Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Saúde

Obra do Hospital de Guajará-Mirim valoriza mão de obra local e fomenta economia no município


Profissionais do município de Guajará-Mirim que trabalham na obra executam várias funções - Gente de Opinião
Profissionais do município de Guajará-Mirim que trabalham na obra executam várias funções

As obras de finalização do Hospital Regional de Guajará-Mirim completam um mês neste sábado (2) e, as atividades já movimentam a cidade e a economia local. Cerca de 26 trabalhadores que moram na região foram contratados para atuarem na obra, valorizando a mão de obra local, prevista no edital de contratação da empresa construtora, lançado pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops).

A contratação da mão de obra local fortalece o serviço e renda para a cidade. A técnica em segurança do trabalho, Ana Larissa Cavalcante, natural de Guajará-Mirim, estava vivendo há 4 meses em Nova Mutum Paraná. “Minha família ficou muito feliz com a minha volta. Além disso, estou ganhando o mesmo que no outro trabalho, mas com menos custos”, conta que não precisa se deslocar todo fim de semana para estar perto dos pais e dos amigos.

Ana Larissa é uma das profissionais que acompanha a qualidade de vida no trabalho para os demais colegas. “Eu dou instruções de segurança todos os dias, verifico se o pessoal está usando os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), se estão bebendo água”, diz. Além dela, outros profissionais de Guajará-Mirim que trabalham na obra executam as funções de pedreiro, carpinteiro, ajudante, auxiliar de serviços gerais, eletricista e engenheiro civil.

O secretário de Estado da Saúde, Jefferson Rocha, destaca sobre o impacto da obra na região. “A construção desse hospital não é apenas a realização de uma infraestrutura vital para o bem-estar da população, mas também um acontecimento para o crescimento econômico local”, afirma.

O secretário reforça que a obra conta com uma equipe capacitada e empenhada na reforma e construção do Hospital de Guajará-Mirim, oferecendo oportunidades para funções cruciais com o objetivo de oferecer um ambiente hospitalar de cuidado em saúde de qualidade para a a comunidade

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Barco Saúde: imunização enfrenta jornada pelas águas do Madeira para proteger comunidades remotas

Barco Saúde: imunização enfrenta jornada pelas águas do Madeira para proteger comunidades remotas

A bordo na expedição do Barco Saúde Dr. Floriano Riva Filho, da Prefeitura de Porto Velho, segue uma equipe da Divisão de Imunização da Secretaria Mun

Rondônia: 771 escolas públicas participam de mobilização nacional contra a dengue

Rondônia: 771 escolas públicas participam de mobilização nacional contra a dengue

Em mais um importante passo para o enfrentamento das arboviroses e de conscientização sobre o aumento de casos de dengue no Brasil, o governo federa

Central de transplantes de Rondônia realizou 61 doações de órgãos desde 2023

Central de transplantes de Rondônia realizou 61 doações de órgãos desde 2023

A Central Estadual de Transplantes de Rondônia (CET/RO) executou em 2023, cerca de 57 doações de órgãos e em 2024 já foram realizadas quatro, totali

Gente de Opinião Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)