Porto Velho (RO) sábado, 17 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Social

Casa Família Rosetta pede ajuda à sociedade através da campanha “#SomosTodosRosetta” na Vakinha Online.

Para não paralisar os serviços


Casa Família Rosetta pede ajuda à sociedade através da campanha “#SomosTodosRosetta” na Vakinha Online. - Gente de Opinião

Casa Família Rosetta, uma das entidades mais respeitadas de Rondônia e que há 27 anos, com a Missão de “Transformar Vidas” acolhe em Porto Velho, crianças e adolescentes com deficiências neurológicas, corre o risco de suspender seus serviços por falta de doações.

Atualmente, a Casa que atende cerca de 1.500 famílias e o principal serviço oferecido é a reabilitação e acolhimento de Crianças e adolescentes com Paralisia Cerebral onde virou referência com atendimentos dessa natureza, corre o risco de suspender seus serviços.

Temendo o encerramento das atividades a instituição lançou a campanha “#SomosTodosRosetta”. A ação solidária é para buscar recursos via doações através do site “Vakinha Online’’. É simples de doar, basta clicar no link: http://vaka.me/777413 e seguir o passo a passo.

A instituição vive de doações e estamos sem os convênios do estado e município, o que piorou a situação.

Alimentação, fraldas, material de saúde e pedagógico, combustível para transporte  e os profissionais de saúde que acompanham as crianças são os itens de mais  importância e não podemos deixar faltar.

“O Valor da meta que queremos alcançar inicialmente é R$ 200 mil reais e sabemos que chegaremos lá. A Casa Família Rosetta está correndo um risco altíssimo de paralisar as atividades”. Enfatizou a diretora, Giusi Fulco.

A imprensa está se mobilizando também para mostrar a necessidade de ajudar a entidade.

É notório que a Casa Família Rosetta precisa continuar levando atendimento de saúde, educação e assistência social, para as pessoas que necessitam dela  para ter uma vida mais humana e com qualidade.

 

A CASA

A Associação Casa Família Rosetta é uma entidade sem fins lucrativos, fundada na década de 80, pelo Padre Vincenzo Sorce, em Caltanissetta, na Sicília-Itália, a Associação “Casa Família Rosetta” reúne inúmeros serviços voltados para o indivíduo e as famílias.

 

As unidades da associação, que se dividem em centros de reabilitação, casas de acolhimento institucional, comunidades terapêuticas, oferecem: acolhimento, assistência, reabilitação e reinserção social a pessoas com deficiências, com problemas de dependência de álcool, drogas; pessoas em situação de vulnerabilidade.

 

Para as crianças e adolescentes com deficiências neurológicas a Casa atende através dos serviços :

Centro de Reabilitação Paulo VI, que desenvolve os seguintes atendimentos:

-Atendimento Ambulatorial nas áreas de Neuropediatria, Fisioterapia, Hidroterapia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Psicologia, Serviço Social, Ortopedia (aplicação de toxina botulínica).

-Atendimento em Centro dia (diário): com Atendimento Educacional Especializado (atendimento pedagógico, estimulação), Assistência Social, Saúde por meio de Reabilitação na área de Fisioterapia, Hidroterapia ,  Fonoaudiologia, Psicologia, Terapia Ocupacional; atividades de arte, lazer e cultura; alimentação, transporte; assistência ás famílias por meio de oficinas, grupos de Terapia Comunitária quinzenal, visitas domiciliares, encaminhamento à rede de serviços e benefícios.

-Atendimento Domiciliar: com o serviço de Fisioterapia, Serviço Social, que atende o paciente com comprometimento grave, em sua residência, prevenindo sequelas e melhorando a sua qualidade de vida.

 

Abrigo Casa Família Anna Teresa Cappello funciona em regime de Acolhimento Institucional, atendendo pessoas com deficiência neurologica, que se encontram em situação de abandono e vulnerabilidade.

O objetivo da casa é a acolhida, a proteção e assistência destas pessoas, garantindo-lhes um lar e todos os cuidados necessários ao bom desenvolvimento biopsicossocial.

Mais Sobre Social

Rifa solidária vai arrecadar recursos para animais de rua de Porto Velho

Rifa solidária vai arrecadar recursos para animais de rua de Porto Velho

Após a repercussão do resgate de um cão que foi atropelado próximo à rodoviária no começo de abril, que ficou vagando por dias, foi levado à uma clí

Prefeitura de Porto Velho atende pessoas em situação de rua

Prefeitura de Porto Velho atende pessoas em situação de rua

Todos os dias, em frente à Paróquia Sagrada Família, no bairro Nova Porto Velho, pedras e objetos postados rigorosamente, em fila, no meio-fio, cham