Porto Velho (RO) terça-feira, 29 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Prefeitura recupera saúde bucal na capital



O projeto Sorria Porto Velho, coordenado pela secretaria municipal de Saúde (Semusa) e implantado na gestão do prefeito Roberto Sobrinho, tem beneficiado milhares de pessoas, com atendimentos odontológicos gratuitos e de qualidade. São serviços diversos como profilaxia, aplicação de flúor, restauração e obturação, tratamentos de canais e outros de média complexidade. O projeto é desenvolvido nas Unidades de Saúde da Família (USF) e nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO).

Estes últimos somam hoje três em Porto Velho (nas policlínicas José Adelino, Hamilton Gondim e Manoel Amorim) e oferecem serviços especializados, como tratamento endodôntico, atendimento aos pacientes com necessidades especiais, cirurgia oral menor, periodontia, que é o tratamento de gengiva e diagnóstico bucal, com ênfase ao diagnóstico de câncer bucal.

Segundo Ancy Riva, da divisão de Saúde Bucal da Semusa, a pessoa é atendida na unidade de saúde, se o caso for simples é resolvido lá mesmo, se for necessário um tratamento mais complexo, ela é encaminhada para o CEO. “Além disso, as equipes da Semusa fazem palestras e distribuição de kits de escovação para as famílias e com orientação profissional. Estes kits são compostos por escova, creme e fio dental”, disse ela.

Ancy explica que com o projeto muitas pessoas voltaram a sorrir e também se despediram das constantes dores, devido as inflamações ou demais problemas. “Pessoas com vergonha de sorrir porque tinham os dentes danificados, hoje podem sorrir de novo, pois tiveram a oportunidade de fazer o tratamento necessário”, ressaltou.

Segundo o secretário Willames Pimentel, com o projeto Sorria Porto Velho, o município dá acesso à saúde bucal que era extremamente difícil e limitada, fazendo com que as pessoas se acostumassem a procurar atendimento odontológico somente em casos de dor. “Com os investimentos que a prefeitura de Porto Velho tem feito e com os recursos do governo federal, hoje nossas unidades podem oferecer outros serviços odontológicos e estes procedimentos permitem a salvação de muitos dentes que antes seriam extraídos. Além disso, estes investimentos têm garantido ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal de nossas comunidades, entendendo que esta é fundamental para a saúde geral e qualidade de vida da população”, destacou Pimentel.

Com a implantação do projeto, a procura por atendimento tem crescido acentuadamente. Foram cerca de 24.564 atendimentos só para escovação supervisionada; 170 mil atendimentos nos serviços de atenção básica, como limpeza, aplicação de flúor e obturação e nos CEO’s 23 mil procedimentos.

Fonte: Meiry Santos
 

Mais Sobre Saúde