Porto Velho (RO) quarta-feira, 29 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Sergio Pires

A educação que envergonha nosso país + Rocha e Laerte: parceria inédita + “Saneamento” da bandidagem


A educação que envergonha nosso país  + Rocha e Laerte: parceria inédita + “Saneamento” da bandidagem - Gente de Opinião

A EDUCAÇÃO QUE ENVERGONHA NOSSO PAÍS E O NÚMERO EXAGERADO DE ANALFABETOS EM RONDÔNIA

Qual a surpresa real nos números ridículos sobre a qualidade do ensino no Brasil, que nos colocou entre as últimas posições num ranking de 79 países? Ora, com uma política educacional voltada para a ideologia e temas fora do contexto educacional, só poderíamos esperar isso mesmo. Ou alguém acha que errando por mais de 20 anos; ensinando como prioridade questões sobre sexualidade e ideologia de gênero, como essa fosse a finalidade principal das salas de aula, há uma só mente não induzida pelo esquerdismo delirante, que tenha achado injusto o resultado dessas pesquisa, que envergonhou a todos os brasileiros, entre os que querem um país melhor?  Estamos muito perto dos últimos em Leitura, em Matemática e Ciência. Não é algo tenebroso que, em pleno século 21, estejamos ainda, na Educação, no nível da Filipinas e da República Dominicana? Nossos estudantes, entre os mais indisciplinados do mundo, saem do curso básico praticamente analfabetos funcionais. Conhecem muitos dos seus direitos, mas pouquíssimo sobre seus deveres. Acham importante que seja ensinado sexo às crianças, mas não têm a mínima ideia sobre as teorias da Ciência ou as contas básicas da Matemática. Há os que escrevem sol com ce cedilha e concerteza com n e como se fosse uma palavra só. Basta acessar a internet e as redes sociais, para se ver como escreve o brasileiro médio. Os verbos e suas declinações são mistérios insolúveis. A leitura não faz parte dos planos desses meninos e meninas, Eles seguiram o ensinamento do genial ex ministro da Educação, Fernando Haddad, que disse que o importante não é escrever corretamente, mas apenas se comunicar. É um Chacrinha de terno e gravata, ajudando a destruir o sistema de ensino do seu país.  

Ao crime contra o em ensino brasileiro, cometido pela ideologização na sala de aula e o abandono do que é básico para o aprendizado, soma-se ainda outro atentado absurdo contra a população, principalmente a mais pobre. Temos ainda, em pleno século 21, já entrando na terceira década, nada menos do que 11 milhões e 300 mil analfabetos, numa população que começa na faixa etária dos 15 anos. Ou seja, em nível nacional, temos o lamentável índice de 5,5 por cento dos brasileiros sem sequer saber escrever o próprio nome e num nível zero de leitura. Em Rondônia, por exemplo, esse percentual supera os 7,5 por cento, em outro vergonhoso dado da falta de acesso à educação. São 130 mil rondonienses (o número não está atualizado, porque é de 2017) que são considerados analfabetos totais. Outros 270 mil analfabetos funcionais. Mal sabem escrever o nome e ler uma ou algumas poucas palavras, ou seja, 31 por cento da nossa população vive alheia ao ensino, à leitura, à vida nova que a educação pode proporcionar. E então se pergunta: pra onde vai toda a dinheirama dos orçamentos da União, Estados e Municípios para o setor do ensino? Restam então os discursos de décadas e décadas, dos políticos de todas as áreas, de que a Educação é prioridade máxima. Imagine-se se não o fosse!!!

 

ROCHA E LAERTE: PARCERIA INÉDITA

Foi um dia histórico, novamente marcado pelo sucesso de audiência do programa Papo de Redação, dos Dinossauros do Rádio (Parecis FM, de segunda a sexta do meio dia às duas da tarde e na SICTV, aos sábados, 12h30 às duas d tarde). Certamente pela primeira vez, um Governador de Estado e um Presidente da Assembleia participaram de um programa de debates sem ataques, sem contra ataques, sem confrontos. Pelo contrário: numa demonstração poucas vezes vista no relacionamento entre poderes e poderosos, o encontro foi de confraternização, de troca de elogios, de temas apenas relacionados com o Estado, sua população e seu futuro. A política partidária passou longe, mesmo Marcos Rocha e Laerte Gomes sendo de partidos diferentes e, ao mesmo tempo, num período pré eleitoral, onde, muitas vezes,  a classe política se conflagra. Os Dinossauros e seus ouvintes acompanharam depoimentos dos dois líderes, voltados unicamente para as questões de Estado. Laerte lembrou que com essa filosofia, Governo e Assembleia têm trabalhado juntos, em busca de soluções para os problemas do Estado e de seu futuro. Marcos Rocha agradeceu não só ao presidente da ALE, mas a todos os deputados pela parceria em prol de Rondônia. Os dois estão próximos e falando a mesma linguagem. Para quem conhece a história política de Rondônia, pode ter certeza: essa relação é caso raro e diferente do que já se viu.  

 

CASO DOS DELEGADOS: CULPA DA IMPRENSA?

Delegados envolvidos nas denúncias de gravações que comprovariam operações policiais eivadas de erros, além de outras conversas nada republicanas, ao invés de virem a público para explicar à população todo esse complexo caso em que se envolveram, decidiram criar um factoide. Certamente com intenção de intimidar jornalistas e veículos de imprensa (o que obviamente não conseguirão) e, ao mesmo tempo, desviar o foco das atenções para a série de erros que cometeram, estão processando radialistas, jornalistas e veículos de comunicação. Ainda tiveram o peito de pedir ao Judiciário defensores públicos, que são gratuitos. Ora, é claro que a Justiça não topou. É mais um fato lamentável dentro do amplo contexto da situação criada pelos próprios denunciados – inclusive gente importante do Ministério Público - em suas ridículas e irresponsáveis conversas. Não seria mais decente, mais honesto, mais transparente um pedido formal de desculpas e a promessa de que os erros não se repetirão, do que atos como esses, criados na tentativa de minimizar a grande porcaria feita por algumas das mais importantes autoridades policiais do Estado? Triste e lamentável...

 

CPI PRORROGADA POR 90 DIAS

O presidente da Assembleia, durante entrevista que concedeu aos Dinossauros, falou sobre vários temas. Um deles, em destaque, foi a questão da Energisa. Ele lembrou que já foi publicada no Diário Oficial, depois de sancionada pelo Governador, lei de autoria dele, Laerte Gomes, que obriga a empresa a notificar o usuário com 15 dias de antecedência, antes de efetuar o corte de energia. Laerte diz que é vital que essa informação chegue a toda a população, para que ela conheça todos os seus direitos, nessa questão. Durante o programa, Laerte também confirmou que a CPI da Energisa, presidida pelo deputado Alex Redano e que tem como relator Jair Montes, foi prorrogada por mais 90 dias, a contar a partir do recesso e final de ano. Quando recomeçar s oitivas, a CPI vai receber os diretores da Energisa, que já confirmaram suas presenças, para dar a versão da empresa no contexto das denúncias que estão sendo levantadas contra ela.   Com o novo prazo, Jair Montes terá até meados de março do ano que vem para apresentar seu relatório.

 

NOSSO GADO LIVRE DE AFTOSA, SEM VACINAÇÃO

Uma decisão daquelas gigantes, que pode significar uma profunda mudança para cima, na economia do Estado, foi anunciada em primeira mão no encontro na Rádio Parecis FM, nesta quarta, pelo governador Marcos Rocha. Ele avisou que assinará nesta sexta, documento que acaba com a vacinação contra a febre aftosa para o gado rondoniense. O presidente da Assembleia, Laerte Gomes, levantou o assunto, dizendo-se totalmente favorável à medida. Marcos Rocha, então, detalhou, de forma inédita, que sua decisão já estava tomada. Com ela, o gado de Rondônia – estamos caminhando para 14 milhões de cabeças – será considerado livre da aftosa sem vacinação. Isso representará um valor muito maior da nossa carne e, ao mesmo tempo, a abertura de novos mercados, como a União Europeia, que só negocia com países onde a aftosa não exista e não haja necessidade de vacinas. Será um grande salto para o setor produtivo rondoniense. O Ministério da Agricultura apoia integralmente essa decisão, já que a autorizou há alguns meses atrás.

 

A BELEZA QUE O ESPAÇO MERECE!

O Espaço Alternativo, tão importante para o porto velhense, finalmente ficou como merece: lindo, iluminado, festivo! A decoração de Natal que deu ao Espaço um novo, amplo e incrível visual, implantada pela Prefeitura, começou no final de semana, com grande festa, na presença de uma pequena multidão, do prefeito Hildon Chaves e da primeira dama, Ieda Chaves, registrando uma enorme confraternização pré natalina. Foi uma festa e tanto. E merecida. O Espaço Alternativo é uma atração da Capital. Lamentavelmente, desde que foi concluído, não se sabe quem é o responsável pelo local. O Governo deve passar a área para a Prefeitura e até agora não o fez. Falta pavimentar a área de estacionamento para dois mil carros. Não há manutenção dos equipamentos. À noite, falta segurança. Mas, nesse final de ano, o que se destaca mesmo é a beleza elogiável com que a Prefeitura dotou o local. Todas as noites, centenas de pessoas (muitas famílias) têm ido lá, só para curtir a decoração natalina, que está nota dez. Aliás, nesta quinta tem a festa Natal de Luz no palácio Rio Madeira/CPA. Grande festa que abre a programação de final de ano no primeiro Natal do governo Marcos Rocha. Toda a população está convidada.  

 

“SANEAMENTO” DA BANDIDAGEM

A polícia está fazendo sua parte, com ações que representam uma verdadeira limpeza geral no Orgulho do Madeira, o maior e mais complexo conjunto habitacional não só de Porto Velho, como de todo o Estado. Desde a semana passada, em operações separadas, mais de 30 criminosos já foram presos. São membros de organizações criminosas, foragidos dos presídios, traficantes de drogas, ladrões e vagabundos, que infernizavam a vida dos moradores daquela área, gente pobre e trabalhadora, que só quer viver em paz. Esses marginais, entre eles bandidos perigosos, estavam transformando o Orgulho em propriedade do crime, proibindo que as famílias pudessem seguir suas vidas e curtir a nova casa. Ali, os imóveis, mesmo modestos, representam um salto de qualidade na existência de milhares de pessoas. Elas estavam sob o tacão de um pequeno grupo de canalhas, que agora estão sendo caçados, um a um. Naquelas bandas, só quem reclama da presente da PM são os bandidos. O povão vibrando com o trabalho de “saneamento”, que os livra daqueles que os estavam infernizando. Vão haver novas ações da PM, até o final do ano, pelo menos. Os moradores, enfim, poderão ter um Natal e um final de ano de paz e um pouco de alegria.

 

PERGUNTINHA

“O rock ativa a droga, que ativa o sexo, que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto, por sua vez, alimenta uma coisa muito mais pesada,  que é o satanismo. O próprio John Lennon disse que fez um pacto com o diabo”. Você acredita que essa série de asneiras doentias foi dita pelo novo presidente da Funarte, nomeado pelo presidente Bolsonaro?

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sergio Pires

De novo, dragas são apreendidas no Madeira. + A prefeitura faz, mas o Dnit não! + A esculhambação continua

De novo, dragas são apreendidas no Madeira. + A prefeitura faz, mas o Dnit não! + A esculhambação continua

ENXUGANDO GELO: DE NOVO, DRAGAS SÃO APREENDIDAS NO MADEIRA. EM POUCOS DIAS, TODAS ELAS ESTARÃO DE VOLTA É enxugar gelo, mas notícias oficiais do Go

Aliança começa em Rondônia dividido + Nossa história dilacerada + Eyder  Brasil: palavrões e ofensas

Aliança começa em Rondônia dividido + Nossa história dilacerada + Eyder Brasil: palavrões e ofensas

ALIANÇA COMEÇA EM RONDÔNIA DIVIDIDO, COM PRESENÇA DE BOM PÚBLICO E AUSÊNCIA TOTAL DOS GOVERNISTAS Do enredo anunciado, o único item não cumprido não

Pacote anticrime é apenas o começo + Licitação deserta em Porto Velho + Damares vai ajudar dona Cleomar

Pacote anticrime é apenas o começo + Licitação deserta em Porto Velho + Damares vai ajudar dona Cleomar

PACOTE ANTICRIME É APENAS O COMEÇO PARA QUE BRASIL ACABE COM IMPUNIDADE E NOS PROTEJA CONTRA O CRIME  Longe do ideal, porque algumas medidas import

Bolsonaro participa criação do Aliança + O trágico exemplo da dona Cleomar + Ex secretário condenado e preso

Bolsonaro participa criação do Aliança + O trágico exemplo da dona Cleomar + Ex secretário condenado e preso

BOLSONARO PARTICIPA, VIA TELECONFERÊNCIA, DE ENCONTRO DE CRIAÇÃO DO ALIANÇA PELO BRASIL EM RONDÔNIA Se depender de alguns simpatizantes do President