome em ascensão na política. Há ainda pelo mais uma meia dúzia de candidaturas viáveis, porque, é certo, todos os demais têm chances pífias de vencer a eleição. O que se sabe até agora é que há um grande imbróglio na disputa pela Prefeitura da maior cidade do Estado. E ele passa pelas (in)decisões de Hildon Chaves e Léo Moraes. O que mais se pode fazer, senão esperar que ambos, enfim, digam o que querem?

 

 

CONVENÇÕES SÓ NA 25ª HORA

 

Em função de um esperar pela decisão do outro, vai acabar marcando as convenções dos dois partidos para a 25ª hora. Ou seja, PSDB e Podemos só vão definir seus candidatos na última hora e entregar a relação dos candidatos no prazo final: 26 deste mês. Por enquanto, não há definição de datas, em função das dúvidas que um dos candidatos tem em relação ao outro. As convenções do PRB – agora Republicanos – e do PSD também não foram anunciadas até agora. Essas duas siglas também estão esperando as decisões definitivas de Léo e Hildon, para então se definirem. Já o Solidariedade, presidido pelo ex governador Daniel Pereira, confirma o nome do Coronel Ronaldo para a corrida municipal em Porto Velho, no próximo dia 16, quarta-feira da semana que vem. Outros partidos já definiram as datas de suas convenções, mas os que têm até agora os dois principais nomes (PSDB e Podemos), nada agendaram. Estão aguardando um ao outro, antes de se definir. O Cidadania de Vinicius Miguel faz convenção nesta quarta, dia 9 e o Avante, de Breno Mendes, será nesta terça. Em ambos, os convencionais participarão on line. 

 

 

HÉVERTON AGUIAR CORRE RISCO E PRECISA DE APOIO

 

Até a noite desta segunda-feira, lamentavelmente, as notícias sobre o estado de saúde do promotor Héverton Aguiar eram extremamente negativas. Com quase 80 por cento dos seus pulmões afetados pela forma mais agressiva do coronavírus, ele precisava ser transferido para São Paulo, em busca de um quase milagre. Como os custos são imensos, familiares e amigos estão pedindo apoio, que certamente não fará a esse homem público a quem Rondônia tanto deve. Nome reconhecido nacionalmente por suas ações no combate à corrupção, Héverton hoje comanda a Procuradoria do MP que tem realizado um grande trabalho contra a violência à mulher. O promotor começou a sentir os primeiros sintomas da doença e, pouco tempo depois, precisou ser internado. Chegou a ter seu quadro estabilizado, mas piorou bastante entre o sábado e o domingo. Para contribuir com as enormes despesas de uma transferência para hospital em São Paulo, as doações podem serem feitas no Sicoob (Banco 756); agência 3306; conta corrente 60.885-8; CNPJ 04.564.522/001-77 . A hora é de todos os que sempre acompanharam e admiram o trabalho de Heverton Aguiar, participarem desse mutirão, pela volta dele, são e salvo, o mais breve possível.

 

 

NOS 200 ANOS DA INDEPENDÊNCIA, ESTAREMOS MELHORES!

 

Os 198 anos da Independência, sem desfiles e sem grandes festas, por causa do coronavírus, marcou um 7 de setembro diferente. Os desfiles militares e as crianças nas ruas, desfilando em homenagem à Pátria, ficaram apenas na memória. Todo o país – assim como o mundo – vive um dos períodos mais tristes, excetuando-se talvez a crise da gripe espanhola e as duas guerras mundiais. O Dia da Pátria, contudo, não passou em branco. Mesmo com todos nossos problemas, com tanta distância entre os brasileiros pobres e as castas dos ricos; com corruptos ainda comandando setores importantes da Nação; com tantas coisas negativas, ainda somos o melhor país do mundo, com o melhor povo do mundo e com um futuro muito primoroso pela frente.  Precisamos de governantes decentes, de um Congresso decente e o resto conquistaremos com nosso trabalho, nosso esforço e nosso amor pelo Brasil. Em 2022 vamos comemorar os 200 anos da Independência e, tomara, estejamos melhores do que estamos hoje. E que esse vírus mortal, até lá, seja apenas um pesadelo que já acabou...


 

CARTEL, COMIDA E GÁS LÁ EM CIMA: CONTINUA A EXLORAÇÃO

 

Gasolina com preço lá em cima e quase todos os postos com preço muito parecido. Cara de cartel, que precisa ser imediatamente ser investigado pelos órgãos de fiscalização. Em  mais de 15 postos visitados, a média do litro do combustível ficou entre 4,37 e 4,39 reais. Parece cartel. Tem cara de cartel. Não é cartel? Os consumidores já estão sendo explorados nos supermercados, onde um quilo de arroz chega a mais de até 7 reais e um quilo de carne, com alguma qualidade, na faixa dos 25 a 30 reais. Um litro de leite já está em 5 reais e 50 centavos. Estamos pagando uma botija de gás na faixa dos 85 reais, o que parece inacreditável. Afinal de contas, o que está acontecendo com nosso país? Onde vamos parar, com esses abusos descontrolados? Em todos os recantos desse Brasil, muitos empresários que discursam em defesa da Pátria; que querem um novo Brasil, que vociferam contra os que trabalhando nas entranhas do poder para atrapalhar nosso crescimento; que berram contra a corrupção e juram querer um País diferente, estão mesmo é demonstrando toda a sua ganância, mesmo em tempos de pandemia. Um momento em que todos poderiam dar sua cota de sacrifício, fornecedores e comerciantes, não todos, claro, mas muitos deles, estão dando o péssimo exemplo que dizem combater. Mateus, Mateus, primeiro os meus! Lamentável!

 

 

PSL OFICIALIZA EYDER E PROS DEIXA CONVENÇÃO ABERTA

O PSL foi o primeiro entre os partidos de ponta (e o é, em nível nacional, tanto que conta com a maior fatia das verbas do fundo eleitoral) a oficializar seu candidato à Prefeitura de Porto Velho. O deputado estadual Eyder Brasil liderou a chapa única  e foi confirmado , por unanimidade, como o representante da sigla para a disputa. A convenção teve pequena participação presencial, para manter a segurança contra o coronavírus, mas teve boa participação dos convencionais, que acompanharam tudo via videoconferência. O deputado federal Coronel Chrisóstomo, que chegou a ser aventado como outro provável nome que o partido poderia considerar, não se apresentou como pré candidato e, na convenção, elogiou seu partido e disse que o PSL vai trabalhar em todos as áreas da Capital, na luta por melhorias para a população. O partido lançou ainda 23 candidatos à Câmara Municipal, incluindo sete mulheres. Eyder fez um discurso em defesa “da liberdade para nossa população”, ligando o evento ao Dia da Independência e afirmou que está na hora de um porto velhense da gema, ele, obviamente, assumir o comando da sua cidade. O vice ainda não foi escolhido, porque o PSL ainda busca alianças. Os nomes do candidato escolhido para a disputa e dos que disputarão a vereança, têm que ser enviados à Justiça Eleitoral até dia 26 próximo. Já O PROS também fez sua convenção nesta segunda, mas a deixou em aberto para futuras composições, até o próximo dia 12. O nome do deputado Anderson Pereira foi confirmado para disputar a Prefeitura de Porto Velho. O partido lançou 29 candidatos à Câmara Municipal.

 

NO ESTADO, DOENÇA MATOU 39 PESSOAS EM OITO DIAS

 

Aqui em Rondônia, em relação à Covid 19, não temos nada a comemorar. A doença continua atingindo milhares de rondonienses e causando muitas mortes, embora na Capital esses números negativos estejam arrefecendo. Só para se ter ideia, em uma semana (da segunda-feira passada, dia 31, até essa segunda, dia 7), tivemos nada menos do que 39 mortes. Tínhamos o registro de 1.148 óbitos no último dia de agosto e hoje temos nada menos do que 1.187. Cresceram muito também os infectados pelo vírus: eram 55.153 naquele dia e agora já são 58.237 ou seja, mais 3.084 atingidos pela Covid, em uma semana. Melhoraram apenas os números relativos ao total de internados (eram 380 e agora são 317) e o de recuperados. Na segunda passada, 46.135 rondonienses já tinham sobrevivido ao vírus. Agora, segundo o boletim oficial desta segunda, já são 49.385 os recuperados. Continuamos campeões nacionais em testes realizados, proporcionalmente à população. Eram 167.237 há oito dias e agora são 176.175. Se dividirmos o total de teste por uma população de 1 milhão e 700 mil habitantes, veremos que quase um a cada nove rondonienses já foram testados.

 

 

PRAIAS SUPERLOTADAS E MULTIDÕES AGLOMERADAS

 

Quem vê as imagens e as fotos, quase não acredita! Parece que não está acontecendo nada...Em algumas cidades brasileiras, principalmente no litoral, o coronavírus foi ignorado, a pandemia, ao que parece, não é mortal e o negócio é cair na farra, regada a muita bebida alcoólica e festa. Não parece que o Brasil é o terceiro país do mundo em número de mortos pela doença. Estamos superando os 127 mil brasileiros que perderam a vida. É como se tivesse sumido deste mundo toda a população de Ji-Paraná, por exemplo e mais alguns milhares de moradores de alguns pequenos municípios rondonienses. A doença ainda se espalha, interna em hospitais, lota UTIs e acaba com a vida de gente de todas as idades, mas principalmente os mais velhos. Mas, nas praias cariocas superlotadas; nas do litoral paulista; no nordeste, as multidões se amontoam. Em Rondônia, continuam as Coronafest; a invasão dos banhos; os bares lotados. Todos ignorando os avisos desesperados das autoridades. Infelizmente, essa irresponsabilidade coletiva vai custar ainda milhares e milhares de vidas...

 

 

PERGUNTINHA

 

Você acredita que daqui a dois anos, nos 200 anos da nossa Independência, nossos jovens, nosso povo e nosso Brasil estarão melhores ou piores do que estamos hoje?

 

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sergio Pires

Estrada do Belmont está quase toda asfaltada + Allamanda faz nota contra fake news + Duro combate à invasores e ladrões de madeira

Estrada do Belmont está quase toda asfaltada + Allamanda faz nota contra fake news + Duro combate à invasores e ladrões de madeira

DEPOIS DE 30 ANOS, FINALMENTE A PROMESSA CUMPRIDA: ESTRADA DO BELMONT ESTÁ QUASE TODA ASFALTADA Foram pelo menos 30 anos. Talvez até um pouco mais.

Fecharam-se as urnas? + Pelo menos cinco nomes já sonham  + Fakes e ataques a Vinicius: justiça descobre a fonte

Fecharam-se as urnas? + Pelo menos cinco nomes já sonham + Fakes e ataques a Vinicius: justiça descobre a fonte

FECHARAM-SE AS URNAS? NADA DISSO, PORQUE NA SEMANA QUE VEM, COMEÇA UMA NOVA CAMPANHA DE DOIS ANOS Talvez não comece já na segunda, nem na terça. Mas

Hildon mantém grande vantagem sobre Cristiane + A vacina ainda não chegou e as multidões estão nas ruas

Hildon mantém grande vantagem sobre Cristiane + A vacina ainda não chegou e as multidões estão nas ruas

HILDON MANTÉM GRANDE VANTAGEM SOBRE CRISTIANE, MAS ENFRENTARÁ AINDA DOIS DEBATES: ANTES DA ELEIÇÃOOs debates podem mudar uma eleição? Já mudaram em d

As urnas eletrônicas não são totalmente seguras? + Um debate quente na SIC TV + Era só maldade! Bolsonaro confirmou Marcele

As urnas eletrônicas não são totalmente seguras? + Um debate quente na SIC TV + Era só maldade! Bolsonaro confirmou Marcele

ATÉ QUANDO VAMOS VIVER SOB A SUSPEITA DE QUE AS URNAS ELETRÔNICAS NÃO SÃO TOTALMENTE SEGURAS? Há mais de duas décadas, exatamente há 24 anos, na elei