Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Parceria com Porto Velho Shopping complementa vacinação contra a rubéola



A Coordenação Estadual de Imunização (CEI) da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa) estabeleceu nesta semana uma parceria com o Porto Velho Shopping, na Capital, para atingir a meta de 95% de cobertura vacinal contra a rubéola no Estado de Rondônia.

Assim, de acordo com a médica Elba Miranda, Coordenadora Estadual de Imunização, a partir desta quarta-feira, até a primeira semana de janeiro, a vacinação contra a rubéola estará sendo realizada num espaço adaptado no segundo piso do Porto Velho Shopping, com vistas a aproveitar o deslocamento das pessoas por ocasião das compras de fim de ano, chamando-as para a importância da vacinação contra a rubéola.

Elba Miranda informa que a administração do PVH Shopping foi bastante receptiva para colaborar com mais essa causa de saúde pública. Segundo ela, faltam poucas pessoas para serem vacinadas e é importante procurá-las nos principais pontos de acesso.

Homens são mais resistentes:
A vacinação contra a rubéola estabeleceu neste ano vacinar a população na faixa etária entre 20 e 39 anos, que é a população mais vulnerável em contrair a doença, porém, os homens são mais resistentes em procurar a vacina. Até hoje, o quadro no Estado mostra um percentual de 97,60% das mulheres vacinadas, contra 91,63% dos homens. Os homens contaminados pela rubéola podem transmitir o vírus para mulheres em idade gestacional, o que representa grave perigo. A imunização tem uma visão voltada para a prevenção. A conseqüência do trabalho além de erradicar a doença possibilita economia de recursos e melhoria no tratamento de portadores de rubéola.  “Neste sentido, é interessante observar o chamamento para que os homens também busquem os serviços de Saúde para a vacinação”, cita Elba Miranda.

Perigos da Rubéola:
A rubéola é uma doença aguda causada por vírus, muito contagioso, que se transmite com extrema facilidade. A pessoa doente pode apresentar manchas avermelhadas na pele, começando no pescoço, que depois se alastra para o tronco, pernas e braços. Podem estar presentes, também, alguns sintomas gripais, dor de cabeça, dores generalizadas, conjuntivite, coriza e tosse. É importante saber que a metade dos casos de rubéola são assintomáticos, ou seja, em 59% dos casos os sintomas não estão presentes, não são visíveis.

Fonte: Decom

Mais Sobre Saúde