Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Tecnologia e saúde aliadas a educação estudantil



 “Reflexos da ação humana para o desenvolvimento da Ciência, Cultura e Tecnologia” são novidades que despertam a curiosidade de adultos e crianças, e que este mês se tornam tema de feira estudantil no Colégio Tiradentes da Polícia Militar, em Porto Velho.

Descobrir como os progressos na área da saúde estão contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de homens e mulheres é o objetivo de um grupo de alunos do primeiro ano do Ensino Médio, que trabalham o tema “Avanços da medicina: diagnósticos, cirurgias e tratamento de doenças”.

Os livros e pesquisas na internet são fontes de conhecimento teórico fundamentais para a compreensão dos aspectos da pesquisa, mas a análise em campo, com a visualização de equipamentos, programas e profissionais que atuam com eles no dia a dia, oferece maiores facilidades para entender o funcionamento e alcançar a real dimensão de como a tecnologia está aliada à saúde.

Exemplo do que aconteceu na tarde de hoje, sexta-feira 5 de novembro, no Núcleo Daia de Medicina Diagnóstica, onde os estudantes Aline Ferraz, Andréia Paixão, Emerson Silva, Joice Santos, Kaynã Matos, Larissa Câmara, Vinícios Oliveira, Yara Silva e a professora de Biologia Sâmia Oliveira tiveram a oportunidade de conhecer todas as instalações do centro diagnóstico.

A visita percorreu os núcleos de radiologia, análises clínicas, anatomia patológica, neurologia, cardiologia, gastroenterologia, fonoaudiologia, pneumologia, urologia e núcleo feminino, único espaço reservado para saúde da mulher em nossa região, terminando no núcleo de Medicina Fetal, onde os estudantes tiveram a chance de aprofundar conhecimentos sobre os usos dos equipamentos de ultra-sonografia.

As imagens oferecidas pelo aparelho são utilizadas para diagnósticos em vários locais do corpo humano, como cardiologia, gastroenterologia, ginecologia, urologia, musculoesqueletal, tendões, músculos e nervos, vascular, artérias e veias, intravascular; aspiração de líquidos guiada pelo ultra-som, e muito usada também para o acompanhamento de gestações, com a visualização do bebê, placenta e líquido amniótico.

Para as mães, esta tecnologia oferece a oportunidade de se obter imagens do bebê dentro do útero em 3D, com a percepção de traços da face e corpo da criança, além de gerar um vídeo de sua movimentação durante o período de duração do exame, sendo disponibilizado pelo Daia em DVD.

Fonte: Comunica

 

Mais Sobre Saúde