Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Silvio Santos

Colaborador do Gentedeopinião, ZEKATRACA é titular da coluna Lenha na Fogueira no jornal Diário da Amazônia. E-mail: zekatracasantos@gmail.com - Informo aos colegas dos grupos folclóricos que se quiserem que divulguemos seus eventos, é só enviar a programação via e-mail zekatraca@diariodaamazonia.com.br ou pelo ZAP ZAP 9302-1960.

LIVRO Às margens do Ipiranga – A desigualdade histórica brasileira

12/10/2017 - [05:16] - Cultura


 

LIVRO

Às margens do Ipiranga – A desigualdade histórica brasileira
 

A narrativa se passa na cidade de São Paulo, conhecida e propagada como a terra das oportunidades e cidade que mais cresce no mundo. De forma cronológica e nada abstrata, conta histórias de famílias muito carentes economicamente, que buscam sobreviver em uma sociedade desigual e repleta de obstáculos sociais, éticos e morais.

Às Margens do Ipiranga – esperança em sobreviver numa sociedade desigual remonta, a partir de recursos literários, e baseado em fatos reais, os cenários políticos das últimas seis décadas que vão desde a posse de Getúlio Vargas, a chegada do regime militar, o impeachment de Collor, e a passagem de Luiz Inácio Lula da Silva pela presidência do país. Sempre com um viés crítico, escancara as mazelas vividas pela população e a ausência de condições mínimas para o desenvolvimento humano sob a atuação do Estado.

Como manter a esperança e perspectiva de oportunidades igualitárias, condições dignas de vida em um cenário tão caótico - seja do ponto de vista político, econômico ou social -, e onde os 10% mais ricos sempre detiveram e continuam detendo mais de 50% da renda nacional?

O autor se debruça sobre esta realidade com notável dedicação e habilidade, aproximando o leitor das consequências (des)humanas de todo esse processo. Pobreza extrema, crescimento da violência, corrupção endêmica, preconceito e indiferença, por um lado, são alguns dos efeitos apresentados. De outro modo, e de maneira concomitante, a história é repleta de exemplos de bondade, solidariedade e esperança, avançando entre dois legados distintos para uma única realidade.


 

Livro - Às Margens do Ipiranga

Autor: Celso Luiz Tracco

Páginas: 221

Editora: Palavra & Prece

 

Gênero: Ficção

 

 


 

 

LENHA NA FOGUEIRA

Hoje é o dia das crianças. Para comemorar a data, a primeira dama do município de Porto Velho coordena programação que vai acontecer na praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. Muitos brinquedos serão sorteados entre as crianças que estiverem presente. Quer ver a gurizada feliz, vai à praça da EFMM durante o dia de hoje.
 

********

A festa começa de manhã e termina as 18 horas. Muita brincadeira, vai acontecer durante todo o dia. Os adultos aproveitam para voltar ao tempo de infância, quando o que mais conta são as brincadeiras, apesar de nos dias de hoje a menina já nascer antenada e com um celular na mão.

 

*******

Mesmo assim quando, festas do tipo da que vai rolar na Madeira Mamoré no dia de hoje, o que mais importa para eles, são as brincadeiras. Vamos la prestigiar a festa da criançada e voltar a ser criança por alguns momentos.

 

******

No próximo domingo a partir das 19 horas, os sambistas têm encontro marcado com o Cantor Ronaldinho ex vocalista do grupo Fundo de Quintal, no Chopp do 4. Quem está escalado pra fazer o pre e o pós show, é um dos melhores grupos de samba/pagode de Porto Velho To D'Boa.
 

*******

A programação da igreja católica em Porto Velho, para o dia da padroeira do Brasil Nossa Senhora Aparecida, começa de manhã na basílica da rua José Amador dos Reis no bairro JK – 1 com o lançamento do selo em comemoração aos 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora no Rio Paraíba do Sul.

 

*******

Sou caipira, pira pora, senhora de Aparecida. Hoje em todo o Brasil os romeiros rezam em agradecimento aos milagres recebidos com a interseção de Nossa Senhora Aparecida.
 

*******

Todos devemos nos concentrar em algum momento do dia de hoje e rogar em oração a Nossa Senhora, que ilumine nosso povo nas eleições do próximo ano, para não cairmos de novo nas armadilhas dos corruptos e corruptores.
 

*******

A devoção a Nossa Senhora Aparecida fomenta o turismo religioso, principalmente na cidade de Aparecida. Porém, praticamente em todas as cidades brasileiras existe nem que seja uma capela da Padroeira do Brasil.

 

*******

A devoção a Santa, é tanta, que até na abertura dos rodeios, os peões só entram na arena, após reverenciar Nossa Senhora Aparecida.
 

*******

Como postamos acima, a festa na capital de Rondônia vai acontecer na Basílica que fica a rua José Amador dos Reis no bairro JK-1 Zona Leste da cidade.

 

********

Ainda bem que não apareceu um padre querendo mudar o festejo de Nossa Senhora Aparecida, como aconteceu com o Círio de Nazaré. Por falar nisso, quero agradecer a professora Nazaré Silva por ter nos proporcionado um almoço maravilho, cujo prato principal foi Pato no Tucupi e preparado por ela fica muito mais gostoso. Obrigado criadora do Flor do Maracujá.
 

*******

De hoje até domingo, estarei no Vale do Guaporé, convidado pelo pessoal da Ecovale. Vamos acompanhar a desova das tartarugas e tracajás nas prais do Vale do Guaporé. Vamos com o pessoal do IBAMA leia -se Paraguaçu e o Zeca Lua.
 

*******

O fotografo Rosinaldo Machado fará a cobertura fotográfica. Pra semana publicaremos matéria especial sobre esse acontecimento tão importante para a preservação dos quelônios do Vale do Guaporé. Valeu turma da Ecovale. E do IBAMA!


 


 

Festival Cineamazônia,

os finalistas da mostra
 

Os amantes de cinema de Porto Velho já podem preparar a agenda. A 15ª edição do Festival Cineamazônia divulgou em suas redes sociais as produções finalistas da Mostra Competitiva de 2017. Ao todo foram selecionados 41 filmes entre curtas, médias e longas metragens que concorrerão ao Troféu Mapinguari divididos em quatro categorias: Documentário, Ficção, Animação e Experimental.

Dos selecionados, 32 são curta-metragens (filmes curtos de até 15 minutos de duração) e estão distribuídos nas categorias Ficção, Animação e Experimental e docuentário. O Rio de Janeiro é o estado brasileiro com mais representantes, com sete filmes escolhidos. Já Rondônia possui quatro produções entre os finalistas. “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior; “Que assim seja”, de Érica Pascoal; “Guariterêbenguela”, de Chicão Santos e “Banho de Cavalo”, de Michele Saraiva e Francis Madson.

Oito produções são de média e longa metragem, cujos finalistas concorrem apenas na categoria Documentário (Prêmio Melhor Longa Metragem Documentário). São eles “Dedo na ferida”, de Sívlio Tendler (RJ); “Não só sereias ou faunos”, Sara Bonfim (PR); “Belo Monte: um mundo onde tudo é possível”, Alexandre Bouechet (RJ); “Água mole em pedra dura”, James Lloyd e Flávia Angelico (SP); “Xavante: Memória, cultura e resistência”, de Henrique Dantas (BA). As produções moçambicana “Macoconi – As raízes dos nossos filhos”, de Fábio Ribeiro, e peruana “Los ojos del camino”, de Rodrigo Otero Heraud, fecham a lista de finalistas.

Ao todo a curadoria do festival recebeu 452 filmes, entre curtas, médias e longa metragens. Além das produções nacionais, o Festival Cineamazônia recebeu candidatos de Colômbia, Espanha, Peru, Chile, Argentina, México, Moçambique, Índia, Itália, Birmânia, Bósnia/Herzegovina, Portugal, E.U.A., Irã, França, Singapura, Alemanha.

A 15ª edição do Cineamazônia tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual e da Lei Rouanet. Ainda tem o apoio cultural da Sejucel, Funcultural, Fecomércio e SESC Rondônia. O Cineamazônia é associado ao Fórum dos Festivais e membro do Green Film Network.


Comentários

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

E-mail: redacao@gentedeopiniao.com.br - gentedeopiniao@gmail.com

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados