Porto Velho (RO) segunda-feira, 28 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Mutirão contra a dengue é concluído na região de Jacy-Paraná


 
Para finalizar a ação, todo o lixo depositado em frentes às casas foi recolhido

Com a coleta de todo o lixo depositado em frente aos domicílios de Jaci-Paraná, a Usina Hidrelétrica Jirau, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e com apoio da Construtora Camargo Corrêa, concluiu nesta sexta-feira, 05, a primeira fase do mutirão de combate à dengue na região. A segunda fase da ação será no distrito de Mutum-Paraná nos dias 10 e 11 e nos diaMutirão contra a dengue é concluído na região de Jacy-Paraná  - Gente de Opiniãos 25 e 26 no ramal São Lourenço.

O mutirão em Jaci-Paraná teve duração de três dias e contou com distribuição de material educativo e orientação à comunidade sobre a necessidade de prevenção e participação de todos. Durante as visitas, os profissionais envolvidos pediram aos moradores para depositar todo o lixo em frente às casas e em quatro lixeiras distribuídas em pontos estratégicos do distrito, todo o resíduo foi coletado.

Segundo o coordenador de Vigilância em Saúde da Camargo Corrêa, Anderson Cougo, as equipes da construtora distribuíram ainda a “mosquiteca”, uma armadilha para atrair o Aedes aegypti, promovendo a redução do vetor no ambiente. “Cerca de 60 mosquitecas foram distribuídas durante os três dias de ação. Trata-se de um trabalho de sinalização para delimitar os locais de maior concentração do mosquito em Jacy-Paraná. A equipe catalogou todas as armadilhas distribuídas e no prazo de 10 dias retornará para verificar a presença ou não de larva”, detalha.

Na opinião do diretor Cézar Romero da Silva, do posto de Saúde Renato Medeiros (Jacy-Paraná), os índices da doença podem reduzir se a comunidade permanecer mais atenta à prevenção. “A população ainda deixa entulhos nos quintais, que servem de criadouro para o mosquito”, diz. “Essa ação veio fortalecer nosso trabalho porque no contato corpo a corpo diário, já falamos sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito”, relata.

A estudante Ronieli Aparecida Gomes, que reside em Jacy-Paraná afirmou que concorda com a ação desenvolvida pela Usina Jirau. “Acho bom porque as pessoas ficam sabendo como agir para combater a dengue. Isso é muito importante. Aqui na minha casa, por exemplo, quase todo mundo ficou doente e agora sabemos o que fazer pra evitar”, conta.

De acordo com Sueli Biedacha, Coordenadora de Sociooeconomia da Energia Sustentável do Brasil, concessionária da UHE Jirau, o mutirão faz parte das ações previstas no Programa de Saúde Pública da Usina, que estabelece medidas de monitoramento e prevenção de doenças na área envolvida pelo empreendimento. “A Usina Jirau demonstra o comprometimento social com a comunidade que mora no entorno da Usina. Trabalhamos de forma conjunta em prol de um mesmo objetivo”, enfatiza.

Fonte: Comunica

Mais Sobre Saúde