Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

OUTUBRO ROSA: Presidente do Instituto Moça Bonita ministra palestra em Porto Velho

A programação inclui ainda a palestra “Os Direitos do Paciente com Câncer”, com o advogado Júlio Marques, presidente da Abras


OUTUBRO ROSA: Presidente do Instituto Moça Bonita ministra palestra em Porto Velho - Gente de Opinião

O médico de origem libanesa Aref Muhieddine, radioterapeuta, presidente do Instituto Internacional Moça Bonita, realiza a palestra filantrópica em Porto Velho “Câncer: Entendendo para Prevenir”, nesta terça-feira,22, às 19h30, na Casa Blanca Eventos. A atividade é em alusão ao Outubro Rosa. 

A programação conta ainda com a abordagem do vice-presidente da Associação Brasileira dos Advogados da Saúde (Abras), Júlio Marques, que discorrerá sobre o tema “Os Direitos do Paciente com Câncer”. Marques também integra a equipe do Moça Bonita. 

“Será uma palestra educacional, na busca da prevenção e diagnóstico precoce do câncer, além de informar e ressaltar os cuidados com a saúde e bem-estar em mulheres jovens que estão com a doença. A explanação de Júilio Marques também merece destaque”, declara Aref Muhieddine. 

O dinheiro arredado será revertido para o Moça Bonita para custear as ações sociais promovidas pela entidade em diversos pontos no Brasil, que tem como foco mulheres com câncer na faixa etária dos 20 aos 50 anos.

 

Trabalho humanizado 

O trabalho da equipe é humanizado e multidisciplinar, não focando apenas o tratamento da paciente. “Essas pacientes recebem o atendimento de acordo com as suas reais necessidades”,  afirma o presidente do Moça Bonita 

Entre os serviços oferecidos, estão consultas com especialistas, congelamento de óvulos, cirurgias, pesquisa genética, radioterapia, acompanhamento odontológico antes e durante o tratamento oncológico, atendimento com nutricionista e fisioterapeuta. 

 

 Lançamento no Brasil 

A entidade iniciou o trabalho filantrópico humanizado em 2016 no Líbano, porém o presidente sentiu a necessidade de estender essa ação social para o Brasil, especialmente nas áreas com população de menor poder aquisitivo, que não tem acesso aos serviços de saúde. 

Desta forma, em agosto deste ano o projeto foi lançado em São Paulo. O trabalho está beneficiando, inicialmente, 20 mulheres jovens já diagnosticadas com câncer e que ganham, individualmente, até três salários mínimos. 

 

Rondônia 

Dois rondonienses integram a equipe do Instituto – o médico Cid Scarpa, que já participou de duas ações sociais do Moça Bonita no Líbano, e a empresária Sânia Miranda, madrinha da entidade na região Norte.

 

Convites 

Os convites para o evento podem ser adquiridos na Casa Blanca Eventos e no consultório do médico Cid Scarpa, no Hospital Central, na capital.

Médico Aref Muhieddine - Gente de Opinião
Médico Aref Muhieddine
OUTUBRO ROSA: Presidente do Instituto Moça Bonita ministra palestra em Porto Velho - Gente de Opinião

Mais Sobre Saúde

Especialistas alertam contra a dengue em Vilhena: campanha começa nesta quarta-feira, 25

Especialistas alertam contra a dengue em Vilhena: campanha começa nesta quarta-feira, 25

Enquanto o mundo enfrenta a pandemia do coronavírus (covid-19), o Brasil e Vilhena enfrentam outro desafio importante: a luta contra a dengue. O númer

Fecomércio Rondônia apoia plano de ação nacional da CNC/Sesc/Senac para combate ao coronavírus

Fecomércio Rondônia apoia plano de ação nacional da CNC/Sesc/Senac para combate ao coronavírus

A Confederação Nacional de Bens de Comércio, Serviços e Turismo (CNC) enviou ao presidente da República, Jair Bolsonaro, na última sexta-feira (20)

Campanha contra Influenza tem início imunizando idosos e profissionais da saúde em Porto Velho

Campanha contra Influenza tem início imunizando idosos e profissionais da saúde em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho através da Secretaria Municipal de Saúde inicia nesta segunda-feira (23), em todos os postos de saúde da capital e distrit

 Coronavírus: notificações em Rondônia - 10ª Edição

Coronavírus: notificações em Rondônia - 10ª Edição

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados