Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Rede Fhemeron:Estado investe mais de um milhão, mensalmente


O governo do Estado investe, mensalmente, mais de um milhão de reais na estrutura da Rede Fhemeron. A utilização dos recursos envolve o custo de processamento do sangue coletado, manutenção da parte física e de equipamentos, compra de materiais e pagamento de servidores. O custo geral é mantido, na maioria, com recursos do Estado e uma parte com repasses federais.

"Todos os meses a administração Ivo Cassol investe, com recursos próprios, oriundos da arrecadação estadual, mais de 700 mil reais. O restante, 300 mil, vem de repasse federal obrigatório. O serviço prestado pela Fhemeron tem um preço elevado, pois trabalhamos com diversos hemoderivados, que para produção demandam um alto custo", afirmou Milton Moreira, secretário de Estado da Saúde.

O custo para o preparo de hemoderivados é alto e necessita de matérias e equipamentos específicos para cada produto. Para se produzir uma bolsa de sangue através do método Afere, o Estado investe R$ 1.022,67. Para a bolsa de sangue do tipo Randômica, o governo gasta R$ 130,57 e para a Filtrada R$ 330,57. As bolsas prontas são utilizadas nas unidades de saúde de todo o Estado.

"Apesar de muitos pensarem que, após a doação, o sangue já esteja pronto para transfusão, isso não ocorre. O sangue precisa passar por processos específicos, para serem utilizados" disse Milton Moreira, acrescentando que o atual governo investiu muito na rede Fhemeron. "Hoje atendemos com a Fhemeron da Capital que é o Hemocentro Coordenador, o Hemocentro Regional de Vilhena, 05 Unidades de Coleta e Transfusão (UCT) 22 Agências Transfusionais (AT)" explicou Milton Moreira.

Fonte: Toninha lima – DRT-234/RO

 

Mais Sobre Saúde

Exames para diagnosticar doenças autoimunes começam ser realizados pelo Laboratório de Patologia ainda no primeiro semestre deste ano

Exames para diagnosticar doenças autoimunes começam ser realizados pelo Laboratório de Patologia ainda no primeiro semestre deste ano

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), através do Laboratório Estadual de Patologia e Análises Clínicas de Rondônia (Lepac), vai oferecer, ainda no p

Doutores Sem Fronteiras planejam ações em Rondônia e mais dois estados em 2019

Doutores Sem Fronteiras planejam ações em Rondônia e mais dois estados em 2019

A ONG Doutores Sem Fronteiras (DSF) já está finalizando o planejamento de ações para o ano. O anúncio foi feito pelos irmãos e sócios-fundadores da

Semusa orienta pais a não deixarem de vacinar filhos por falta de caderneta de vacinação

Semusa orienta pais a não deixarem de vacinar filhos por falta de caderneta de vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa) orienta os pais a não deixarem de vacinar os filhos pela falta de caderneta de vacinação. “O c

Rondônia: Três besouros foram confirmados infectados com doença de Chagas em 2018

Rondônia: Três besouros foram confirmados infectados com doença de Chagas em 2018

Em Rondônia foram confirmados três casos de besouros infectados com doença de Chagas no ano de 2018, que passou a ser o período com maior índice d