Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Mulheres agradecem pela nova Lei da Amamentação


Uma solenidade bastante concorrida marcou o encerramento da Semana Mundial de Aleitamento, na manhã desta quinta feira (30), na Maternidade Municipal. Na oportunidade, o prefeito Roberto Sobrinho foi homenageado pelas mulheres que agradeceram pela lei 281, que ampliou a Licença Maternidade, de quatro para seis meses para funcionárias públicas que amamentam  e de sete para quinze dias para os homens quando se tornem pais. O momento teve a participação do secretariado municipal e diversas outras autoridades.

Este ano, a Semana Mundial de Aleitamento, trabalhou o tema “Amamentação na primeira hora, proteção sem demora”, com muitas campanhas e divulgações pelo mundo inteiro. O objetivo é conscientizar o maior número de mães possível, sobre a importância de amamentar, pois o  aleitamento além de ser essencial para o bebê, previne várias doenças na mãe. A diretora da maternidade, Ida Perea, acredita que a conscientização sobre a necessidade de amamentar também é uma questão cultural. “Se nós queremos ser um país de primeiro mundo, então temos que imitar os países de primeiro mundo, adotando os procedimentos que elevam a nossa população social e culturalmente”, disse Ida Perea,  ao classificar como muito boa a prática das políticas sociais da atual administração.

A ampliação da Licença Maternidade foi uma conquista há muito tempo pleiteada pelas mulheres que trabalham no serviço público, mas a novidade também está sendo adotada pela iniciativa privada, uma vez que quem paga os dois meses a mais em que a mulher fica em casa, é o Governo Federal. Uma das maiores incentivadoras  da nova lei é a presidente da Sociedade de Pediatria de Rondônia - SOPERO, pediatra Maia das Graças de Franças. “Um tempo maior dedicado ao recém nascido é muito melhor pra o desenvolvimento da criança, muito mais saudável para a recuperação da mãe e de certa forma,  é lucrativo para o sistema, porque tem menos crianças e mães doentes no pós-parto”, afirmou a especialista.

A Maternidade Municipal, de onde o bebê já sai vacinado e registrado, chegou ao número de cinco mil partos, com um baixíssimo índice de mortalidade, e tem contribuído muito para a campanha da amamentação, orientando as mães já durante os primeiros meses de gravidez quando são feitos os exames pré-natais.

A primeira dama Lucilene Peixoto agradeceu o apoio do marido nas causas que envolvem as mulheres. “Nunca tivemos uma administração tão empenhada em atender as reivindicações das mulheres e o mais importante que não precisou de uma prefeita mulher, mas de um homem sensível às nossas causas”, afirmou Lucilene.

O prefeito Roberto Sobrinho agradeceu as homenagens e ressaltou que as políticas públicas voltadas para as mulheres são desenvolvidas por mulheres em postos-chaves na atual administração. ”O que nós conseguimos fazer para apoiar medidas que beneficiam mulheres, tem sempre  a participação importante de mulheres com sua organização e competência nas mais variadas funções”, finalizou o prefeito, que voltou a anunciar a criação do Centro de Reabilitação pra Mulheres com dependência química, que será implantado em parceria com a Casa Família Rosetta.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr