Porto Velho (RO) sexta-feira, 5 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Energia

Energisa investe mais de R$ 21,8 milhões e deixa cidades mais iluminadas no interior de Rondônia

Concessionária substitui lâmpadas comuns por LED’s, o que também resulta em economia aos municípios; 16 cidades foram beneficiadas pelo projeto de eficiência energética da Energisa


Energisa investe mais de R$ 21,8 milhões e deixa cidades mais iluminadas no interior de Rondônia - Gente de Opinião

Em apenas seis meses, por meio do projeto de Eficiência Energética, a Energisa investiu mais de R$ 21,8 milhões, em 16 municípios de Rondônia, promovendo economia nos gastos com a iluminação pública e garantindo cidades mais bem iluminadas no interior do estado. Os investimentos foram feitos por meio de chamada pública realizada em junho do ano passado.

“Em 2019, foram realizadas três chamadas públicas. Foram aprovados 16 projetos orçados em R$ 21.811.874,63. Para 2021, pretendemos investir mais R$ 22 milhões. A chamada pública para os próximos projetos deve ser lançada entre junho e julho deste ano”, explicou Talis Henrique Alcântara Sousa, coordenador de eficiência energética.

Segundo ele, o objetivo é deixar as cidades mais iluminadas, com menos gastos no consumo de energia e com maior sensação de segurança à comunidade. “Essa é a meta da Energisa Rondônia que, desde o ano passado, tem feito parcerias com várias prefeituras para substituição de luminárias comuns e menos eficiente por lâmpadas de LED, que, além de maior economicidade no consumo de energia, tem um tempo de vida útil superior às lâmpadas comuns”, destacou Talis Henrique.

Sobre o processo para adesão ao projeto de eficiência energética, o coordenador explica que as empresas que desenvolvem o trabalho buscaram as prefeituras e, em parceria com os municípios, lançaram projetos para avaliação da Energisa. “A concessionária atende os projetos que tem maior redução de energia, que aumenta o benefício à população. Através dessas avaliações, conseguimos definir os projetos que são aprovados”, destacou Talis Henrique.

Existem processos que ainda estão em andamento, mas a maioria foi encerrada ainda no ano passado. “Os que estão em andamento devem ser finalizados até abril deste ano”, acentuou. “Todas as luminárias trocadas têm um bom tempo de garantia e uma vida útil de até 15 anos”, completou.

Sobre o trabalho de substituição de lâmpadas, Talis Henrique diz que, durante e ao final das atividades, os moradores de todas as cidades são avisados sobre os benefícios resultantes do projeto. “Também será dada orientação à população sobre os benefícios da eficiência energética, para que cada pessoa possa, em sua casa, aplicar medidas que resultem em economia, no uso consciente da energia elétrica”, afirmou. “A divulgação dos benefícios está sendo feita através de panfletos que são entregues junto com a fatura”.

RESULTADO

Os benefícios aos municípios contemplados com o projeto são inegáveis, prova disso são os elogios recorrentes dos gestores públicos que vêm na medida uma oportunidade de ter uma verba a mais para novos investimentos sem perda na qualidade da iluminação pública. “A cidade ficou ainda mais bonita, toda iluminada e sem custo a mais aos cofres públicos”, avaliou o secretário de administração e fazenda de Nova Brasilândia, Eduardo José da Silva. “Aqui o serviço já foi finalizado e a população aprovou”.

Jean Almeida, secretário de planejamento de Buritis, outra cidade beneficiada pelo projeto, também teceu elogios ao projeto e informou que, com a economia esperada, vai investir na padronização da iluminação. “Foi uma tratativa muito rápida. As quatro principais avenidas e as praças estão totalmente iluminadas. O povo se sente mais seguro ao transitar a noite. Outra vantagem é a economia, o dinheiro poupado será investido na padronização da iluminação que será feita nas demais regiões da cidade”, enfatizou.

O secretário de administração de Alvorada do Oeste, Cássio Pereira, também espera bons resultados da iniciativa. “Aqui o projeto ainda está em execução, mas já estamos bem contentes. Com vista na sensação de segurança, priorizamos três principais avenidas e as áreas escolares e de hospitais”.

Mais Sobre Energia

Senado aprova proibição de corte de luz em véspera de fins de semana

Senado aprova proibição de corte de luz em véspera de fins de semana

O Senado aprovou, nesta segunda-feira (25), um projeto de lei (PL) que proíbe o corte de luz por falta de pagamento em vésperas do fim de semana. De a

Deputado Alex Redano critica projeto que prevê desconto bilionário para a Energisa

Deputado Alex Redano critica projeto que prevê desconto bilionário para a Energisa

O deputado Alex Redano (Republicanos) usou a tribuna na sessão desta quarta-feira (29) para manifestar a sua rejeição à aprovação do projeto de lei, d

Aneel vai propor uso de fundos de R$ 23 bi para mitigar impacto de empréstimo nas contas de luz

Aneel vai propor uso de fundos de R$ 23 bi para mitigar impacto de empréstimo nas contas de luz

Para além dos empréstimos bilionários que tem um potencial de gerar novos tarifaços, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai propor o u