Porto Velho (RO) terça-feira, 16 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Secretaria de Meio Ambiente realiza campanha para eliminar caramujo africano em Rolim de Moura

Objetivo é sensibilizar a população a contribuir a eliminar o molusco que infesta os quintais nesta época do ano


Secretaria de Meio Ambiente realiza campanha para eliminar caramujo africano em Rolim de Moura - Gente de Opinião

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMMADU), através da Coordenação de Projetos de Educação Ambiental está executando Projeto de Campanha de Combate do Caramujo- gigante- africano (Achatinafulica). A coordenação do Projeto está a cargo da bióloga, Regiane Mônica dos Reis. Ela explicou que este projeto refere-se ao desenvolvimento de uma campanha de combate ao caramujo africano na cidade de Rolim de Moura.

Mônica dos Reis destacou que o objetivo é orientar a população rolimourense quanto aos perigos à saúde e as formas de combate e controle do Caramujo- Gigante-Africano, buscando desenvolver o espírito de cidadania, por meio da participação social e conscientizar os cidadãos sobre a importância da contribuição de todos para eliminar o caramujo.

O desenvolvimento da campanha está sendo realizado por meio de palestras educativas a alunos e formação de professores da rede municipal, em parceria com a Secretaria de Educação Cultura (SEMEC) bem como palestras nas associações de bairros que apresentarem interesse.

No dia 10 deste mês, a palestra ocorreu na sede da Associação de Moradores do Bairro Cidade Alta, o bairro mais populoso do município.  Os trabalhos tiveram seqüência no dia 11 com a  Formação com os professores da Escola Dionísio Quintino, e na quinta-feira dia 18 será a vez da formação com os professores das Escolas Dina Sfat e Valdeci Sgarb Filho e também na faculdade Uniasselvi.

A bióloga explicou que a forma adequada de eliminar o molusco dos quintais é fazendo a catação com uso de luvas, periodicamente do caramujo, colocá-los em saco plástico ou recipiente contendo cal virgem, posteriormente fazer uma cova, cobrir o funda da cova com cal virgem e depositar os caramujos já mortos pela cal e cobrir a cova ao nível do solo. Ela também orientou que crianças e adultos não podem manusear os caramujos sem proteger as mãos, pois eles podem transmitir doenças. O correto e usar luvas. 

Mais Sobre Saúde

Emagrecimento e bariátrica: mudança que precisa de incentivo da família

Emagrecimento e bariátrica: mudança que precisa de incentivo da família

Decidir passar por uma cirurgia bariátrica é algo que requer, além da vontade do próprio paciente, o apoio da família. "O incentivo deve começar ant

Inicia nesta quarta-feira força-tarefa para realizar mais de 2,4 mil cirurgias de catarata em Rondônia

Inicia nesta quarta-feira força-tarefa para realizar mais de 2,4 mil cirurgias de catarata em Rondônia

Em todo o estado de Rondônia, de acordo com dados do Sistema de Regulação do (Sisreg) existem aguardando para realização de cirurgia de catarata,

Médicos voluntários salvam a vida de dois pacientes após queda de árvore no distrito de Surpresa

Médicos voluntários salvam a vida de dois pacientes após queda de árvore no distrito de Surpresa

Médicos voluntários salvam a vida de dois pacientes após queda de árvores no distrito de Surpresa Na madrugada gelada no meio do Rio Mamoré, uma

Doutores sem Fronteiras realizam mais de 2 mil atendimentos gratuitos em comunidades do Vale Guaporé

Doutores sem Fronteiras realizam mais de 2 mil atendimentos gratuitos em comunidades do Vale Guaporé

Completando o oitavo dia de atendimento no Vale do Guaporé a bordo do barco hospital Walter Bártolo, os voluntários do Doutores sem Fronteiras já re