Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Prevenção de acidentes em discussão no H. Base


 
Uma série de palestras está sendo realizada nesta quinta-feira (9), das 8h30 às 17 horas, na Sala da Residência Médica do Hospital de Base Ary Pinheiro, em Porto Velho, por ocasião do 2º Encontro de Amigos da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) do HB. Entre os temas abordados por especialistas de áreas distintas, estão Dependência Química/Epidemia Mundial; Tratamento de Dependência Química no CAPS; Efeitos do Alcoolismo e drogas no ambiente de trabalho; Tabagismo: efeitos nocivos da nicotina e outros derivados; Hipertensão arterial relacionada ao trabalho; Perda auditiva relacionada ao trabalho ocupacional; Precauções na exposição a materiais biológicos; Doenças ósteo-musculares relacionadas ao trabalho; e Absenteísmo com ênfase na saúde.

Na abertura, o diretor do HB, Amado Rahhal, destacou a importância do evento para a saúde dos servidores da unidade médica, ressaltando a atuação da Cipa e do CAPS com vistas a fortalecer as políticas de prevenção de doenças. Ele ainda destacou os trabalhos realizados pela administração estadual nos últimos oito anos voltados à melhoria do hospital, como reformas, ampliações, implantações de programas e compras de equipamentos de última geração, reduzindo custos com tratamento fora de domicílio e evitando a ida dos pacientes para outros centros urbanos.

“Estamos saindo com a sensação de dever cumprido. Mas apesar do muito que fizemos, temos consciência de que também há muito a ser feito”, disse Amado em tom de despedida, uma vez que a partir de 1º de janeiro de 2011 a unidade médica estará sob nova direção.

Além de novos leitos, UTI Neonatal e reformas do prédio e da ala de psiquiatria, o HB ganhou um auditório com capacidade para 100 pessoas, lavanderia, almoxarifado, cozinha, refeitório com 200 lugares e salas para o Programa de Residência Médica. Paralelamente, está sendo construído, em área anexo, o prédio onde funcionará o hospital infantil Cosme e Damião, previsto a ser inaugurado em março. Todos os recursos são oriundos das compensações da usina hidrelétrica de Santo Antônio.

Sobre a dependência química, um dos palestrantes, Olney Fontes, da Junta de Serviços Gerais de AA do Brasil, lembrou que se trata de um problema de saúde pública e segurança, pois acarreta doenças e também desencadeia a violência no ambiente familiar e também no convívio social. As estimativas são que pelo menos 10% da população mundial têm algum tipo de dependência química. “Em nossa palestra, que tem como público alvo os profissionais de saúde, apresentamos alternativas para lidarmos com esse problema que afeta a saúde e o convívio social”, disse Olney Fontes.

Ainda como atividade fim do 2º Encontro de Amigos da Cipa do HB, será realizado nesta sexta-feira (10), das 8 às 17 horas, no TRT, o II Seminário de Alcoólicos Anônimos para Profissionais de Saúde.

Fonte: AI/Sesau
Veronilda Lima

 

Mais Sobre Saúde

Rondônia - Por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas, Sesau implanta folha de ponto eletrônica

Rondônia - Por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas, Sesau implanta folha de ponto eletrônica

A instalação de folha de ponto eletrônica em unidades de saúde da rede pública estadual é adotada pelo governo de Rondônia em cumprimento à determinaç

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

A deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) cobrou do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o início imediato de operação para acelerar o proje

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Uma reunião para tratar de impasses quanto ao convênio entre o Governo de Rondônia e a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos foi realiza

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Os pais de uma criança com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista Infantil (CID 10 F84.0), com crises graves de epilepsia, obtiveram, mediante