Porto Velho (RO) sexta-feira, 13 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Rede Fhemeron:Estado investe mais de um milhão, mensalmente


O governo do Estado investe, mensalmente, mais de um milhão de reais na estrutura da Rede Fhemeron. A utilização dos recursos envolve o custo de processamento do sangue coletado, manutenção da parte física e de equipamentos, compra de materiais e pagamento de servidores. O custo geral é mantido, na maioria, com recursos do Estado e uma parte com repasses federais.

"Todos os meses a administração Ivo Cassol investe, com recursos próprios, oriundos da arrecadação estadual, mais de 700 mil reais. O restante, 300 mil, vem de repasse federal obrigatório. O serviço prestado pela Fhemeron tem um preço elevado, pois trabalhamos com diversos hemoderivados, que para produção demandam um alto custo", afirmou Milton Moreira, secretário de Estado da Saúde.

O custo para o preparo de hemoderivados é alto e necessita de matérias e equipamentos específicos para cada produto. Para se produzir uma bolsa de sangue através do método Afere, o Estado investe R$ 1.022,67. Para a bolsa de sangue do tipo Randômica, o governo gasta R$ 130,57 e para a Filtrada R$ 330,57. As bolsas prontas são utilizadas nas unidades de saúde de todo o Estado.

"Apesar de muitos pensarem que, após a doação, o sangue já esteja pronto para transfusão, isso não ocorre. O sangue precisa passar por processos específicos, para serem utilizados" disse Milton Moreira, acrescentando que o atual governo investiu muito na rede Fhemeron. "Hoje atendemos com a Fhemeron da Capital que é o Hemocentro Coordenador, o Hemocentro Regional de Vilhena, 05 Unidades de Coleta e Transfusão (UCT) 22 Agências Transfusionais (AT)" explicou Milton Moreira.

Fonte: Toninha lima – DRT-234/RO

 

Mais Sobre Saúde

Último dia de inscrições para contratação emergencial

Último dia de inscrições para contratação emergencial

Esta quarta-feira (4) é o último dia para candidatos interessados na contratação emergencial oferecida pela Prefeitura da capital fazer a inscrição ao

Caso raro de adolescente atendido no Pronto Socorro João Paulo II emociona profissionais de saúde

Caso raro de adolescente atendido no Pronto Socorro João Paulo II emociona profissionais de saúde

João Victor Souza Lenzi, 15 anos, morador do distrito de Jacinópolis, em Nova Mamoré, fazia suas atividades normalmente e, como maioria dos adoles

Pesquisadores descobrem nova espécie de inseto em Rondônia

Pesquisadores descobrem nova espécie de inseto em Rondônia

Em recente estudo, desenvolvido por pesquisadores da Fiocruz Rondônia, em parceria com o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), foi

Mutirão para cirurgias de catarata deve zerar a fila da regulação em Rondônia, prevê o governo estadual

Mutirão para cirurgias de catarata deve zerar a fila da regulação em Rondônia, prevê o governo estadual

Neste fim de semana, a Sol Oftalmologia lotou com homens e mulheres em mutirão de cirurgias de catarata*. Até o final do mês, mais quatrocentas pessoa