Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Semusa e Ministério Público iniciam capacitação para mutirão contra a Dengue


 
A parceria entre a prefeitura de Porto Velho, através da secretaria municipal de Saúde e o Ministério Público de Rondônia para o combate a Dengue, teve nesta terça feira,31,a segunda reunião com os líderes comunitários e presidentes de associações de bairros. Além destes participantes, a reunião também contou com a presença dos agentes de combate às endemias e agentes comunitários, que também vão fazer parte dos futuros Comitês Populares que vão ser implantados em cada bairro. As atividades foram coordenadas pelo secretário adjunto da Semusa, Luis Eduardo Maiorquin.

O objetivo é fazer com que os componentes dos comitês sejam multiplicadores no grande mutirão de combate a Dengue que será realizado nos próximos dias, sob a coordenação da Semusa, junto as escolas e comunidades. Para isso, os participantes estão sendo treinados através de um curso de capacitação no qual estão sendo abordados vários temas, desde o surgimento do mosquito, os sintomas, as precauções, os riscos da doença, até o tratamento.


Os Comitês Populares

Cerca de 60 pessoas entre comunitários, agentes, técnicos da Semusa e funcionários do Ministério Público receberam as primeiras orientações que vão ser levadas diretamente às comunidades durante o mutirão de combate à Dengue. Segundo o supervisor de campo da Semusa, Regilson Aguiar, a importância da capacitação é que os multiplicadores vão aprender desde as técnicas de abordagem, entrega de panfletos que realmente atinja o objetivo, até como preencher o formulário que vai registrar os dados da visita.

“É importante que se faça desta visita, um momento mais proveitoso possível, porque além de orientar e prevenir a Dengue, os voluntários vão estabelecer um vínculo de confiança entre a Semusa e a  comunidade, portanto devem estar bem preparados” argumentou o técnico.

Segundo os próprios líderes comunitários, algumas parcerias já estão sendo firmadas no bairro, como a convocação dos moradores, reuniões nas escolas, nas igrejas e até com um grupo de jovens escoteiros, como no bairro Tancredo Neves. Vamos fazer uma varredura no bairro para combater a Dengue, chamando todos à responsabilidade” afirmou o  presidente da associação,Jorge Luis.

Ainda na reunião, foram feitos alguns agendamentos para iniciar a mobilização social no controle da Dengue e também para que as capacitações sejam levadas para o bairro. ”Nós devemos estabelecer um calendário de treinamentos, para que os nossos técnicos possam ir até o bairro, reunindo o maior número de pessoas possível, que vão receber as orientações para o combate a dengue, alcançando o grande objetivo do mutirão que é afastar a possibilidade de um surto de Dengue em Porto Velho” finalizou o secretário adjunto, Luis Eduardo Maiorquin.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Saúde