Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Saúde

Outubro rosa — Por que não perder a esperança?


Outubro rosa — Por que não perder a esperança? - Gente de Opinião

“A angústia é pior do que o tratamento”. Essas palavras de Sandra, uma mulher diagnosticada com câncer de mama, refletem os sentimentos de muitas mulheres que enfrentam a mesma luta. Os avanços da medicina têm garantido tratamentos cada vez mais assertivos, mas manter a saúde emocional durante o processo pode ser tão desafiador quanto lidar com os possíveis efeitos físicos das terapias.

 

O diagnóstico de câncer de mama traz a certeza da luta travada nos dias que se seguem, e para muitas mulheres, traz também sentimentos de desesperança. Por isso, especialistas concordam que a atitude positiva do paciente é uma contribuição importante para o enfrentamento do câncer. Até mesmo a Bíblia compara a esperança na mente de uma pessoa a uma âncora que mantém um navio estável ao enfrentar uma tempestade.  (Hebreus 6:19) A Bíblia também mostra quem é a fonte da verdadeira esperança: “‘Pois eu sei muito bem o que tenho em mente para vocês’, diz Jeová. ‘Quero que tenham paz, não calamidade. Quero dar a vocês um futuro e uma esperança.’” — Jeremias 29:11.

 

Com objetivo de ajudar as mulheres e familiares que enfrentam a luta contra o câncer, está disponível gratuitamente no site oficial das Testemunhas de Jeová, o JW.ORG, a revista Despertai! com o tema: “Esperança – Onde você pode encontrá-la”. Ela apresenta dicas sobre como ter uma atitude equilibrada, como combater o pessimismo e o poder da esperança genuína.

 

Certamente a esperança não é a cura do câncer, mas o bem-estar mental e emocional que ela produz pode ser um forte aliado para mulheres que estão nesta luta.

 

Veja o artigo completo no JW.ORG: Esperança — Onde você pode encontrá-la?

Mais Sobre Saúde

Maternidade Municipal de Porto Veho ganha Foco Cirúrgico com tecnologia de ponta

Maternidade Municipal de Porto Veho ganha Foco Cirúrgico com tecnologia de ponta

A Maternidade Municipal Mãe Esperança ganhou, nesta segunda-feira (29), um novo Foco Cirúrgico, fruto de emenda parlamentar da deputada Mariana Carval

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

As diferenças existentes normalmente quando comparamos comportamentos típicos de homens e mulheres podem fazer com que as meninas tenham o diagnósti

Governador Marcos Rocha confirma realização de 3ª etapa do “Saúde no Interior” no Vale do Guaporé

Governador Marcos Rocha confirma realização de 3ª etapa do “Saúde no Interior” no Vale do Guaporé

O Governador Marcos Rocha (PSL) determinou à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) o início da 3ª etapa do projeto “Saúde no Interior”, o qual será