Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Saúde

Primeiro transplante ósseo da região Norte acontece no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, nesta terça-feira (16)


O serviço visa atender pacientes que estão na fila de espera por enxertos ósseos - Gente de Opinião
O serviço visa atender pacientes que estão na fila de espera por enxertos ósseos

Com o objetivo de atender pacientes que estão na fila de espera por enxertos ósseos, para correções de falhas de consolidações por traumas, o Governo de Rondônia vai realizar o primeiro transplante ósseo da região Norte, na terça-feira (16). Com o credenciamento autorizado pelo Ministério da Saúde, a equipe especializada de tecido musculoesquelético do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro dá início ao serviço no Estado.

O beneficiado pela cirurgia é um morador de Porto Velho, de 30 anos, que vai receber o procedimento de enxerto ósseo homólogo, devolvendo a locomoção e funções cotidianas ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O governador de Rondônia, Marcos Rocha evidenciou a importância do serviço para a saúde do Estado. “Dessa forma, diminuímos a necessidade de que os pacientes se desloquem para outros estados em busca do tipo de tratamento especializado, oferecendo um serviço de alta complexidade e com profissionais capacitados no Estado”, pontuou. 

ATENDIMENTO

Segundo a coordenadora do setor de transplante ósseo, Thaís Santos, para realizar o transplante ósseo no Hospital de Base, o usuário do SUS deve, antes de tudo, estar regulado. Para isso, basta ir até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, e após o diagnóstico de perda ou falha óssea decorrente de fraturas ou deformidades congênitas será encaminhado para uma avaliação. A coordenação entrará em contato via ligação ou whatsapp, a fim de agendar consulta com o médico especialista em transplante.

Nos casos em que haja necessidade de procedimento, o paciente entra para um fila de espera e vai passar por exames preparatórios pré-cirurgia. É de suma importância que o cartão SUS esteja atualizado, para que o contato com o paciente seja executado com sucesso pela regulação. 

De acordo com o titular da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o objetivo é estimular ainda mais o desenvolvimento da saúde e promover a descentralização de serviços.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Projeto Salus leva serviços de saúde gratuitos à Aldeia Karitiana Central

Projeto Salus leva serviços de saúde gratuitos à Aldeia Karitiana Central

Em uma iniciativa conjunta, o Centro Universitário Aparício Carvalho – FIMCA e a 17ª Brigada de Infantaria e Selva realizaram uma edição especial do

Investimento em tecnologia faz com que procedimentos sejam cada vez menos invasivos

Investimento em tecnologia faz com que procedimentos sejam cada vez menos invasivos

O avanço da tecnologia na área da cirurgia plástica tem contribuído para que os procedimentos sejam cada vez mais minimamente invasivos e a recuperaç

Telefone 192 do Samu apresenta instabilidade e município disponibiliza contato alternativo temporário

Telefone 192 do Samu apresenta instabilidade e município disponibiliza contato alternativo temporário

O número (69) 98473-6211 foi colocado à disposição, exclusivamente para ligações. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informa à população qu

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)