Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Maternidade Municipal promoverá amamentação coletiva


Maternidade Municipal promoverá amamentação coletiva - Gente de Opinião
 A Semana do Aleitamento Materno, que promove em todo o País campanhas para divulgar a importância da amamentação no desenvolvimento dos bebês, vai contar com uma atividade especial no próximo dia 20 de agosto, um sábado. Um grupo de 100 mamães estará amamentando simultaneamente seus filhos, em frente à Maternidade Municipal Mãe Esperança.

A ideia da diretora da maternidade, Ida Peréa, é incentivar que outras mães mantenham a amamentação enquanto puderem. O leite materno deve ser dado como alimento exclusivo aos bebês durante os seis primeiros meses de vida. Depois disso, a criança deve seguir no peito até completar dois anos, ainda que consuma outros alimentos durante o dia.

Para o enfermeiro César Batista, coordenador do Núcleo de Educação Permanente da Maternidade, não existe “leite fraco”, segundo ele um mito instituído sobre o leite materno. “O que ocorre são mães que não se alimentam direito. Por isso, é muito importante a alimentação balanceada com todos os nutrientes durante a amamentação. E quanto mais a mãe amamenta, mais leite ela tem”, explicou.

Lucilene de Araújo, de 29 anos, é exemplo disso. Na quinta feira, às 6h20min, ela deu à luz à menina Ludmila. No dia seguinte, ela já amamentava a filha. “Pretendo dar enquanto ela quiser”, garantiu. A primeira filha de Érika Merlo, de 26 anos, nasceu no sábado, dia 30. A menina ainda não ganhou nome, mas já sabe o prazer de se alimentar no seio da mamãe. O pai, Antônio Neto, 29, acompanha de perto essa fase. Outra mamãe que deu à luz na quinta feira é Audilete Carneiro, de 21 anos. Todas foram convidadas a participar da amamentação coletiva no dia 20.

Fonte: Róbinson Gambôa
Foto Medeiros

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr