Porto Velho (RO) sábado, 19 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Porto Velho tem o primeiro caso suspeito do vírus tipo A


 

 
Uma criança de um ano e meio, vinda de Barcelona, Espanha foi internada no hospital Cemetron, nesta terça feira, 05, com suspeita de estar com o vírus influenza tipo “A”, anteriormente conhecido como gripe suína.

De acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, a criança que depois de passar por São Paulo e liberada em Brasília com o risco de transmissão praticamente descartado, chegou a Porto Velho em vôo comercial, no qual todos os passageiros foram cadastrados para acompanhamento e monitoramento dos sintomas da doença. A princípio, a determinação do Ministério da Saúde era de que a criança deveria apenas ser resgatada no aeroporto e levada para casa em ambulância, o que foi prontamente cumprido pela equipe do Serviço Móvel de Urgência, SAMU.

Ao final da manha, o Ministério da Saúde em correspondência oficial à secretaria municipal de Saúde, enviou novas determinações, de que a criança precisava ser internada e mantida em observação. Segundo o protocolo do Ministério da Saúde, o quadro clínico da criança é “de febre e tosse, procedente de área infectada, definindo caso suspeito e deve ser internada no isolamento respiratório por dez dias, além de serem aplicadas todas as medidas conforme consta no Plano de Preparação para o Enfrentamento da Pandemia”.

Para o cumprimento das determinações do Ministério da Saúde, a criança foi resgatada em casa e levada para o hospital Cemetron, ainda na terça feira à tarde, tão logo chegou a determinação. A criança deverá ficar em isolamento, para contenção do vírus e disseminação da doença. “O Ministério da Saúde entendeu que uma vez que a criança foi liberada para viajar, passando por São Paulo e Brasília , vindo desembarcar em Porto Velho, o quadro não apresentava risco, porém uma nova determinação posterior também do Ministério da Saúde mudou os procedimentos, colocando esta criança em isolamento por precaução até que se tenha a identificação do vírus” argumentou o secretário municipal de Saúde, Williames Pimentel.

A criança está sendo acompanhada pelo especialista do Cemetron, infectologista Rui Rafael Durlacher, capacitado para o diagnóstico e tratamento de influenza A, que estará emitindo o primeiro boletim médico sobre o caso, nesta quarta feira, às 10:00hs, quando acontece a entrevista coletiva dada pelo secretário municipal de saúde, Williames Pimentel juntamente com os diretores do Cemetron, no auditório do Centro de Medicina Tropical( Cemetron).

Fonte: Ascom

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr