Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Tabagismo ainda é principal causa de câncer de pulmão


Deborah Souza
Agência Brasil
 
 
Brasília - A Associação Brasileira do Câncer realiza hoje (22) a campanha Consciência Viva, de conscientização sobre o câncer de pulmão.  O alerta a população sobre o perigo do tabagismo e  sobre as formas de prevenção, diagnóstico precoce e tratamentos do tipo de câncer mais comum, que mais mata no Brasil e no mundo.

“As pessoas morrem numa faixa etária ativa e é uma doença prevenível, basta que a pessoa não fume. Todo o trabalho, dessa campanha é para mostrar isso às pessoas”, disse à Agência Brasil o oncologista Murilo Buso, médico que acompanha a campanha em Brasília.

Buso destacou que o público alvo da campanha são crianças e adolescentes, de modo a evitar que adquirirem o hábito de fumar. “É importante a população entender que a grande parte dos que aprendem a fumar, começam antes dos 19 anos de idade, na adolescência, o que propicia a aquisição do vício”.
 
O médico lembrou que 90% dos casos de câncer de pulmão estão relacionados ao tabagismo. A probabilidade de fumantes adquirirem a doença é 30 vezes maior do que as pessoas que não fumam. Segundo Buso, de 10%  a 15% dos casos desse tipo de câncer são relacionados à poluição ambiental e a outras substâncias, ainda não definidas

Ele destacou que fumantes passivos também têm riscos de  contrair a doença. No caso de pessoas que convivem no ambiente doméstico, o risco é de 25%, enquanto no trabalho fica na faixa de 17%. “O fato é que o contato com a fumaça expõe o indivíduo a substâncias do alcatrão, que contêm carcinógenos e atingem o tecido pulmonar”.

Mais Sobre Saúde