Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Mais de 20% dos portovelhenses são propensos a doenças do coração



Mais de 20% da população de Porto Velho pode vir a desenvolver problemas cardíacos. O motivo, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) – Seção Rondônia, é o abuso no consumo de bebidas, fumo e gordura saturada, que contribui para o aumento nos níveis de colesterol no organismo. "Aliado ao sedentarismo e ao stress, esses excessos podem ser altamente danosos ao coração", avisa o presidente da SBC-RO, Gederson Rossato.

Para alertar a população sobre os males que podem afetar o coração, a SBC-RO e a Liga Acadêmica de Cardiologia (Lacar) fizeram uma blitz no Espaço Alternativo, na Avenida Jorge Teixeira, no último sábado (08), onde, além de conversar com quem caminhava no local, entregou panfletos educativos.
 
O trabalho de orientação nas ruas, segundo o cardiologista Gederson Rossato, é uma prévia das atividades desenvolvidas durante a semana do coração, em setembro. Segundo ele, a população brasileira tem desenvolvido hábitos ruins e tido uma alimentação não muito sadia. "E aí está a importância desse trabalho educativo", acentua.

Emerge Brasil

Também no sábado, em parceria com o Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero), a SBC-RO realizou o Emerge Brasil: Um curso voltado a intensivistas, clínicos e cardiologistas que trata das emergências cardiológicas, mais especificamente diagnóstico e tratamento do infarto agudo. Cerca de 60 médicos participaram do evento.

Gederson Rossato acrescenta que o curso é intensivo, voltado para a clínica diária. "O formato de treinamento é o que deve ser adotado para toda a América Latina", salienta.

Trombose

Na quinta-feira da semana passada, no auditório do Cremero, a SBC-RO realizou ainda um curso sobre as novas diretrizes de prevenção a trombose venosa profunda. O evento, inteiramente gratuito para médicos e estudantes de medicina, contou com a participação de médicos especialistas do Estado de São Paulo.

Fonte: SBC-RO

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr