Porto Velho (RO) terça-feira, 10 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Viviane Paes

Rondônia no JN: Ana Lídia Daibes


Rondônia no JN: Ana Lídia Daibes - Gente de Opinião

Assisti emocionada como muitos rondonienses e rondonianos o dia em que a âncora do Jornal de RO – 2ª edição e chefe de redação da TV Rondônia, Ana Lídia Daibes (Andrade Kruger) compartilhou que seria uma das apresentadoras do rodízio comemorativo dos 50 anos do Jornal Nacional – JN!

Mesmo quem não é fã da TV Globo por questões políticas, ideológicas e tudo mais que imperam no Brasil da atualidade poderiam comemorar essa conquista. Rondônia no cenário nacional por motivos positivos é fato raro, desde que meus pais migraram para cá, no final da década de 80, e não vou detalhar as dezenas de vezes que aparecemos por motivos vergonhosos ou de interesse do setor elétrico!

Uma porto-velhense ancorando o mais antigo e tradicional jornal televisivo do Brasil era algo inimaginável para qualquer profissional da imprensa local. Então comemoremos orgulhosamente...

Não posso ser injusta e não citar alguns jornalistas rondonienses (porto-velhense também) que se destacaram antes dela na imprensa nacional: Ivonete Gomes, como jornalista no SBT na década de 90, primeira repórter de TV a sair do Estado para atuar como repórter de rede voltou e compartilhou o aprendizado com repórteres como Maríndia Moura, Cléo Subtil e eu mesma!

Nos bastidores, por trás das câmaras: Luka Ribeiro (Luiz Carlos Ribeiro), em produções nacionais com profissionais de renome como Aloisio Leigey e de campanhas políticas, citando um apenas: Odilon Coutinho (ex- apresentador do Fantástico e jornalista descobridor do fenômeno Ratinho).

Outros profissionais se destacaram como correspondentes de revistas como Isto é, Veja, e os jornais: Folha de São Paulo, Correio Brasiliense e internacionais: Eliânio Nascimento, Ricardo Callado... E nossos maravilhosos repórteres-fotográficos: Eliênio Nascimento e José Hilde Tacaña. A jornalista política Mara Paraguassu, atuando mais de uma década em Brasília, na assessoria do Senado e da Câmara dos Deputados...

Retornando a Ana Lídia Daibes que há oito anos está à frente dos principais jornais da TV RO, retransmissora da Globo e conquistou a audiência com sua simpatia e juventude! Quem não atua na imprensa certamente não deve lembrar a primeira vez que ela apareceu na televisão. Foi em 2000, na extinta TV Norte (retransmissora da Rede TV e Record), do grupo do Estadão do Norte.

Ela aos 19 anos assumiu a responsabilidade de apresentar um jornal matutino, sem muita experiência na área, tinha feito o curso de jornalismo da Rede Amazônica e era estudante e Letras – Inglês na Universidade Federal de Rondônia. Não teve QI – quem indica, fez testes para essa função e ninguém conseguiu ofuscar sua presença marcante e de credibilidade no vídeo. Orgulhosamente eu e outros colegas presenciamos esse momento! Ninguém melhor que nosso Chefe de TV, Luka Ribeiro, atualmente editor desse Gente de Opinião, para relembrar o momento, ele dirigiu e acompanhou ela no estúdio por alguns anos.

Com uma equipe de jovens e não tão jovens fizemos história na imprensa ao realizar ao vivo, por mais de sete horas, a transmissão da Feira Agropecuária de Porto Velho – Expovel. Quem atua na área sabe o quanto é difícil uma transmissão ao vivo, porque o jornalista fica exposto a erros, caretas e até momentos constrangedores. Aqui preciso compartilhar o apoio que recebi dela e sua família, principalmente da mãe, a clínica geral Ivani Daibes. Cursávamos Letras juntas na Unir, no período da tarde e saímos para a casa dela para tomar banho, trocar roupa, lanchar e ir ao Parque dos Tanques, sede da Expovel. Era uma loucura maravilhosa! Nossos colegas já estavam acostumados a nos ver no dia seguinte com sono em sala de aula nos nove dias da exposição!

Estava no Pará quando a Ana Lídia, já formada em Jornalismo, entrevistou os candidatos ao governo do Estado e soube que foi muito elogiada, mas poucos se recordam dela apresentando o debate ao vivo, nos estúdios da TV Norte, dos candidatos ao governo de 2002!

Ela também trabalhou na assessoria do Tribunal de Justiça de Rondônia e apresentou ao TV Justiça local, foi empresária no Porto Velho Shopping junto com o marido – sim ela é casada e mãe de dois filhos maravilhosos!

A Ana Lídia é uma guerreira fora dos estúdios da televisão! E isso não é bajulação pelo momento que ela vive, não. Quem a conhece ou convive sabe que ela é igual a todas as mulheres conciliando vida profissional e familiar.

Em 2017 meu pai no jornalismo, Antônio Queiroz, ex-editor do jornal “O Estadão do Norte” e atual assessor da Seduc me reafirmou o seguinte: “você não me deve nada por ter te contratado (sem experiência e formação alguma na época no maior impresso de Rondônia). Ninguém atrapalha quem nasceu predestinado ao sucesso”!

Quando vi a Ana Lídia falando da responsabilidade que seria apresentar o JN, que seu coração disparava toda vez que falava isso, eu me lembrei da fala do “professor Queiroz”... É isso! Quem nasceu para brilhar não será ofuscado pelos acontecimentos inesperados da vida, pessoas ou quaisquer outros obstáculos.

Vamos prestigiar e comemorar muito, em dia 21 de setembro a chegada dessa rondoniense, filha de paraenses e descendentes de libaneses a bancada do JN! Ela merece! Estaremos bem representados e quem sabe aprenderão definitivamente que Porto Velho é capital de Rondônia, não de Roraima!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Viviane Paes

Dia Mundial da Luta Contra o HIV/Aids - (Ainda) Precisamos falar sobre isso!

Dia Mundial da Luta Contra o HIV/Aids - (Ainda) Precisamos falar sobre isso!

No dia 27 de outubro de 1988, a Assembleia Geral da ONU e a Organização Mundial de Saúde instituíram o dia 1º de dezembro como o Dia Mundial de Luta

Gente de Opinião e jornalista Viviane Vieira conquistam 3º lugar, no 9º Prêmio de Jornalismo do MP/RO

Gente de Opinião e jornalista Viviane Vieira conquistam 3º lugar, no 9º Prêmio de Jornalismo do MP/RO

Com anos de atuação idônea e responsável, o portal de notícias Gente de Opinião concorreu com a série de reportagens: Energia de (em) Rondônia para

Energia de RO: nem a mais cara, nem a mais barata do Brasil

Energia de RO: nem a mais cara, nem a mais barata do Brasil

Nos últimos meses os veículos de comunicação em Rondônia divulgaram massivamente a notícia de que a tarifa e energia elétrica do Estado era a mais a

A Energia de (em) Rondônia para o Brasil - Acordamos: temos a energia elétrica mais cara do País?!

A Energia de (em) Rondônia para o Brasil - Acordamos: temos a energia elétrica mais cara do País?!

A pensionista Lúcia Amorim não acreditou quando viu a conta de energia elétrica do mês de agosto deste ano: R$ 374,20. Nos meses anteriores a fatura