Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Prefeitura de P.Velho capacita fiscais da Vigilância Sanitária


 
Fiscais sanitários recém contratados pela prefeitura de Porto Velho participarão de curso de capacitação no período de 16 a 27 de maio, a partir das 8 horas, no auditório da Fatec. O curso tem como objetivo preparar os servidores para realizarem inspeções sanitárias nas novas áreas assumidas pelo Município, a serem desempenhadas a partir de junho próximo.

Conforme a Assessora técnica da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), para área de Vigilância Sanitária, Mirlene Morais de Souza, as novas atribuições da prefeitura serão direcionadas para fiscalização em clínicas, consultórios médicos e odontológicos, laboratórios clínicos e de próteses dentárias, empresas de massagens, cozinhas hospitalares e empresas de transportes coletivos, dentre outras. Essas ações foram aprovadas na última reunião do Conselho Municipal de Saúde, realizada em abril. Antes, elas eram realizadas pelo Estado.

Mirlene informou que a qualificação dos novos fiscais sanitários é uma das prioridades da prefeitura, através da Semusa. “Isso demonstra a importância que o Município tem dado à prevenção e promoção da saúde pública, bem como à qualidade nas ações dos fiscais durante o exercício da função”, destacou. As aulas vão abordar desde o conceito da Vigilância Sanitária, território de atuação, ética, poder de polícia, interdição, monitoramento de produtos e serviços, orientação e educação, dentre tantos outros.

O curso terá como instrutoras três técnicas da Vigilância Sanitária de Curitiba, com referências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ana Maria Moiczuk Rego será a coordenadora e instrutora principal. “Nossa preocupação maior é cumprir as novas atribuições de forma organizada e com qualidade, tendo sempre como foco principal a saúde da população”, afirmou.

De acordo com Mirlene Morais, tanto o prefeito Roberto Sobrinho, quanto o secretário Williames Pimentel e o diretor do Departamento de Vigilância Sanitária Municipal, Ronald Gabriel estão dando uma atenção toda especial para a capacitação dos fiscais – aos 15 recém-contratados e os antigos, num total de 22 profissionais -, considerando o aumento da população e, consequentemente, de estabelecimentos comerciais a serem fiscalizados. Além das novas atribuições, os servidores também estarão preparados para as que já eram exercidas anteriormente - fiscalização de bares, lanchonetes, restaurantes, panificadoras e drogarias.

Fonte: Augusto José

 

Mais Sobre Saúde

Projeto que ajuda a reduzir danos psicoemocionais em pacientes com Covid-19 recebe apoio da Sicoob Credip

Projeto que ajuda a reduzir danos psicoemocionais em pacientes com Covid-19 recebe apoio da Sicoob Credip

O Hospital Regional de São Francisco do Guaporé, em Rondônia, é referência em saúde para o tratamento hospitalar da Covid-19, em casos que demandem in