Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Simpósio abordará as implicações da sonolência excessiva



Simpósio abordará as implicações da sonolência excessiva no cotidiano dos pacientes com distúrbios do sono

Encontro reunirá pneumologistas e neurologistas para discutir causas, prevalência, diagnóstico e tratamentos dos distúrbios do sono, bem como sua relação com doenças cardiovasculares

“Incidência da sonolência diurna excessiva e seus reflexos na vida dos pacientes” é o tema de simpósio no dia 18 de novembro, às 12h15, no XXXV Congresso Brasileiro de Pneumologia e Tisiologia, que ocorre no Centro de Convenções Embratel, em Curitiba, no Paraná. Os médicos participantes do simpósio, promovido pela Libbs Farmacêutica, são as pneumologistas Luciana Palombini, coordenadora do Instituto do Sono de São Paulo, e Lia Rita A. Bittencourt, professora livre-docente e adjunta de medicina e biologia do sono da Unifesp; além da neurologista Dalva Poyares, que também atua no Instituto do Sono de São Paulo e é professora livre docente do Departamento de Psicobiologia da Unifesp.

A sonolência diurna excessiva afeta hoje aproximadamente 30% da população brasileira, sendo que só no Estado de São Paulo, 50% dos habitantes têm alguma queixa em relação à qualidade do sono e alegam sentir sono durante o dia. “Os dados mostram que os transtornos do sono estão presentes no cotidiano de um grande número de pessoas, o que é muito sério por comprometer a carreira profissional e as relações pessoais, além de expor os indivíduos ao risco de acidentes, sendo fundamental um diagnóstico rápido e um tratamento eficaz”, alerta a médica Luciana Palombini.

A doutora Lia Bittencourt destaca que o Congresso Brasileiro de Pneumologia e Tisiologia reúne especialistas de todo País, o que torna o evento uma excelente oportunidade para transmitir a estes profissionais a importância de tratar o paciente de forma mais completa. Segundo Lia, é comum as doenças respiratórias estarem associadas a distúrbios no sono dos pacientes, exigindo mais esforço do sistema cardiovascular. “Por isso, é preciso trazer esclarecimentos sobre medicina do sono para garantir o estado de vigília e alerta dos pacientes e, por consequência, melhor qualidade de vida e mais segurança para a realização de tarefas cotidianas”, afirma a pneumologista.

O uso de estimulantes nos pacientes com apneia obstrutiva do sono e risco cardiovascular, bem como a persistência da sonolência diurna excessiva em 7% dos pacientes com este transtorno, mesmo após tratamento com Continuous Positive Airway Pressure (CPAP) -- aparelho que elimina a obstrução da via aérea superior por meio de pressão positiva e melhora a oxigenação do sangue durante o sono --, serão os temas abordados pela neurologista Dalva Poyares.

“Acredito que esses pacientes têm mais comorbidades (doenças paralelas), como diabetes, obesidade, hipertensão e depressão, o que torna o cérebro mais suscetível à sonolência residual diurna”, explica Dalva. Segundo a neurologista, a sonolência excessiva em pacientes com problemas cardiovasculares pode e deve ser tratada, mas o medicamento escolhido tem de ser seguro do ponto de vista cardiovascular, como é o caso da modafinila, uma exceção entre os princípios ativos hoje oferecidos para garantir o estado de vigília no sistema nervoso central.

A conversa entre os especialistas será moderada pelo médico Francisco Hora, professor-doutor em Pneumologia e Medicina do Sono, presidente da Associação Brasileira de Sono para o Biênio 2010 a 2011.

Durante o evento, a Libbs Farmacêutica promoverá em seu estande um jogo interativo com os participantes, que abordará questões referentes aos diferentes distúrbios do sono, como sintomas e conseqüências na vida das pessoas com riscos cardiovasculares.
 

XXVIII Congresso Brasileiro de Pneumologia e Tisiologia

Período: 16 a 20 de novembro de 2010

Simpósio: Sonolência diurna excessiva e sua incidência em pacientes com risco cardiovascular

Data e horário: 18 de novembro, das 12h15 às 13h30

Local: Centro de Convenções da Embratel

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 2.775, em Curitiba (PR)

Site do evento: http://www.estacaoconvention.com.br

Site da Libbs: www.libbs.com.br


 

Apneia

A Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) é caracterizada pelo ronco – tradução sonora que indica diminuição ou estreitamento da via aérea durante a passagem do ar –, e repetidas obstruções da via aérea superior. A obstrução ocorre pelo fechamento completo (apneia), parcial (hipopneia) ou pelo esforço respiratório, associado a limitação de fluxo da via aérea, o que ocasiona fragmentação do sono com presença de despertares breves (aumento da frequência do eletroencefalograma por um período de 3 a 15 segundos). A interrupção da ventilação resulta em fragmentação do sono e na queda na saturação da oxi-hemoglobina.

As conseqüências mais conhecidas são o comprometimento da capacidade de concentração e da memória, bem como o aumento da irritabilidade. Mas, com o tempo, se somam a estes fatores o estresse e o aumento dos riscos de doenças cardiorespiratórias, como hipertensão arterial, angina, infarto, derrame, diabetes, obesidade, AVC e obstruções vasculares periféricas. É uma doença grave, que pode surgir em todas as idades, desde a infância até a terceira idade, mas sua incidência maior ocorre entre homens de 35 a 65 anos de idade. Hoje, a apneia tem prevalência de 30% no Brasil, sendo de 1% a 2% os casos mais graves, segundo dados da Unifesp.

Libbs Farmacêutica -- Presente no mercado de medicamentos éticos desde 1958, a empresa tem 1.356 funcionários e opera uma moderna fábrica e a unidade de química fina em Embu (SP). Distribuindo medicamentos em todo o País, é um dos poucos laboratórios farmacêuticos no Brasil que mantêm uma unidade industrial de química fina para produção de insumos para a indústria farmacêutica. Um dos maiores laboratórios farmacêuticos de capital nacional, a Libbs tem forte atuação também nas áreas cardiovascular, ginecológica, neuropsiquiátrica, gastroenterológica, respiratória, dermatológica e oncológica.

Fonte: Clezia Martins Gomes
Lide Soluções Integradas em Comunicação

Mais Sobre Saúde

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

A deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) cobrou do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o início imediato de operação para acelerar o proje

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Uma reunião para tratar de impasses quanto ao convênio entre o Governo de Rondônia e a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos foi realiza

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Os pais de uma criança com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista Infantil (CID 10 F84.0), com crises graves de epilepsia, obtiveram, mediante

Porto-Velhense recebe apoio Conexão Azul Rosa na batalha contra o câncer de mama

Porto-Velhense recebe apoio Conexão Azul Rosa na batalha contra o câncer de mama

Paciente do Hospital de Amor Amazônia, Neusa participou de palestra sobre a doença que mais acomete mulheres no país; ela é uma das beneficiadas do pr