Porto Velho (RO) quarta-feira, 22 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Secretaria de Meio Ambiente realiza campanha para eliminar caramujo africano em Rolim de Moura

Objetivo é sensibilizar a população a contribuir a eliminar o molusco que infesta os quintais nesta época do ano


Secretaria de Meio Ambiente realiza campanha para eliminar caramujo africano em Rolim de Moura - Gente de Opinião

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMMADU), através da Coordenação de Projetos de Educação Ambiental está executando Projeto de Campanha de Combate do Caramujo- gigante- africano (Achatinafulica). A coordenação do Projeto está a cargo da bióloga, Regiane Mônica dos Reis. Ela explicou que este projeto refere-se ao desenvolvimento de uma campanha de combate ao caramujo africano na cidade de Rolim de Moura.

Mônica dos Reis destacou que o objetivo é orientar a população rolimourense quanto aos perigos à saúde e as formas de combate e controle do Caramujo- Gigante-Africano, buscando desenvolver o espírito de cidadania, por meio da participação social e conscientizar os cidadãos sobre a importância da contribuição de todos para eliminar o caramujo.

O desenvolvimento da campanha está sendo realizado por meio de palestras educativas a alunos e formação de professores da rede municipal, em parceria com a Secretaria de Educação Cultura (SEMEC) bem como palestras nas associações de bairros que apresentarem interesse.

No dia 10 deste mês, a palestra ocorreu na sede da Associação de Moradores do Bairro Cidade Alta, o bairro mais populoso do município.  Os trabalhos tiveram seqüência no dia 11 com a  Formação com os professores da Escola Dionísio Quintino, e na quinta-feira dia 18 será a vez da formação com os professores das Escolas Dina Sfat e Valdeci Sgarb Filho e também na faculdade Uniasselvi.

A bióloga explicou que a forma adequada de eliminar o molusco dos quintais é fazendo a catação com uso de luvas, periodicamente do caramujo, colocá-los em saco plástico ou recipiente contendo cal virgem, posteriormente fazer uma cova, cobrir o funda da cova com cal virgem e depositar os caramujos já mortos pela cal e cobrir a cova ao nível do solo. Ela também orientou que crianças e adultos não podem manusear os caramujos sem proteger as mãos, pois eles podem transmitir doenças. O correto e usar luvas. 

Mais Sobre Saúde

Auditório lotado no I Seminário da AMB-RO em pediatria

Auditório lotado no I Seminário da AMB-RO em pediatria

O terceiro evento de atualização profissional da AMB-RO repetiu o sucesso dos seminários anteriores realizados pela instituição, com médicos e estudan

Sapiens FGV realiza II Fórum da Saúde – “Os desafios da gestão na área da Saúde”

Sapiens FGV realiza II Fórum da Saúde – “Os desafios da gestão na área da Saúde”

No dia 23 de maio, às 19h, mais um evento será promovido, trata-se do II Fórum da Saúde, que nesta edição terá o tema “Os desafios da gestão na área d

Deputado Lazinho da Fetagro propõe atendimento preferencial à portadores de fibromialgia

Deputado Lazinho da Fetagro propõe atendimento preferencial à portadores de fibromialgia

Em atenção às pessoas que portam a doença fibromialgia, o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) indicou ao Governo do Estado, por meio da Secret

Porto Velho: Ação na unidade de saúde Castanheira oferece tratamento auditivo

Porto Velho: Ação na unidade de saúde Castanheira oferece tratamento auditivo

A Unidade Básica de Saúde da Família do bairro Castanheira, na zona Sul de Porto Velho, realizou, no último sábado (18/5), uma ação de acolhimento e a