Ministério da Agricultura e Sebrae em Rondônia seguem com estratégias convergentes

Agenda em Brasília reforçou parceria entre as duas entidades


Ministro Marcio Eli do Mapa e Samuel Almeida - Gente de Opinião
Ministro Marcio Eli do Mapa e Samuel Almeida

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), grande responsável pelas políticas públicas federais aplicadas ao setor produtivo, tem enxergado no Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia (Sebrae) um parceiro com estratégias convergentes às suas. A prova disso foi a reunião estratégica realizada esta semana (7) em Brasília entre o secretário executivo da pasta e o diretor superintendente em exercício do Sebrae em Rondônia.

Samuel Almeida foi recebido por Márcio Eli Leandro, ministro interino e segundo na hierarquia do ministério, que estava em exercício devido à ausência do ministro Marcos Monte Cordeiro, que promovia viagem oficial pelo Mapa.

Entre os temas abordados estava potencializar o comércio exterior sintonizando os eventos internacionais dos quais o Mapa participa ou que realiza ao longo do ano, para apoiar a prospecção de novos mercados e negócios de produtos de Rondônia e da região amazônica. A chancela que o Mapa dá à participação de empreendedores amazônicos articulada com o Sebrae em Rondônia evidencia a relevância da atuação das duas entidades junto aos pequenos produtores da região, que carecem cada vez mais de suporte técnico-comercial que supere o “custo Amazônia” dos estados que compõem a região.

Além disso, o Mapa confirmou seu apoio às agroindústrias de Rondônia, segmento em que o Sebrae deve atuar ainda mais fortemente este ano, inclusive com a realização de um grande evento para debater desafios e oportunidades locais, já que a agricultura familiar tem na agroindústria uma vertente de geração de receita considerável no estado.

Na pauta também esteve o apoio do Sebrae em Rondônia ao programa Coopera + Brasil, para fortalecer o cooperativismo na região amazônica e facilitar a captação de fundos e investimentos que beneficiem o agronegócio, uma vez que o Mapa possui um departamento estratégico para este fim, e com a capilaridade local do Sebrae pode-se vislumbrar grande êxito nesta atuação.

O Mapa tem sido grande apoiador das iniciativas do Sebrae em Rondônia. Presença constante em eventos e ações elaborados pela entidade de apoio às micro e pequenas empresas no estado, o ministério acabou de ter, por exemplo, grande atuação no espaço do Sebrae por ocasião da 9ª Rondônia Rural Show, realizada no fim do mês passado. Através da Superintendência Federal de Agricultura (SFA), comandada por Valertlins Calaça, a interlocução com o órgão federal máximo de agricultura e abastecimento flui com grande sinergia e produtividade. Em breve, novas inciativas em conjunto estarão beneficiando milhares de produtores de Rondônia e da Amazônia.

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Municipal de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar já é realidade em Ariquemes

Programa Municipal de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar já é realidade em Ariquemes

A Prefeitura de Ariquemes, através do Banco de Alimentos do município, iniciou nesta segunda-feira, 08, a entrega dos produtos adquiridos através do

Seagri retoma ações do Programa “Mais Produção/Calcário” em Rondônia

Seagri retoma ações do Programa “Mais Produção/Calcário” em Rondônia

A Secretaria de Estado da Agricultura - Seagri, retomou este mês, a entrega de calcário no Estado. A ação é realizada através do programa “Mais Prod

Agricultor colhe os frutos do seu reflorestamento em Sistema Agroflorestal

Agricultor colhe os frutos do seu reflorestamento em Sistema Agroflorestal

A experiência do agricultor familiar Ailson Guerra e de sua esposa, Ivonete de Jesus Guerra, como beneficiários do projeto Plantar Rondônia é um bom

Sebrae, governo do estado, prefeitura de Jaru, OCB/Sescoop e parceiros incentivam o cooperativismo no cacau rondoniense

Sebrae, governo do estado, prefeitura de Jaru, OCB/Sescoop e parceiros incentivam o cooperativismo no cacau rondoniense

Com o objetivo de debater a importância da gestão para fortalecimento dos diferentes elos da cadeia de valor do cacau a partir da organização social