Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Saúde

Semusa atualiza profissionais para coleta de preventivo e planejamento familiar


 
Cerca de 80 profissionais de enfermagem que atuam nas Unidades de Saúde e técnicos da secretaria municipal de Saúde (Semusa) participaram de uma capacitação em serviço sobre a prática em PCCU (Prevenção do Câncer do Colo do Útero) no Centro de Referência em Saúde da Mulher, na Policlínica Rafael Vaz e Silva. Os participantes foram orientados por uma equipe de profissionais, coordenados pela médica Claudete Martins, especialista em ginecologia e obstetrícia. São colaboradoras as médicas Maria Odete, Livias Leite e a bioquímica e citopatologista, Nelcina, além dos enfermeiros da rede municipal que atuam na Estratégia Saúde da Família.

O evento teve como objetivo aprimorar a técnica em coleta de material citopatológico para o diagnóstico precoce do câncer de colo do útero, com vistas a melhoria da qualidade dos serviços ofertados à população feminina do município. A Semusa mobilizou três setores internos para dar apoio logístico e profissional no curso, o departamento de Atenção Básica (DAB), a divisão de Programas Especiais (DPE) e a divisão de Apoio ao Diagnóstico (DAD).

Para atendimento no período do curso, os profissionais do ambulatório da unidade Rafael Vaz e Silva, fizeram durante uma semana um pré-agendamento das pacientes, o que resultou em quase 50 mulheres para um dia de coleta com livre demanda. A estudante Joana Darc de Brito, 26 anos de idade, foi umas das mulheres agendadas e atendida pela enfermeira da unidade, que a convenceu da importância do exame. “Há seis anos não fazia a coleta, pois não me sentia a vontade. Estou nervosa, mas confiante de que é o melhor para mim” – disse.

A médica Claudete Martins disse que os procedimentos apresentados no curso são de suma importância para a uniformização da coleta do preventivo na rede pública, pois existe protocolo para coleta, armazenamento de lâminas, preenchimento de formulários, ações fundamentais para obtenção do resultado final e acompanhamento da paciente.

Segundo o secretário Williames Pimentel, a secretaria está em fase de reestruturação do programa de formação continuada para os profissionais das Unidades de Saúde e tem intensificado o trabalho de atenção à mulher, com vistas no planejamento familiar. Em março deste ano, foram realizadas aulas teóricas para os profissionais da saúde sobre a coleta de preventivo. “Após a capacitação vamos intensificar a coleta do preventivo nas unidades e fomentar ainda mais o trabalho em parceria com o planejamento familiar, que também terá uma ação conjunta com o Programa Saúde do Homem” – adiantou o secretário Pimentel.

O trabalho de coleta é realizado em todas as Unidades de Saúde e encaminhado para o laboratório do Centro de Referência da Mulher, onde é feita a leitura e encaminhamento para acompanhamento médico, nos casos especiais o tratamento é feito no próprio centro. Na rotina das unidades básicas é feita uma média de 12 a 15 coletas de preventivo por dia.

Fonte: Aurimar Lima

 

Mais Sobre Saúde

Dia V de Multivacinação no sábado (25/06) movimentou as unidades de saúde em Porto Velho

Dia V de Multivacinação no sábado (25/06) movimentou as unidades de saúde em Porto Velho

Porto Velho promoveu, no último sábado (25), a campanha nacional do Dia V de Multivacinação para atualização das vacinas de rotina e complementação

Ministério Público volta a exigir máscara facial no ambiente interno

Ministério Público volta a exigir máscara facial no ambiente interno

A Procuradoria-Geral de Justiça publicou na última sexta-feira (24/6) no Diário Oficial da Instituição uma nova portaria que torna obrigatório o uso

Sejus abre Processo Seletivo para contratação temporária de profissionais da área da Saúde

Sejus abre Processo Seletivo para contratação temporária de profissionais da área da Saúde

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Justiça – Sejus publicou no Diário Oficial Edição Suplementar 118.2, de 24 de junho de 20

Rondônia e mais 16 estados brasileiros estão com indícios de crescimento na tendência de SRAG

Rondônia e mais 16 estados brasileiros estão com indícios de crescimento na tendência de SRAG

Estudo realizado pela FIOCRUZ mostra que os casos de covid-19 continuam crescendo no país, desde meados de abril, e já respondem por 71,2% das ocorr