Porto Velho (RO) sábado, 22 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Economia

Vantagens do “Cidadania Empresarial” são apresentadas pela Sefin; ação do programa acontece nos dias 8 e 9 de dezembro


Com o “Cidadania Empresarial”, taxas para abertura e regularização de empresas comerciais serão isentas por 30 dias - Gente de Opinião
Com o “Cidadania Empresarial”, taxas para abertura e regularização de empresas comerciais serão isentas por 30 dias

Na sexta-feira (3) a Secretaria de Finanças do Estado (Sefin) realizou uma coletiva de imprensa para divulgar os benefícios da primeira ação do Programa “Cidadania Empresarial” que vai acontecer nos dias 8 e 9 de dezembro na Paróquia São Tiago, em Porto Velho. 

Durante a coletiva o secretário de Estado de Finanças, Luís Fernando, falou sobre a importância da formalização de negócios para o Estado de Rondônia. “Queremos facilitar o acesso às informações para o empreendedor que está pensando em iniciar uma atividade ou iniciou de forma informal ou quer mudar essa padronização para que saiba fazer esse processo de forma clara. A partir dessa primeira ação piloto vamos testar o funcionamento desse atendimento, juntamente com os nossos parceiros e vamos realizar um cronograma para os municípios incentivar a produtividade e economia e fomentar o desenvolvimento do Estado de Rondônia”, disse o secretário.

Gestor da Sefin fala sobre a importância da formalização de negócios para Rondônia

O gestor da Sefin explicou na apresentação, que durante a ação o  microempreendedor que pretende se regularizar vai receber isenção nas taxas de registro de negócio, agilidade nos trâmites da documentação, acesso a crédito do Programa de Apoio às Micros e Pequenas Empresas e Empreendedores de Pequenos Negócios do Estado de Rondônia (Proampe) de até R$ 100 mil para investimentos, cobrança mínima de tributos federais, estaduais e municipais. Além disso, o empreendedor terá acesso a palestras e cursos de orientação na abertura do negócio.

O microempreendedor receberá ainda assessoria contábil gratuita. Uma das novidades da primeira ação do programa é que a Junta Comercial do Estado de Rondônia (Jucer) durante todo o mês de dezembro vai isentar os custos para abertura e registro de empresas.

 “Acredito que esse programa tem tudo para dar certo. Com essa conscientização o microempreendedor vai entender as vantagens de se regularizar e receber acesso a crédito para o seu negócio. Com a isenção por 30 dias das taxas para abertura e regularização de empresas comerciais, a geração de emprego e de renda vai ganhar reforço”, pontou o presidente da Jucer, José Alberto Anísio.

Já Augusto Pellucio, da Federação das Associações Comerciais de Rondônia (Facer) destacou que na pandemia a formalização foi reconhecida como mais vantajosa. “Todos os auxílios do Governo em folha de pagamento, acesso ao crédito e até mesmo para proteger o pequeno empresário ou grande empresário foi evidenciado. Essa medida do Governo de Rondônia é um exemplo para que isso se estenda para todos os municípios, não só pela medida ampla, mas pelo simbolismo de ir para os outros bairros. Contém com a Facer; estamos muito entusiasmados com esta ação e com a retomada do crescimento econômico”, finalizou.


Mais Sobre Economia

O capitalismo como fonte essencial de prosperidade econômica

O capitalismo como fonte essencial de prosperidade econômica

Após a crise financeira de 2008, alastrou-se entre intelectuais e políticos o entendimento de que haveria no capitalismo de mercado contradições e m

Criptomoedas e o que esperar para 2022: especialista no assunto faz uma análise sobre Bitcoin e principais criptomoedas

Criptomoedas e o que esperar para 2022: especialista no assunto faz uma análise sobre Bitcoin e principais criptomoedas

Entre as resoluções para 2022, uma palavra é unânime: dinheiro. Durante a pandemia, vimos os preços subirem, a escalada da inflação e alta dos juros

Definido pelo governo os reajustes de benefícios e contribuições previdenciários

Definido pelo governo os reajustes de benefícios e contribuições previdenciários

Portaria do Ministério do Trabalho e Previdência define os índices de reajustes dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Veto ao Refis: com pressão a mil, pequenos empresários sobem o tom

Veto ao Refis: com pressão a mil, pequenos empresários sobem o tom

Veto ao Refis: com pressão a mil, pequenos empresários sobem o tom Há um movimento para derrubada do veto presidencial ao Projeto de Lei Complementa